Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40963
Title in Portuguese: Avaliação da incidência e dos fatores de risco da náusea e vômito pós-operatórios em cirurgias buco-maxilo-faciais
Author: Gois, Soraia Rodrigues
Advisor(s): Soares, Eduardo Costa Studart
Keywords: Anestesia
Náusea
Vômito
Issue Date: 21-Feb-2019
Citation: GOIS, S. R. Avaliação da incidência e dos fatores de risco da náusea e vômito pós-operatórios em cirurgias buco-maxilo-faciais. 2019. 38 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: As cirurgias eletivas sob anestesia geral são procedimentos bastante seguros principalmente com o advento das novas tecnologias, que visam dar cada vez mais conforto ao paciente. Entretanto, as cirurgias ainda reservam algumas complicações pós-operatórias independentes da área abordada. Dentre as complicações citadas, aquela que recebe menos atenção por parte da equipe, haja vista que ainda não há um protocolo de prevenção bem definido, é a náusea e vômito pós-operatório (NVPO). A náusea é uma sensação desagradável, com desconforto abdominal, associado a vontade de vomitar. Já o vômito é a expulsão rápida e forçada do conteúdo gástrico através da boca, causada por uma contração forte dos músculos abdominais e do diafragma e sustentada pela parede torácica e abdominal. A persistência dos episódios NVPO pode trazer alguns agravantes ao paciente, como: deiscência da ferida cirúrgica, desidratação, ruptura esofágica, hematoma, hemorragia, podendo evoluir, em alguns casos, ao óbito. Considerando a alta incidência em procedimentos cirúrgicos da face e cavidade oral, o presente estudo foi realizado com o objetivo de avaliar a incidência dos episódios de NVPO em cirurgias buco-maxilo-faciais, bem como identificar os principais fatores de risco associados a esses episódios. Foi realizado um estudo analítico, observacional, retrospectivo de análise documental de 200 prontuários de pacientes submetidos à cirurgia buco-maxilo-facial no Hospital Universitário Walter Cantídio da Universidade Federal do Ceará. Dados sociodemográfico, relacionados ao biotipo de cada paciente, bem como fatores referentes ao tipo de cirurgia, acesso, intubação, perda sanguínea e duração da cirurgia foram coletados. Os dados foram analisados estatisticamente e organizados em forma de tabelas. Obtivemos como resultados, que os episódios de NVPO foram registrados em 9% da amostra, com 100% deles ocorrendo nas primeiras 12 horas pós-operatórias. Pacientes não fumantes, submetidos à cirurgias por acesso intraoral, com duração superior a 3h e de maior perda sanguínea mostraram maior propensão a episódios de NVPO.Concluimos que a incidencia da NVPO foi de 9% na população estudada e que os fatoes de risco na população em questão foram: pacientes nã fuumantes,com idade a cima de 35 anos,que foram submetidos à cirurgia ortognática e que tiveram mais de 3h de cirurgia.
Abstract: Elective surgeries under general anesthesia are very safe procedures, especially nowadays with the advent of new technologies aimed at giving the patient more and more comfort. However, surgeries still reserve some postoperative complications independent of the area being treated. Among the complications cited, the one that receives less attention from the team, since there is still no well-defined prevention protocol, is postoperative nausea and vomiting (PONV). Nausea is an unpleasant sensation with abdominal discomfort associated with the urge to vomit. Vomiting is the rapid and forced expulsion of gastric contents through the mouth, caused by a strong contraction of the abdominal and diaphragm muscles and supported by the chest and abdominal wall. The persistence of PONV episodes may cause some aggravation to the patient, such as: dehiscence of the surgical wound, dehydration, esophageal rupture, hematoma, hemorrhage, and may in some cases lead to death. Considering the high incidence in surgical procedures of the face and oral cavity, the present study was carried out with the objective of evaluating the incidence of PONV episodes in oral and maxillofacial surgeries under general anesthesia, as well as to identify the main risk factors associated with these episodes. An analytical, observational, retrospective study of documentary analysis of 200 medical records of patients submitted to buco-maxillofacial surgery at the Walter Cantídio University Hospital of the Federal University of Ceará. Sociodemographic data, related to the biotype of each patient, as well as factors related to the type of surgery, access, intubation, blood loss and duration of surgery were collected. The data were analyzed statistically and organized in the form of tables. We found that PONV episodes were recorded in 9% of the sample, with 100% occurring in the first 12 hours postoperatively. Non-smokers undergoing intraoral access surgeries lasting more than 3 hours and greater blood loss showed a higher propensity for PONV episodes. We concluded that the incidence of PONV was 9% in the study population and that the risk factors in the population in question were: non-smokers, aged above 35 years, who underwent orthognathic surgery and who had more than 3 hours of surgery.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40963
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DCOD - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_dis_srgois.pdf391,89 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.