Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39364
Title in Portuguese: Promoção da saúde em ambiente hospitalar e as práticas de cuidado de enfermeiros
Author: Carvalho, Queliane Gomes da Silva
Advisor(s): Vieira, Neiva Francenely Cunha
Keywords: Promoção da Saúde
Atenção Terciária à Saúde
Cuidados de Enfermagem
Hospitais
Enfermeiras e Enfermeiros
Issue Date: 9-Apr-2018
Citation: CARVALHO, Q. G. S. Promoção da saúde em ambiente hospitalar e as práticas de cuidado de enfermeiros. 2018. 166 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: A promoção da saúde constitui um processo de capacitação do indivíduo e comunidade para atuar na melhoria da qualidade de vida e saúde, incluindo maior participação e controle dos usuários. A adoção do cenário hospitalar como indutor de promoção da saúde implica incorporar um conceito ampliado de saúde e de cuidado. Destaca-se, neste estudo, a promoção da qualidade do cuidado ao paciente, nas diversas formas de expressão na assistência, incluindo os elementos da comunicação, educação em saúde, respeito às crenças, habilidades e o cuidado direcionado às necessidades do paciente em detrimento da doença. Diante do exposto, este estudo guia-se pela questão: que ações de cuidado realizadas pelo enfermeiro representam ações de promoção da saúde no contexto hospitalar, conforme diretrizes presentes na Declaração de Budapeste? A pesquisa teve como objetivo geral analisar as práticas de cuidado do enfermeiro ao paciente referente às ações de promoção da saúde no contexto dos hospitais de ensino. Estudo do tipo misto, realizada em três hospitais de ensino de Recife-PE, Brasil, com amostra de 68 enfermeiros das enfermarias de clínica médica e cirúrgica. Um questionário de identificação das ações de promoção da saúde em ambiente hospitalar do tipo Likert foi construído e validado por juízes. Por meio deste questionário, identificou-se a prevalência do domínio D “qualidade e oferta da informação e comunicação com o paciente” entre as ações mais executadas pelo enfermeiro hospitalar. Baseado nos achados do questionário, grupos focais foram realizados e permitiram identificar três categorias: “Ambiente hospitalar: fatores limitadores da promoção da saúde”; “Trabalho em equipe e o enfermeiro como mediador” e "A promoção da saúde e o enfermeiro no ambiente hospitalar”. As ações mais realizadas pelos enfermeiros se referiam ao estímulo do papel ativo do paciente, atenção multidisciplinar e qualidade da comunicação e informação durante o internamento, os quais remetem ao papel de mediador atribuído ao enfermeiro no ambiente hospitalar. Criar ambientes de suporte foi pouco citado no estudo como parte dos cuidados ao paciente. A sobrecarga de trabalho e escassez de materiais foram destacadas nas falas dos enfermeiros, demonstrando o impacto da organização hospitalar na atenção ao paciente. Liderança, autonomia, empoderamento e tomada de decisão foram valorizados pelos enfermeiros como atributos do trabalho. Concluiu-se que os cuidados de enfermagem ao paciente não representam ações deliberadas baseadas em conhecimentos e habilidades amparadas nos preceitos de promoção da saúde no contexto hospitalar. Essas ações são enfocadas na recuperação da doença. É importante o desenvolvimento de planos de ensino na formação profissional que abranjam a promoção da saúde em todos os níveis de atenção, visto que não se limita ao campo da atenção primária. A educação permanente nos hospitais deve incluir a formação de competências e habilidades de enfermeiros e demais profissionais para promoção da saúde no contexto hospitalar.
Abstract: Health promotion is a process of empowering the community to work on improving their quality of life and health, including greater participation and control of users. The adoption of the hospital scenario as an inducer of health promotion implies incorporating an expanded concept of health and care. In this study, the promotion of patient care quality is expressed in many ways, including the elements of communication, health education, respect for beliefs, skills and care directed to the needs of the patient regarding their illness. So that, this study is guided by the question: What care actions performed by nurses represent actions to promote health in the hospital context according to the Budapest Declaration guideline? The aim of the research is to analyze nurse's care practices regarding the health promotion actions in the context of teaching hospitals. Mixed research type study, carried out in 3 teaching hospitals in Recife-PE, including a sample of 68 nurses from medical and surgical clinic wards. A Likerttype questionnaire identifying health promotion actions in a hospital environment was constructed and validated by judges. The questionnaire identified the prevalence of the domain D "quality and offer of information and communication with the patient" among the actions most performed by the hospital nurse. Based on the findings of the questionnaire, focus groups were conducted and three categories were identified: "Hospital environment: limiting factors for health promotion"; "Teamwork and the nurse as a mediator" and "The promotion of health and the nurse in the hospital environment." The actions carried out by nurses referred to the stimulation of the active role of the patient, multidisciplinary attention and quality of communication and information which refers to the role of mediator attributed to nurses in the hospital environment. Creating supportive environments was not widely mentioned in the study as a part of the patient care. The work overload and the lack of materials were highlighted on the nurses' speeches, demonstrating the impact of hospital management on patient care. Leadership, autonomy, empowerment, and decision making were valued by nurses as attributes of their work. The nursing care does not represent deliberate actions based on knowledge and skills supported by the precepts of health promotion in the hospital context. These actions are focused on patient’s disease recovering. It is important to develop education plans in vocational training that covers health promotion at all levels of care, since it is not limited to the field of primary care. The continuous education program in the hospitals should include discussions about competences and abilities of nurses and other professionals for health promotion in hospital context.
Description: CARVALHO, Q. G. S. Promoção da saúde em ambiente hospitalar e as práticas de cuidado de enfermeiros. 2018. 166 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39364
Appears in Collections:DENF - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_qgscarvalho.pdf12,01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.