Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39638
Title in Portuguese: Efetividade da aurículoterapia na dor e funcionalidade de mulheres com dor pélvica crônica
Author: Ferreira, Daniele Alves
Coutinho, Bernardo Diniz
Freitas, Luiza Carla Silva de
Freitas, Águida Maria Alencar
Nascimento, Simony Lira do
Advisor(s): Nascimento, Simony Lira do
Co-advisor(s): Coutinho, Bernardo Diniz
Keywords: Dor Pélvica
Dor Crônica
Auriculoterapia
Pessoas com Deficiência
Saúde da Pessoa com Deficiência
Issue Date: 6-Dec-2018
Citation: FERREIRA, D. A. et al. Efetividade da aurículoterapia na dor e funcionalidade de mulheres com dor pélvica crônica. 2018. Artigo. (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os tratamentos para dor pélvica crônica, geralmente têm efeito refratário sendo motivo de frustração às mulheres. Terapias complementares são recomendações atuais, mas com escassos estudos utilizando auriculoterapia como tratamento complementar nesta condição e que tenham como desfecho a funcionalidade. O objetivo deste estudo foi investigar a efetividade da auriculoterapia, como tratamento complementar, para redução da dore melhora funcional em mulheres com dor pélvica crônica. MÉTODOS: Ensaio clínico, aberto com amostra não-probabilística por conveniência, com avaliação pré e pós intervenção, que incluiu 27 mulheres de 18 a 45 anos com dor pélvica crônica associada ou não a endometriose. O tratamento com auriculoterapia durou 6 semanas, com 5 aplicações, 1x/semana e pausa de 1 semana; com três momentos de avaliação da dor (através da Escala Visual Analógica, Escala de Caracterização da Presença e Severidade da Dispareunia Profunda e Escala de caracterização da presença e severidade da dismenorreia) e funcionalidade (através do questionário World Health Organization Disability Assessment Schedule-WHODAS 2.0), realizada por avaliador independente. RESULTADOS: As avaliações de dor pélvica (no momento e nos últimos sete dias), dismenorreia e funcionalidade apresentaram melhora significativa (p=0,004; 0,01 e 0,01 respectivamente) durante segmento da pesquisa, sendo inconclusiva para dispareunia. CONCLUSÃO: Auriculoterapia foi considerada benéfica, de baixo custo e efetiva na redução da dor (pélvica, dismenorreia, exceto dispareunia) e melhora funcional, de mulheres com dor pélvica crônica. Novos estudos considerando queixas lombares e nas pernas, além de melhor quantificação dos dados, evitando perda potencialmente significativa aos resultados, devem ser realizados. CAAE 92096318.5.0000.5050
Abstract: BACKGROUND AND OBJECTIVES: Treatments for chronic pain are a refractory effect being a source of frustration for women. The therapies are current alternatives, but with scarce studies using auriculotherapy as a complementary treatment in this condition and aiming at a functionality. The objective of this study was to investigate the effectiveness of the auriculoterapia, and treatment to complement, to reduction of dore are functional in women with the chronic pelvic. METHODS: Clinical trial, open with a non-probabilistic sample for convenience, with pre and post intervention evaluation, including 27 women aged 18 to 45 years with chronic pelvic or non-endometriosis. The treatment with auriculoterapia lasts 6 weeks, with 5 applications, 1x / week and pause of 1 week; with three moments of pain assessment (through the Scale Characterizing Presence and Severity of Waiver and Scale Characterizing the Presence and Severity of Dysmenorrhea) and functionality (through the World Health Organization Disability Assessment Schedule-WHODAS 2.0 questionnaire), performed by independent appraiser. RESULTS: As the critique of the moment, it was demotivated and functionally significant (p = 0.004, 0.01 and 0.01 respectively) during the research segment, being inconclusive for dyspareunia. CONCLUSIONS: Auriculotherapy was considered beneficial, low cost and effective in reducing pain (pelvic, dysmenorrhoea, minor dyspareunia) and functional improvement of women with chronic pain. New studies considering complaints are lumbar and in the legs, besides better quantification of the data, avoiding the lack of control of the results of the results, must be realized. CAAE 92096318.5.0000.5050
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39638
Appears in Collections:FISIOTERAPIA - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_art_daferreira.pdf393,43 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.