Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42602
Title in Portuguese: Atuação cotidiana do farmacêutico na atenção primária à saúde Fortaleza
Author: Maciel, Ana Paula Pessoa
Advisor(s): Gondim, Ana Paula Soares
Keywords: Assistência Farmacêutica
Atenção Primária à Saúde
Issue Date: 20-Jun-2018
Citation: MACIEL, A. P. P. Atuação cotidiana do farmacêutico na atenção primária à saúde. 2018. 118 f. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: A atuação do farmacêutico na Atenção Primária à Saúde deve construir se por meio de um cuidado holístico de maneira reconstrutiva e ontológica, superando a supervalorização do saber técnico e burocrático centrado no fármaco, ma s que considere o usuário como detentor de um processo histórico e de saber próprio, trazendo esse e articulando com ele mesmo e os demais membros da equipe possibilidades para um cuidado ampliado. Esta tese objetivou c ompreender a atuação do farmacêutico em sua práxis cotidiana com vistas a uma integração na Atenção Primária à Saúde no Município de Fortaleza. A estratégia metodológica realizada na presente tese foi desenvolvida no campo da abordagem qualitativa. Os sujeitos que participaram da pesquisa for am: farmacêuticos, outros profissionais de saúde e gestores. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas e grupo focal. A análise dos resultados estabeleceu se por meio da hermenêutica e a dialética, originou se quatro categori as essenciais: Descrição da atuação do farmacêutico nas APS; Identificação das práticas farmacêuticas na equipe; A visão dos farmacêuticos relacionada às suas práticas nas APS; A visão de outros profissionais de saúde relacionadas as práticas do farmacêuti co nas APS; A visão dos gestores relacionadas às práticas do farmacêutico nas APS; Práticas farmacêuticas nas APS: Fatores que facilitam e dificultam a integração do farmacêutico na equipe; Perspectiva para integrar o farmacêutico na APS. A Atenção Primár ia à Saúde remete a um espaço dinâmico que necessita ser integrado à equipe de saúde e não se reduzir à dispensação de medicamentos. É imperativo que o ‘fazer saúde’ desse profissional seja desviado do foco da prescrição médica e do medicamento para centra r se no seguimento farmacoterapêutico e em ações interdisciplinares de promoção e educação em saúde. A inclusão do farmacêutico na atenção integral, coordenada, no entanto, contínua e segura permanece como desafio. Foi possível perceber que os farmacêutico s não demonstram uma compreensão plausível sobre a interdisciplinaridade como parte necessária para a implementação de um trabalho integral com a comunidade, não vislumbrando as ações que garantem o vínculo, acessibilidade e continuidade do cuidado como parte essencial de seu trabalho, não se percebendo, assim, como membros de uma equipe integrada
Abstract: The pharmacist's role in Primary Health Care must be bui lt through holistic care in a reconstructive and ontological way, overcoming the overvaluation of technical and bureaucratic know how centered on the drug, but considering the user as having a historical and of self knowledge, bringing this and articulatin g with himself and the other members of the team possibilities for extended care. This thesis aimed to understand the performance of the pharmacist in his daily praxis with a view to an integration in Primary Health Care in the Municipality of Fortaleza. T he methodological strategy carried out in the present thesis was developed in the field of qualitative approach. The subjects that participated in the research were: pharmacists, other health professionals and managers. Data were collected through semi str uctured interviews and a focus group. The analysis of the results was established through hermeneutics and the dialectic, originated four essential categories: Description of the performance of the pharmacist in the PHC; Identification of pharmaceutical pr actices in the team; The view of pharmacists related to their practices in PHC; The view of other health professionals related to PHC practices in PHC; The managers 'view regarding PHC practitioners' practices; Pharmaceutical practices in PHC: Factors that facilitate and hinder the integration of the pharmacist in the team; Perspective to integrate the pharmacist into PHC. Primary Health Care refers to a dynamic space that needs to be integrated with the health team and not be reduced to the dispensation o f medicines. It is imperative that the 'health' of this professional be diverted from the focus of the prescription and medication to focus on the pharmacotherapeutic follow up and interdisciplinary actions of promotion and health education. The inclusion of the pharmacist in integral, coordinated, yet continuous, safe care remains a challenge. It was possible to understand that pharmacists do not demonstrate a plausible understanding of interdisciplinarity as a necessary part for the implementation of inte gral work with the community, not glimpsing the actions that guarantee the bond, accessibility and continuity of care as an essential part of their work, not thus perceiving themselves as members of an integrated team.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42602
Appears in Collections:DFAR - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_appmaciel.pdf1,51 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.