Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39659
Title in Portuguese: Desempenho funcional em mobilidade de crianças com paralisia cerebral de acordo com a função motora grossa
Title: Functional performance in mobility of children with cerebral palsy according to gross motor function
Author: Cruz, Mírian Alexandre Amaral da
Jucá, Renata Viana Brígido de Moura
Sá, Fabiane Elpídio de
Advisor(s): Sá, Fabiane Elpídio de
Co-advisor(s): Jucá, Renata Viana Brígido de Moura
Keywords: Paralisia Cerebral
Desempenho Psicomotor
Limitação da Mobilidade
Issue Date: 5-Dec-2018
Citation: CRUZ, M. A. A.; JUCÁ, R. V. B. M.; SÁ, F. E. Desempenho funcional em mobilidade de crianças com paralisia cerebral de acordo com a função motora grossa. 2018. Artigo. (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: O objetivo do estudo foi avaliar o desempenho funcional em mobilidade de crianças com paralisia cerebral (PC) de acordo com a função motora grossa. O estudo é do tipo transversal de abordagem quantitativa, e contemplou 39 crianças de 04 a 07 anos com diagnóstico de paralisia cerebral. As variáveis estudadas foram idade, sexo, renda familiar, se frequenta ou não a escola, distúrbios associados, tipo e topografia da PC, e o nível do Sistema Classificação da Função Motora Grossa (GMFCS); e realizou-se uma entrevista com os pais/responsáveis com uso da Parte I e II de “mobilidade” do Inventário de Avaliação Pediátrica de Incapacidade (PEDI). Os resultados mostraram que os escores médios do PEDI obtidos em cada um dos cinco níveis do GMFCS foram significativamente diferentes (p<0,05), exceto entre os níveis I e II, II e III; e que crianças do grupo de nível IV e V apresentavam desempenho funcional significantemente inferior a todos os outros níveis (p=0,00). Portanto, quanto maior o grau de comprometimento da função motora grossa, menor a capacidade da criança em desempenhar habilidades funcionais relacionadas à mobilidade e menor sua independência. Crianças de GMFCS leve e moderado apresentam semelhança em seus desempenhos funcionais, já as graves (níveis IV e V) mostraram-se diferentes entre si e inferiores em comparação às outras.
Abstract: The objective of the study was to evaluate the functional performance in mobility of children with cerebral palsy (CP) according to gross motor function. The study is of the transversal type of quantitative approach, and contemplated 39 children from 04 to 07 years with diagnosis of cerebral palsy. The variables studied were age, sex, family income, whether or not attending school, associated disorders, CP type and topography, and the level of the Gross Motor Function Classification System (GMFCS); and an interview with the parents/guardians using Part I and II of "mobility" of the Pediatric Evaluation of Disability Inventory (PEDI). The results show that the mean scores of PEDI obtained in each of the five GMFCS levels were significantly different (p <0,05), except between levels I and II, II and III; and that children in the IV and V level had functional performance significantly lower than all other levels (p=0,00). Therefore, the greater the degree of impairment of gross motor function, the lower the child's ability to perform functional abilities related to mobility and the lower his independence. Children of mild and moderate GMFCS show similarities in their functional performances, while the severe (levels IV and V) were different from each other and inferior in comparison to the others.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39659
Appears in Collections:FISIOTERAPIA - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_art_maacruz.pdf370,59 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.