Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39658
Title in Portuguese: Impacto dos sintomas do assoalho pélvico na qualidade de vida de mulheres com incontinência urinária
Author: Fontenele, Marta Quézia Silva
Nascimento, Simony Lira do
Moreira, Mayle Andrade
Figueiredo, Vilena Barros de
Advisor(s): Nascimento, Simony Lira do
Co-advisor(s): Moreira, Mayle Andrade
Keywords: Distúrbios do Assoalho Pélvico
Qualidade de Vida
Incontinência Urinária
Saúde da Mulher
Diafragma da Pelve
Issue Date: 11-Dec-2018
Citation: FONTENELE, M. Q. S. et al. Impacto dos sintomas do assoalho pélvico na qualidade de vida de mulheres com incontinência urinária. 2018. Artigo. (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: Objetivo: Analisar o impacto dos sintomas relacionados ao assoalho pélvico na qualidade de vida (QV) de mulheres com incontinência urinária de esforço ou mista. Métodos: Trata-se de um estudo observacional analítico e transversal constituído por mulheres com diagnóstico de Incontinência Urinária de Esforço (IUE) e Mista (IUM). Foram coletados os dados sociodemográficos, clínicos, obstétricos, urinários e de atividade física por meio da anamnese. A musculatura do assoalho pélvico foi avaliada por meio da escala PERFECT e perineometria e os dados de incômodo e impacto na qualidade de vida dos sintomas do assoalho pélvico foram coletados por meio dos instrumentos The short Pelvic Floor Distress Inventory (PFDI-SF-20) e Pelvic Floor Impact Questionnaire (PFIQ-7). As médias dos questionários foram comparadas pelo teste de Correlação de Person adotando um nível de significância de 5%. Resultados: Participaram do estudo 72 mulheres com idade de 51,75 ± 11,91 anos, sendo a maioria (54,2%) com diagnóstico de IUM. A presença e o desconforto dos sintomas do assoalho pélvico impactaram negativamente na QV da amostra considerando atividades, sentimentos e relacionamentos (r = 0,52, p<0,001). Os sintomas urinários, principalmente os relacionados a incontinência, foram mais prevalentes, incômodos e impactantes na redução da QV (r= 0,51, p<0,001), comparados aos demais sintomas do assoalho pélvico. Foi encontrado prejuízo na função da MAP, mas isto não foi relacionado ao incômodo dos sintomas. Conclusão: A severidade dos sintomas do assoalho pélvico afetou negativamente na qualidade de vida da amostra, sendo os sintomas urinários os mais impactantes.
Abstract: Objective: To analyze the impact of pelvic floor-related symptoms on the quality of life (QoL) of women with stress or mixed urinary incontinence. Methods: This is an observational and cross-sectional observational study of women with Urinary Incontinence Stress (SUI) and Mixed (MUI). Sociodemographic, clinical, obstetrical, urinary and physical activity data were collected through anamnesis. The pelvic floor musculature was evaluated using the PERFECT scale and perineometry, and the data of discomfort and impact on the quality of life of the pelvic floor symptoms were collected using the instruments The short Pelvic Floor Distress Inventory (PFDI-SF-20) and Pelvic Floor Impact Questionnaire (PFIQ-7). The averages of the questionnaires were compared by the Person Correlation test, adopting a significance level of 5%. Results: 72 women aged 51.75 ± 11.91 years participated in the study, the majority (54.2%) with IUM. The presence and discomfort of pelvic floor symptoms negatively impacted the QoL of the sample considering activities, feelings and relationships (r = 0.52, p <0.001). Urinary symptoms, especially those related to incontinence, were more prevalent, uncomfortable and impacting in the reduction of QoL (r = 0.51, p <0.001), compared to the other symptoms of the pelvic floor. It was found impairment in MAP function, but this was not related to the discomfort of the symptoms. Conclusion: The severity of pelvic floor symptoms negatively affected the quality of life of the sample, with urinary symptoms being the most striking.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39658
Appears in Collections:FISIOTERAPIA - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_art_mqsfontenele.pdf1,32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.