Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4021
Título: Internamento por crack : perfil dos usuários e padrão de assistência em hospital geral
Autor(es): Ponte, Michelle Alves Vasconcelos
Orientador(es): Bezerra Filho, José Gomes
Coorientador(es): Feitosa, Regina Fátima Gonçalves
Palavras-chave: Saúde Mental
Estudos Transversais
Data do documento: 2012
Citação: PONTE, M. A. V. P. (2012)
Resumo: O propósito de mudança na concepção de internação hospitalar por uso de substâncias psicoativas tem um novo direcionamento de assistência, atuando numa lógica antimanicomial e interdisciplinar. Os objetivos do estudo foram: Analisar o perfil epidemiológico dos pacientes usuários de crack internados em leitos de um hospital geral de Sobral-CE, regulado pelo SUS, no ano de 2010; caracterizar o perfil sociodemográfico e clínico de usuários de crack, estimar a frequência, por tipo de internação psiquiátrica, devido ao uso de crack e descrever características desse atendimento tais como: custos, profissionais envolvidos e assistência. Estudo quantitativo, transversal, cuja coleta de dados foi realizada de novembro/2011 a fevereiro de 2012, tomando-se por base, dados de prontuários de pacientes internados na enfermaria psiquiátrica no Hospital Geral, Dr. Estevam Ponte, na cidade de Sobral-CE. Selecionou-se usuários de crack, internados no hospital, no ano de 2010, representando 31,5% das internações por uso de substâncias psicoativas neste ano, no total de 97 internamentos. Para coleta de dados foram extraídas variáveis relevantes para o estudo relacionadas à internação e ao paciente. A análise foi realizada por meio dos software SPSS e R 2.10. Para identificar diferença entre os tipos de desfecho e variáveis sociodemográficas e clínicas dos usuários de crack, realizou-se testes de qui-quadrado de Pearson e Fisher, sendo utilizado valor de p menor que 0,05 e cálculo bruto das razões de chance e de prevalência. Utilizou-se o teste de Mann- Whitney e com base nos resultados foram selecionadas variáveis para análise multivariadas segundo critério de Hosmer-Lemeshow para regressão logística e regressão de Cox. Para análise da permanência hospitalar adaptou-se as técnicas de análise de sobrevida e as curvas de Kaplan-Meier. O estudo foi aprovado pelo comitê de ética em pesquisa e financiado pelo CNPq. Quanto ao perfil dos usuários de crack, eram em sua maioria do sexo masculino, na faixa etária de 25 a 34 anos, com baixa escolaridade, sem ocupação no momento da admissã, com vínculo conjugal, com residência fixa.Relativo a tipologia das internações, mostrou-se estatisticamente significante ((p<0,05) o número de profissionais envolvidos, o valor da internação e o uso de outras drogas associadas ao crack. Ao aplicarmos a regressão logística concluímos que os fatores de risco para internação involuntária foram o uso abusivo de substâncias e a faixa etária de 25 a 34 anos. Relacionado ao tempo de internação foi observado que a idade dos usuários, o fato de estar desenvolvendo alguma ocupação e o número de profissionais que o assistem tem diferença significante (p < 0,05) na permanência hospitalar dos mesmos, foram descritos aspectos importantes dos usuários com tratamento anterior. A importância do conhecimento do perfil destes pacientes e características de internações nos permite uma reflexão sobre os modelos de atenção e direcionamento de políticas voltadas para este cenário.
Abstract: The purpose of changing the conception of hospitalization for psychoactive substance use has a new direction for assistance, working in a logic antimanicomial and interdisciplinary. The study objectives were: To analyze the epidemiological profile of crack users hospitalized patients in beds of a general hospital in Sobral-CE, regulated by the UHS, in 2010; characterize the sociodemographic and clinical profile of crack users, estimate the frequency, type of psychiatric hospitalization due to crack use and describe characteristics of services such as: costs, professional envolvidosm, assistance. A quantitative study, a cross-sectional data collection was performed from November/2011 to February 2012, using as a base, data from medical records of patients admitted to the psychiatric ward at the General Hospital, Dr. Estevam Ponte in the city of Sobral-CE. Crack users hospitalized in the year 2010 were selected, representing 31.5% of admissions for psychoactive substance use this year, a total of 97 admissions. To collect data relevant variables were extracted for the study related to hospitalization and the patient. The analysis was performed using the SPSS and R 2.10. To identify differences between the types of outcome and the sociodemographic and clinical variables of crack users, Pearson’s chi-square and Fisher’s were conducted, and used p value less than 0.05 and rough estimate of odds ratios and prevalence. It was used the Mann-Whitney and based on the outcome variables were selected for multivariate analysis according to the criteria of Hosmer-Lemeshow test for logistic regression and Cox regression. For analysis of length of hospital stay it was adapted to the techniques of survival analysis and Kaplan-Meier method. The study was approved by the research ethics committee and funded by CNPq. As the profile of crack users, mostly were male, aged 25-34 years with low education, no occupation at the time of admission, with marital bond, with fixed residence. On the type of admissions, the number of professionals involved was statistically significant (p <0.05), as the value of hospitalization and use of other drugs associated with the crack. By applying logistic regression it was concluded that the risk factors for involuntary hospitalization were substance abuse and the age group 25-34 years. Related to length of stay it was observed that the age of users, the fact that it is developing some occupation and the number of professionals who assist them have significant difference (p <0.05) in their length of hospital stay, important aspects were described of the users previously treated.The importance of understanding the profile of these patients and characteristics of these hospitalizations allows a reflection on the models of care and direction of policies for this scenario.
Descrição: PONTE, Michelle Alves Vasconcelos. Internamento por crack : perfil dos usuários e padrão de assistência em hospital geral. 2012. 115 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4021
Aparece nas coleções:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_dis_mavponte.pdf1,26 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.