Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3967
Título: Avaliação ultrasonografica do efeito da terapia supresiva com análogo de GnRH em meninas portadoras de puberdade precoce central : estudo de 18 casos
Título em inglês: Sonogram evaluation of supreefect with GnRH analogues in girls with idiopathic central precocious puberty studies
Autor(es): Falanga e Lima, Ângela Clotilde Ribeiro
Orientador(es): Bruno, Zenilda Vieira
Palavras-chave: Puberdade Precoce
Doenças do Sistema Endócrino
Data do documento: 2004
Citação: FALANGA E LIMA, A. C. R. (2004)
Resumo: Puberdade precoce central em meninas é definida como desenvolvimento puberal causado pela ativação do eixo hipotálamo-hipófise-gonadal antes de 8 anos de idade. Nestas condições, a estimulação das gonadotrofinas produz aumento dos ovários e a secreção de estrogênio resulta em aumento uterino. O exame de ultra-som pélvico prova ser um método preciso e não invasivo na investigação da genitália interna de pacientes do sexo feminino. Ultra-sonografia pélvica foi sistematicamente realizada em 18 meninas com diagnóstico de puberdade precoce central idiopática para avaliar o impacto do tratamento com análogo de GnRH na genitália interna feminina. Antes e, em média, 3 meses após o início do tratamento, foram avaliados os volumes uterino e ovarianos, o diâmetro longitudinal do útero, eco endometrial e grau de maturidade de Tanner. Os nossos dados demonstraram que o útero e os ovários estão aumentados na época do diagnóstico. Após, aproximadamente 3 meses de terapia, ambos os volumes, uterino e ovarianos, reduziram seus valores, o comprimento do útero diminuiu e houve uma regressão quanto ao estágio puberal de Tunner. Quanto ao eco endometrial não houve mudança significativa. Os nossos resultados confirmam a ecografia pélvica como uma ferramenta confiável para investigação da genitália interna em meninas com puberdade precoce e como valioso método para avaliação da eficácia do tratamento com análogo de GnRH.
Abstract: Central precociuos puberty in girls is defined as pubertal development caused by activation of the hypothalamic-pituitary-gonadal axis before 8 years old. In this condition, gonadotropin stimulation produces ovarian enlargement and estrogen secretion results in uterine enlargement. Pelvic ultrasound has proven to be an accurate and noninvasive technique for investigation of internal genitalia in female patients. Pelvic ultrasonography was systematically perfomed on 18 girls with idiopathic central precociuos puberty to investigate the impact of treatment with gonadotropin-releasing hormone analogues on female internal genitalia. Before and after three months of treatment were evaluated ovarian and uterine volumes, uterine lenght, endometrial stripe and Tanner staging. Our data demonstrated that ovaries and uterus are enlarged at the time of diagnosis. Later, average 3 months of treatment, both ovarian and uterine volumes decreased, the uterine lenght decreased and the Tanner staging regressed. The endometrial echogenicity did not showed changes. Ours results confirmed pelvic ultrasonography as a reliable tool for investigation of internal genitalia in girls with precociuos puberty and as a valid method for evaluation of the efficacy of treatment with gonadotropin-releasing hormone analogues.
Descrição: FALANGA E LIMA, Ângela Clotilde Ribeiro. Avaliação ultra-sonográfica do efeito da terapia supressiva com análogo de GnRH em meninas portadoras de puberdade precoce central idiopática : estudo de 18 casos. 2004. 94 f. Dissertação (Mestrado em Tocoginecologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2004.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3967
Aparece nas coleções:DSMI - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2004_dis_acrflima.pdf1,12 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.