Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4043
Título: Agricultura orgânica como alternativa para a agricultura familiar e como parte de uma política de desenvolvimento sustentável no Ceará
Título em inglês: Organic farming as an alternative to the family farming and as part of a sustainable development policy in Ceará
Autor(es): Santos, Felipe Bezerra dos
Orientador(es): Bastos, Marta Maria de Mendonça
Palavras-chave: Logistica
Desenvolvimento sustentável
Agricultura familiar
Data do documento: 2012
Citação: SANTOS, F. B. dos (2012)
Resumo: O estudo visa propor a utilização da agricultura orgânica como base para o fortalecimento da agricultura familiar, bem como sugere recomendações para uma política agrícola que contribua para o desenvolvimento sustentável para o Estado do Ceará. A agricultura familiar apresenta muitos desafios da forma que está sendo executada ao longo dos anos, e alcançar a sustentabilidade socioeconômica e ambiental fica cada vez mais distante por essa via, principalmente no Ceará que possui quase 90% de seu território no semiárido e abriga uma parte significante da população. Por sua vez, a produção orgânica iria amenizar ou até mesmo corrigir os efeitos perversos causados pelo mau uso das técnicas agrícolas, excessivas em agrotóxicos, que prejudica o solo e a saúde das pessoas que os manipulam. Assim, a pesquisa se apoiou num referencial teórico sobre agricultura familiar, desenvolvimento econômico, regional e desenvolvimento sustentável e nos conceitos de produção ecologicamente correta, que baseia a agricultura orgânica. Na metodologia utilizou-se, principalmente, a pesquisa bibliográfica, com base no acervo disponível em livros, artigos científicos, instituições governamentais e em órgãos oficiais de estatística. Houve uma busca sobre as políticas públicas aplicadas à agropecuária em quatro décadas e para as estatísticas sobre o tema, a fonte principal foi o IBGE. Mas, também, pesquisou-se nas principais fontes relacionadas ao tema, a destacar o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Ressalte-se aqui a dificuldade na obtenção de dados sobre o real tamanho da produção de orgânicos no Brasil, sobretudo no Ceará e as poucas estatísticas existentes não são atualizadas. O estudo mostra que em 40 anos de políticas e investimentos direcionados ao setor rural, ainda há 17% dessa população em condições de extrema pobreza, sugerindo que o meio tradicional de cultivo empregado não está sendo eficiente no alcance da sustentabilidade pretendida. Evidenciam os efeitos perversos das práticas tradicionais da agricultura familiar operacionalizada por meio do uso inadequado do solo, sobretudo pelas queimadas, configurando-se em algumas áreas do interior cearense com elevado grau de desertificação. Por último, o estudo faz recomendações para compor uma política sustentável para a agricultura familiar, com foco na agricultura orgânica, tendo em vista ser esta a solução mais viável para o Estado do Ceará, dada as suas características geoeconômicas. Além do que a exigência por produtos limpos cresce a cada dia fazendo da agricultura orgânica um potencial a ser explorado.
Abstract: The study aims to propose the use of organic farming as a basis for strengthening family farming, and suggests recommendations for an agricultural policy that contributes to a sustainable development for the State of Ceará. The reason lies in the fact that family farms present many challenges in the way they’re being performed over the years, and achieving socioeconomic and environmental sustainability by this means has become increasingly distant, especially in Ceará – that has almost 90% of its territory covered by semiarid regions, and is home to a significant portion of the population. On the other hand, organic production would reduce or even correct the adverse effects caused by the misuse of agricultural techniques, excessive in pesticides, that damage the soil and the health of those who handle them. For the purpose, the research was based on a theoretical framework about family farming, economic development, regional development and sustainable development, and on the concepts of environmentally friendly production, on which organic farming is grounded. The methodology used was mainly bibliographic research, based on the collection available in books, scientific articles, government bodies and official statistical agencies. A search on the public policies applied to agriculture in four decades was conducted and the main source for the subject’s statistics was the IBGE. But a research was also conducted on the main sources related to the topic, among these sources the Ministry of Agriculture, Animal Husbandry and Supply (MAPA) stands out. It’s worth mentioning here the difficulty in obtaining data on the actual size of organic production in Brazil, especially in Ceará, and the few existing statistics are not updated. The study shows that in 40 years of policies and investments addressed to the rural sector, still 17% of this population lives in extreme poverty, suggesting that the traditional means of cultivation employed aren’t efficient in reaching the desired sustainability. It highlights the perverse effects of traditional family farming practices operationalized through inappropriate land use, especially the use of slash-and-burn, becoming in some areas of Ceará’s hinterlands with a high degree of desertification. Finally, the study makes recommendations to create a sustainable policy for family farming, focused on organic farming, since this is the most viable solution for the State of Ceará, given its geoeconomic characteristics. Besides, the demand for ecologically clean products is growing every day, making organic farming a potential to be explored.
Descrição: SANTOS, F. B. dos. Agricultura Orgânica como alternativa para a agricultura Familiar e como parte de uma política de desenvolvimento sustentável no Ceará. 2012. 130 f. Dissertação (Mestrado em Logística e Pesquisa Operacional) - Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4043
Aparece nas coleções:GESLOG - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_dis_fbsantos.pdf2,55 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.