Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4212
Título: Gastos com medicamentos distribuídos em Atenção Primária de Saúde em Fortaleza- Ce e co-fatores influentes do ano de 2007
Título em inglês: Drug distribution expenses in Primary Health Care in Fortaleza-Ce and co-factors influential in 2007
Autor(es): Chaves, Elton da Silva
Orientador(es): Coelho, Helena Lutéscia Luna
Palavras-chave: Assistência Farmacêutica
Atenção Primária de Saúde
Data do documento: 2009
Citação: CHAVES, E. S. (2009)
Resumo: Os crescentes investimentos na aquisição de medicamentos não têm manifestado melhorias significativas nos indicadores de saúde e no âmbito da Assistência Farmacêutica (AF). Suprir as necessidades da população e garantir o acesso aos medicamentos com equidade e eficiência tem sido um grande desafio para as autoridades sanitárias. O presente trabalho partiu da necessidade de um diagnóstico da alocação de recursos destinados a AF nas áreas administrativas de Fortaleza e suas Unidades de Saúde (US). Trata-se de uma análise retrospectiva de base de dados com características de estudo ecológico, descritivo onde foram pesquisados os dados secundários de aquisição e distribuição de medicamentos entre Janeiro - Dezembro de 2007, nas US operantes no município. Teve como objetivo principal conhecer a distribuição dos gastos com medicamentos em Atenção Primária de Saúde (APS) de Fortaleza-Ce entre as regionais e suas US e analisar os fatores associados. Para tal, caracterizou-se os gastos com medicamentos por número de atendimento em cada US, classificou-se segundo a ATC e dimensionou-se o consumo em DDD, sendo correlacionados com as características do serviço por análise de correlação de Pearson e Teste t-student para identificação de co-fatores influentes. O gasto total com medicamentos básicos estimado foi de R$ 9,29 milhões sendo o gasto per capita de R$3,82 e o gasto por paciente atendido de R$2,41. O período do ano que mais se gastou com medicamentos foi no 2º trimestre (28,36%) sendo 9,57% no mês de Abril e 10,46% em Junho. A região que deteve o maior gasto foi a Regional II (R$2.216.886,94) que possui um alto Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). O gasto médio por paciente foi maior na Regional V (R$2,82) onde está concentrada a população com menor renda e Baixo IDH. As classes terapêuticas com maior representatividade foram os antibacterianos sistêmicos (18,8% do total dos gastos; representados principalmente pelos beta-lactâmicos, penicilinas), seguido por antidiabéticos (9,4% hipoglicemiantes orais) e antihipertensivos com ação no sistema renina-angiotensina (8,6% sendo 8,2% somente com captopril). Os medicamentos mais consumidos foram: Captopril (17,2DDDs/1,000 pacientes atendidos/dia), Hidroclorotiazida (11,9) e Ácido acetilsalicílico (7,9). Os Antiasmáticos representaram os mais caros (preço unitário R$20,66 para Beclometasona 250mcg, R$18,36 Beclometasona 50mcg e Salbutamol 100mg R$8,57) entretanto na relação gasto/DDD os mais custosos foram: Fenoterol 0,5% (R$ 11,88), penicilina benzatina 600.000UI (R$ 6,59) e noretisterona 0,35mg (R$ 5,03). A qualidade da AF não mostrou associação estatisticamente significante com os gastos com medicamentos, porém apresentou uma correlação inversa (r= -0,110) com tendência a redução de gastos, a presença do Farmacêutico na US apresentou associação positiva significativa com a qualidade da AF (p-value= 0,014) e exerce um impacto econômico nos gastos com medicamentos com potencial economia de R$0,32 em média por paciente. Conclui-se que apesar dos esforços da descentralização ainda verifica-se a inequidade na ponta do SUS, onde na região de classe média alta houve maior alocação de recurso referente aos medicamentos e nas regiões mais carentes da cidade se concentra o maior volume de pacientes atendidos. Os gastos per capita com medicamentos básicos na APS de Fortaleza e o gasto por paciente atendido não condizem com os valores pactuados pelas esferas gestoras (R$ 6,20). Recomenda-se a presença do Farmacêutico nas US visando a racionalização dos gastos e consumo de medicamentos contribuindo para uma AF de qualidade e eficiente em Fortaleza.
Abstract: The increased investment in the acquisition of drugs have shown significant improvements in health indicators and in the Pharmaceutical Assistance (P.A.). Addressing the needs of the population and ensure access to medicines with equity and efficiency has been a major challenge for health authorities. This work started from the need for a diagnosis of resource allocation for P.A. in the administrative areas of Fortaleza and its Health Units (H.U). This is a retrospective analysis of the database with features of ecological and descriptive study where we examined the secondary data acquisition and distribution of drugs between January - December 2007, the H.U. operating in the municipality. The main goal was to determine the distribution of drug costs in Primary Health Care (PHC) in Fortaleza, Brazil between the H.U. and its regional and analyze the associated factors. To this end, characterized the cost of medication by number of patients in each H.U., it was classified according to ATC and scaled up consumption in DDD have been correlated with the characteristics of the service by examining the Pearson correlation test and t - student to identify co-influencing factors. Total expenditure on essential drugs was estimated at R$9.29 million and the per capita expenditure of R$3.82 and spending per patient from R$2,41. The period of the year that more was spent on drugs was in the 2nd quarter (28,36%) and 9,57% in April and 10,46% in June. The region had the highest spending was the Region II (R$ 2.216.886,94) that has a high Human Development Index (HDI). The average cost per patient was highest in Region V (R$2.82) which is concentrated the population with lower income and low HDI. The therapeutic classes with the highest representation were systemic antibiotics (18,8% of total spending, represented mainly by beta-lactam antibiotics, penicillins), followed by antidiabetics (9.4% oral hypoglycemic agents) and with antihypertensive action on the renin-angiotensin (8,6% and 8,2% only with captopril). The most frequently consumed drugs were: captopril (17,2 DDDs / 1,000 patients seen per day), hydrochlorothiazide (11,9) and aspirin (7,9). The Antiasthmatic represented the most expensive (unit price R$20,66 for Beclometasone 250mcg, R$18,36 Beclomethasone 50mcg and Salbutamol 100mg R$8.57) though the relationship cost / DDD were the most costly: Fenoterol 0.5% (R$11,88), penicillin 600.000 UI (R$6.59) and norethisterone 0.35 mg (R$5,03). The quality of P.A. showed no statistically significant association with the cost of medication, but had an inverse correlation (r = -0,110) with a tendency to reduce spending, the presence of the Pharmacist in the H.U. showed a significant positive correlation with the quality of P.A. (p -value = 0,014) and has an economic impact in spending on drugs with potential savings of R$ 0,32 on average per patient. We conclude that despite the efforts of decentralization still there is inequity in the tip of the Public Health System, which in the upper middle class there was a higher resource allocation relating to medicinal products and in the poorest regions of the city with the highest volume of patients served. Per capita spending on essential drugs in PHC Fortaleza and spending per patient are not consistent with the values agreed upon by management levels (R$6.20). It is recommended that the presence of the Pharmacist in the H.U. aimed at rationalizing spending and consumption of drugs contributing to P.A. quality and efficient in Fortaleza.
Descrição: CHAVES, Elton da Silva. Gastos com medicamentos distribuídos em Atenção Primária de Saúde em Fortaleza- Ce e co-fatores influentes do ano de 2007. 2009. 161 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4212
Aparece nas coleções:DFAR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_eschaves.pdf1,51 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.