Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/41960
Title in Portuguese: Análise espacial da AIDS e os determinantes sociais de saúde
Title: Spatial analysis of AIDS and the social determinants of health
Author: Paiva, Simone de Sousa
Pedrosa, Nathália Lima
Galvão, Marli Teresinha Gimeniz
Keywords: Análise Espacial
Síndrome da Imunodeficiência Adquirida
Determinantes Sociais de Saúde
Issue Date: Apr-2019
Publisher: Revista Brasileira de Epidemiologia
Citation: PAIVA, S. de S. ; PEDROSA, N. L. ; GALVÃO, M. T. G. G. Análise espacial da AIDS e os determinantes sociais de saúde. Revista Brasileira de Epidemiologia, São Paulo, v. 22, e190032, abr. 2019.
Abstract in Portuguese: Introdução: Os determinantes sociais de saúde (DSS) podem influenciar na distribuição das taxas da síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS) de uma região. Este trabalho teve o objetivo de analisar os DSS que se relacionam com a AIDS. Método: Estudo ecológico com técnicas de análise espacial. Analisaram-se 7.896 notificações dos casos da doença em um período de 11 anos, cujos indivíduos possuíam idade igual ou superior a 13 anos e eram residentes no Estado do Ceará, Região Nordeste do Brasil. A unidade de análise foi o município, calculando-se a taxa média de AIDS e a taxa média transformada de Freeman-Tukey para a suavização das medidas. Foi feita correlação espacial das taxas de detecção de AIDS com os determinantes sociais de saúde, utilizando-se o modelo de regressão linear simples. Empregaram-se os sistemas de informações geográficas (SIG) para manuseio dos dados georreferenciados. Resultados: Altas taxas de AIDS foram encontradas em municípios que apresentaram melhores condições de vida. Observou-se relação significativa entre cobertura da atenção primária em saúde e baixas taxas da doença no Ceará. Conclusão: Os indicadores socioeconômicos com correlação estatisticamente significativa com a distribuição da AIDS devem servir de base para políticas de combate à doença.
Abstract: ABSTRACT: Introduction: The social determinants of health (SDH) are factors that can influence the distribution of rates for acquired immunodeficiency syndrome (AIDS) in a given region. The objective of this study was to analyze SDHs related to AIDS. Method: Ecological study, using spatial analyses techniques. 7,896 disease case reports were analyzed over a period of 11 years. Subjects were 13 years or older and residents of the state of Ceará, in the northeast of Brazil. The area of analysis was the municipality, calculating both the average rate of AIDS and the Freeman-Tukey transformed average rate for measuring softening. We used the Simple Linear Regression Model to make the spatial correlation between AIDS detection rates and SDH. A Geographic Information Systems (GIS) was used to manipulate georeferenced data. Results: High rates of AIDS could be found in cities with better living conditions. Additionally, there was a significant relationship between primary health care coverage and lower rates of the disease in Ceará. Conclusion: Socioeconomic indicators with statistically significant correlation to the distribution of AIDS should be targeted by strategies policies in the fight against the disease.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/41960
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: On-line 1980-5497
Appears in Collections:DENF - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_art_sspaiva.pdf771,98 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.