Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40925
Title in Portuguese: Estudo geoquímico e isotópico dos folhelhos e evaporitos do grupo Santana (Bacia do Araripe): implicações para os sistemas deposicionais e evolução térmica da materia orgânica.
Title: Geochemical and isotopic study of shales and evaporites of the Santana group (Araripe Basin): implications for depositional systems and thermal evolution of organic matter.
Author: Pontes, Naedja Vasconcelos
Advisor(s): Nascimento Junior, Daniel Rodrigues do
Keywords: Geoquímica Organica
Isótopos de Enxofre
Paleoambiente
Issue Date: 2018
Citation: PONTES, Naedja Vasconcelos. Estudo geoquímico e isotópico dos folhelhos e evaporitos do grupo Santana (Bacia do Araripe): implicações para os sistemas deposicionais e evolução térmica da materia orgânica. 2018. 92 f. Tese (Doutorado em Geologia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza. 2018.
Abstract in Portuguese: A presente tese visou investigara geoquímica orgânica e isótopos estáveis de enxofre nos folhelhos e evaporitos do Grupo Santana da Bacia do Araripecom o intuito de interpretar os sistemas deposicionais, condições de formação, potencial de geração de hidrocarbonetos, maturidade termal,quantidade e qualidade da matéria orgânica.O estudo envolveu a coleta23 amostras (sendo 17 folhelhos e 6 evaporitos) dispostos em afloramentos e minas, sendo posteriormente submetidas a análises de teor de carbono orgânicototal (COT),enxofre total (ET), pirólise rock eval, refletância da vitrinita, difração de raios-X (DRX), fluorescência de Raios-X e isótoposde enxofreestável(δ34SV-CDT).Os valores de COT variam entre 0,01 a 23,3% e ET de 0,01% a 3,41%. Apenas 7intervalos demonstraram valores superiores a 1% de COT, configurando bons potenciais geradores. Já através dos resultados de pirólise rock evalverificou-se a existência de querogênio tipo I (correspondendo ao melhor tipo de matéria orgânica para geração de hidrocarbonetos líquidos e gasosos)e sedimentos termicamente imaturos reforçados pelos resultados de vitrinita.A mineralogia é composta principalmente por quartzo e secundariamente argilominerais. Quanto ao potencial gerador não convencional, osindícios quanto as características deCOT (média de3,7%) e tipo de querogênio Iforam favoráveis e desfavoráveispara maturidade térmica (folhelhos imaturos) e mineralogia. As interpretações paleambientais/deposicionais foram baseadas na razão Carbono/Enxofreem termos de paleossalinidade onde os resultados sugerem variaçãoda salinidade, indicando quea maioria dos folhelhos foram formadosem condições de água salobra com influência salina, com tendência de aumento de salinidade para o topo do perfil, onde condições hipersalinas foram atingidas entre o finaldaFormaçãoIpubi e início da Formação Romualdo. Por suavez, os dados isotópicos demonstraram que há indícios da ocorrência de possíveis invasões marinhas nos sistemas deposicionais.
Abstract: The aim of the present study was to investigate the organic geochemistry and stable isotopes of sulfur in shales and evaporites of the Santana Group of the Araripe Basin in order to interpret depositional systems, formation conditions, hydrocarbon generation potential, thermal maturity, quantity and quality of organic matter. A total of 17 samples werecollected from outcrops and quarries, being submitted to analyses of Total Organic Carbon (TOC), Total Sulphur (TS), Rock-Eval pyrolysis, VitriniteReflectance, X-Ray Diffraction (XRD), Fluorescence (XRF) and stable sulfur isotopes (δ34SV-CDT). The results showTOC values range from 0.01 to 23% and TS from 0.01% to 3.41%. Only 7 intervals showed values superior to 1% of TOC, being considered good potential generators. The results of rock eval pyrolysis revealed the existence of type Ikerogen (corresponding to the best type of organic matter for the generation of liquid and gaseous hydrocarbons) and immature sediments reinforced by vitrinite results. The mineralogy is composed mainly by quartz and secondarily clay minerals. As for the unconventional potential, the indications regarding the characteristics of TOC (average of 3.7%) and type of kerogen I were favorable and unfavorable for thermal maturity (immature shales) and mineralogy. The paleoenvironmental/depositional interpretationswere based on the C/S ratio in terms of paleosalinity where the results suggest salinity variation, indicating that most of the shales were formed in brackish water conditions with saline-influenced, with tendency to increase salinity to the top of the profile, where hypersaline conditions were reached between the end of the Ipubi Formation and the beginning of the Romualdo Formation. In turn, the isotopic data showed that there are indications of possible marine invasions in the depositional systems.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40925
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:DGL - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_nvpontes.pdf3,69 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.