Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39523
Title in Portuguese: Análise espaço-temporal do uso e da ocupação associada à impermeabilização do solo na microbacia do Rio Granjeiro, CE.
Author: Paiva, Laura Gomes Girão
Santos, Jefferson Lima dos
Freitas, Luis Carlos Bastos
Veríssimo, César Ulisses Vieira
Vasconcelos, Sônia Maria Silva
Keywords: Urbanização
Inundação
Infiltração
Fotomapeamento
Urbanization
Flooding
Infiltration
Photomapping
Issue Date: 2017
Publisher: Revista de Geologia
Citation: PAIVA, Laura Gomes Girão; SANTOS, Jefferson Lima dos; FREITAS, Luis Carlos Bastos; VERÍSSIMO, César Ulisses Vieira; VASCONCELOS, Sônia Maria Silva. Análise espaço-temporal do uso e da ocupação associada à impermeabilização do solo na microbacia do Rio Granjeiro, CE. Revista de Geologia, Fortaleza, v. 30, nº 1, p. 95-114, 2017.
Abstract in Portuguese: A microbacia do rio Granjeiro abrange quase toda sede municipal do Crato e suas características de ocupação combinadas com relevos do entorno oeste da Chapada do Araripe e regimes pluviométricos superiores aos do semiárido favorecem a geração de enxurradas e inundações. Este trabalho procurou relacionar o uso e a ocupação do solo com níveis de impermeabilização do terreno, analisando a distribuição e as mudanças espaciais desses fatores para os anos de 2006 e 2014. Os critérios que definiram os padrões de uso e ocupação incluíram a densidade de edificações, áreas livres de revestimento (área urbana), tipo de vegetação e exposição do solo (áreas rurais ou sem ocupação). Assim, foram atribuídos níveis de impermeabilização para cada classe. A principal mudança identificada foi a urbanização, com crescimento de parcelas mais impermeáveis avançando para sul da área. Houve crescimento de 4% e 0,8% dos setores urbanos de alta e média densidade e das áreas de baixa densidade, respectivamente. A classe de uso correspondente a infiltração alta teve retração de 4,3%, enquanto o nível de máxima infiltração manteve-se praticamente inalterado. Tem-se a perspectiva da expansão de classes de baixa a moderada infiltração para montante, ao longo de estradas, a partir do núcleo urbano.
Abstract: The watershed of the Granjeiro river covers almost the entire municipal seat of Crato. Their occupational characteristics combined with reliefs of the surroundings west of Chapada do Araripe and rainfall regimes higher than the semiarid, promote the generation of floods. This work tried to relate the use and land occupation with the land impermeabilization leveis and analyze the spatial distribution and changes of these factors in 2006 and 2014, in that area. The criteria that defined the use and occupancy patterns involved the density of construction and uncoated areas (urban) and type of vegetation and exposure of soil (rural or unoccupied land). Thus, were defined impermeabilization leveis for each class. The main change was identified in urbanization, which generated growth of more impermeable portions who have advanced south of the area. There was growth of 4% and 0.8% of the urban sectors of high and médium density and low-density areas, respectively. The use class corresponding to high infiltration retreated 4.3%, while the levei of maximum infiltration remained virtually unchanged. It was concluded from the perspective of the low to moderate infiltration upstream, along roads, from the urban center.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39523
Appears in Collections:DGL - Artigos publicados em revista científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_art_lggpaiva.pdf2,99 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.