Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39934
Title in Portuguese: Endometriose peritoneal experimental em ratas: avaliação da dor, fertilidade, estresse oxidativo, inflamação e sua resposta aos nutracêuticos ômega-6/3 e ômega-9/6
Title: Experimental peritoneal endometriosis in rats: evaluation of pain, fertility, oxidative stress, inflammation and its response to omega-6/3 and omega-9/6 nutraceuticals
Author: Pereira, Francisco Edson Ximenes Gomes
Advisor(s): Medeiros, Francisco das Chagas
Keywords: Endometriose
Suplementos Nutricionais
Fertilidade
Dor
Estresse Oxidativo
Ácidos Graxos
Inflamação
Issue Date: 3-Dec-2018
Citation: PEREIRA, F. E. X. G. Endometriose peritoneal experimental em ratas: avaliação da dor, fertilidade, estresse oxidativo, inflamação e sua resposta aos nutracêuticos ômega-6/3 e ômega-9/6. 2018. 121 f. Tese (Doutorado em Ciências Médico-Cirúrgicas) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza 2018.
Abstract in Portuguese: A endometriose é definida como a presença de tecido endometrial (glândulas e estroma) fora da cavidade uterina. Objetivo: avaliar o efeito dos nutracêuticos ômega-6/3 e ômega-9/6, sobre a dor, fertilidade, inflamação e estresse oxidativo associada à endometriose. Métodos: estudo experimental controlado. A endometriose peritoneal foi induzida cirurgicamente através do implante de um fragmento retirado do hemiútero direito. Um fragmento foi implantado próximo ao ovário direito e outro na parede abdominal anterior. Foram realizados grupos para verificar a distribuição do desenvolvimento dos pesos úmidos e secos: grupo dia 1, grupo dia 7, grupo dia 14 e grupo dia 21. Foram idealizados grupos de tratamento para comparação com o controle e entre eles: grupo β-estradiol 10mg/kg/dia, grupo acetato de medroxiprogesterona 5mg/kg/cada 3 dias, grupo ômega-6/3 1,2g/kg/dia, grupo ômega-9/6 1,2g/kg/dia e grupo meloxicam 0,8mg/kg/dia. Os grupos controles foram falsa-operada e controle com endometriose que receberam soro fisiológico 0,9%. A dor foi avaliada através do teste das contorções abdominais. Na avaliação da dor foram idealizados grupo falsa-operada, grupo controle com endometriose, grupo ômega-6/3, grupo ômega-9/6, grupo acetato de medroxiprogesterona e grupo meloxicam com as mesmas dosagens descritas. A fertilidade foi avaliada através da contagem dos embriões que estavam se desenvolvendo no hemiútero esquerdo, sendo realizados grupo falsa-operada, grupo controle com endometriose, grupo ômega-6/3, grupo ômega-9/6 e grupo meloxicam com as mesmas dosagens descritas. A inflamação foi verificada pela dosagem da proteína C reativa no plasma, sendo realizado grupo controle falsa-operada, grupo controle com endometriose, grupo ômega-6/3 e grupo ômega-9/6 com as mesmas dosagens descritas. A avaliação do estresse oxidativo foi feita pela dosagem da glutationa e do TBARS no plasma e no tecido, sendo idealizados grupo controle falsa-operada, grupo controle com endometriose, grupo ômega-6/3 e grupo ômega-9/6 com as mesmas dosagens descritas. Resultados: O maior desenvolvimento do implante ocorreu com o grupo dia 14, sendo o resultado dado pela média ± epm dos pesos úmidos e secos dos implantes (endometriomas). Esse grupo foi escolhido como controle para comparação com os tratamentos. No grupo dor houve redução significativa das contorções abdominais, na inflamação ocorreu diminuição significativa da proteína C reativa e no grupo do estresse oxidativo houve redução do TBARS e aumento da glutationa de forma significante. Conclusão: concluímos que o ômega-6/3 e o ômega-9/6 diminuíram os pesos dos endometriomas, a dor, a inflamação e o estresse oxidativo, mas não melhoraram a fertilidade.
Abstract: Endometriosis is defined as the presence of endometrial tissue (glands and stroma) outside the uterine cavity. Objective: Evaluate the effect of the nutraceuticals omega-6/3 and omega-9/6 on pain, fertility, inflammation and oxidative stress associated with endometriosis. Methods: In this controlled experimental study, peritoneal endometriosis was induced surgically in albino Wistar rats by implanting two fragments from the right hemiuterus, one near the right ovary and one in the anterior abdominal wall. The distribution of wet and dry weight was evaluated at four moments (days 1, 7, 14 and 21). Groups of 8 animals were submitted to treatment with either β-stradiol 10 mg/kg/day, medroxyprogesterone acetate 5 mg/kg every 3 days, omega-6/3 1.2 g/kg/day, omega-9/6 1.2 g/kg/day, or meloxicam 0.8 mg/kg/day, and compared with two control groups (sham surgery, and endometriosis + 0.9% saline). Pain was quantified with the abdominal contortion test for the two control groups, the omega-6/3 group, the omega-9/6 group, the medroxyprogesterone acetate group and the meloxicam group, at the described dosages. Fertility was expressed as the number of developing embryos in the left hemiuterus for the two control groups, the omega-6/3 group, the omega-9/6 group and the meloxicam group, at the described dosages. Inflammation was proxied by the plasma level of Creactive protein for the two control groups, the omega-6/3 group and the omega-9/6 group, at the described dosages. Oxidative stress was represented by plasma and tissue glutathione and TBARS levels for the two control groups, the omega-6/3 group and the omega-9/6 group, at the described dosages. Results: The greatest mean wet and dry implant weight (± SEM) was observed on day 14. This group was used as reference when comparing the treatments. In the pain group there was a significant reduction of the abdominal contortions, in the inflammation there was a significant reduction of the C reactive protein and in the oxidative stress group there was a reduction of TBARS and a significant increase of the glutathione. Conclusion: Animals ingesting omega-6/3 and omega-9/6 displayed lower implant weight and less pain, inflammation and oxidative stress, but fertility was not improved. Key words: Endometriosis. Dietary Supplements. Fertility. Pain. Oxidative stress. Fatty Acids, Omega-3. Inflammation.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39934
Appears in Collections:DCIR - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_fexgpereira.pdf3,12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.