Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3940
Título: Avaliação de eficácia e segurança da acetazolamida na doença periodontal experimental
Título em inglês: Efficacy and safety assessment of acetazolamide in experimental periodontal disease
Autor(es): Ramos, Tercio Carneiro
Orientador(es): Moraes, Maria Elisabete Amaral de
Palavras-chave: Acetazolamida
Doenças Periodontais
Perda Óssea Alveolar
Data do documento: 2010
Citação: RAMOS, T. C. (2010)
Resumo: As doenças periodontais são as principais causas de perda de dentes em adultos. O fator etiológico preponderante para desencadear a periodontite é o acumulo do biofilme dental com predominância de bactérias anaeróbicas gram negativas. Apesar de ser de origem bacteriana a resposta inflamatória induzida a partir de fatores do hospedeiro pode influenciar na progressão e nas características clínicas da doença periodontal. A perda óssea alveolar é típica na evolução desta patologia e dependente da atividade osteoclástica. Por sua vez, um dos mecanismos de reabsorção óssea por estas células é através da produção de prótons liberados nos vacúolos de reabsorção pela atividade da anidrase carbônica. Tem sido relatado que inibidores desta enzima, como acetazolamida, tem ação supressora sobre osteoclastos. O objetivo deste estudo foi analisar o efeito da acetazolamida (ACTZ) na perda óssea induzida no modelo de periodontite experimental em ratos, bem como a dosagem de biomarcadores séricos do processo inflamatório periodontal e análise histológica do periodonto. Análises de segurança também foram realizadas através de hemograma completo, dosagens de TGP, TGO, gama-GT e histopatologia de órgãos como: fígado, rins, baço, coração e pulmão. Para avaliação da perda óssea alveolar 50 ratos receberam ligaduras de nylon na região do segundo molar superior esquerdo. Os animais foram divididos em seis grupos: Grupo veículo (propilenoglicol) (n=9), grupo controle positivo (alendronato 0,08 mg/Kg) (n=7), grupo controle negativo (salina) (n=9) e grupos que receberam acetazolamida via I.P. nas doses (8,3, 25 e 75 mg/Kg [grupos ACTZ8,3, ACTZ25 e ACTZ75, respectivamente] n= 7, 9 e 9). Após 11 dias, os ratos foram mortos. A perda óssea alveolar foi avaliada macroscopicamente através da área de exposição de raiz. Em outros quatro grupos, ACTZ25 (n=5) e veículo (n=5), o periodonto foi analisado histologicamente após 11 e 17 dias de ligadura por coloração em HE. Biomarcadores séricos foram dosados (IL-1, IL-4, fractalkine, CINC-2, CINC-3, LIX, GM-CSF, βNGF, VEGF e CNTF) através da técnica de microarray antes e depois da ligadura em três grupos; ACTZ25, Veiculo e Sham (cirurgia simulada). No grupo de ACTZ25 foi realizada a análise de segurança (alpha=5%). Macroscopicamente, o grupo alendronato (controle positivo) apresentou a menor perda óssea, seguido do grupo ACTZ75 e ACTZ25 (p<0.05) quando comparados aos controles veículo e salina que não diferiram entre si (p>0.05). Histologicamente, o grupo ACTZ apresentou a menor reabsorção de osso e cemento (p<0,05) após 17 dias de ligadura, não houve diferença entre o grupo ACTZ25 e o veículo quanto ao infiltrado inflamatório (P>0,05) . As maiores concentrações de IL-4 e CNTF foram observadas no grupo ACTZ25 (p< 0,05) quando comparado ao grupo veículo. As análises de segurança demonstraram que acetazolamida na dosagem de 25 mg/Kg foi bem tolerada sem alterações significativas do hemograma, nas enzimas hepáticas e histopatologia dos órgãos pesquisados. Concluímos que a acetazolamida pode proteger o periodonto da reabsorção óssea induzida por ligadura em ratos e pode estar associada a mediadores envolvidos com o reparo, como a IL-4 e CNTF, além de ser bem tolerada.
Abstract: Periodontal diseases are the main cause of tooth loss in adults. The preponderant etiologic factor for the onset of periodontitis is the accumulation of dental biofilm with predominance of anaerobic gram negative bacteria. In spite of being of bacterial origin, the inflammatory response induced by factors in the host may influence the progression and clinical characteristics of periodontal disease. Alveolar bone is typical in the development of this pathology and is dependent on osteoclastic activity. In turn, one of the mechanisms of bone resorption by these cells is through the production of protons released in the resorption vacuoles by carbonic anhydrase activity. It has been reported that carbonic anhydrase inhibitors, such as acetazolamide, have a suppressive action on osteoclasts. The aim of this study was to analyze the effect of acetazolamide (ACTZ) on bone loss induced in the experimental periodontitis model in rats, as well as the dosage of seric biomarkers in the periodontal inflammatory process and histologic analysis of the periodontium. Safety analyses were also performed by means of a complete hemogram, biochemical tests for TGP, TGO, gama-GT and histopathology of organs such as: the liver, kidneys, spleen, heart and lungs. To evaluate alveolar bone loss, 50 rats received nylon ligatures in the maxillary left second molar region. The animals were divided into six groups: Vehicle Group (propylenoglycol) (n=9), Positive Control Group (alendronate 0.08 V (n=7), Negative Control Group (saline) (n=6) and Groups that received acetazolamide I.P. in the following doses: (8.3, 25 and 75 mg/Kg [Groups ACTZ8,3, ACTZ25 and ACTZ75 respectively] n= 7, 9 and 9). After 11 days, the rats were sacrificed. Alveolar bone loss was macroscopically evaluated by means of the area of root exposure. In another four groups, ACTZ25 (n=5) and vehicle (n=5), the periodontium was histologically analyzed after 11 and 17 days of ligature, by HE staining. Seric biomarkers were dosed (IL-1, IL-4, fractalkine, CINC-2, CINC-3, LIX, GM-CSF, βNGF, VEGF and CNTF) by means of the microarray technique before and after ligature in three groups; ACTZ25, Vehicle and Sham (simulated surgery). In the ACTZ25 group, safety analysis was performed (alpha=5%). Macroscopically, the alendronate Group (positive control) presented the lowest bone loss, followed by Groups ACTZ75 and ACTZ25 (p<0.05) when compared with the vehicle and saline controls, which did not differ between them (p>0.05). Histologically, the ACTZ group presented the lowest bone and cement resorption (p<0.05) after 17 days of ligature, and there was no difference between the ACTZ25 and vehicle groups with regard to inflammatory infiltrate (P>0.05). The highest concentrations of IL-4 and CNTF were observed in Group ACTZ25 (p< 0.05) when compared with the vehicle group. The safety analyses demonstrated that acetazolamide at the dose of 25 mg/Kg was well tolerated without significant alterations in the hemogram, hepatic enzymes and histopathology of the researched organ. It was concluded that acetazolamide may protect the periodontium from bone resorption induced by ligature in rats, and may be associated with mediators involved in repair, such as IL-4 and CNTF, in addition to being well tolerated.
Descrição: RAMOS, Tercio Carneiro. Avaliação de eficácia e segurança da acetazolamida na doença periodontal experimental. 2010. 121 f. Tese (Doutorado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3940
Aparece nas coleções:DFIFA - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_tese_tcramos.pdf6,51 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.