Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42653
Title in Portuguese: Estratégias do brincar na promoção do desenvolvimento da primeiríssima infância: percepção de professores de uma creche filantrópica (programa de promoçâo do acompanhamento do desenvolvimento infantil - padi- cod.qc00.2000.pg.1404)
Author: Gomes, Italo Martins de Mendonca
Bezerra, João Paulo da Silva
Teixeira, Éder Enzo Albuquerque
Cunha, Adrielle
Venâncio, Fernanda Lima
Pinheiro, Fabiane Elpidio de Sa
Keywords: Desenvolvimento infantil
Ludoterapia
Creches
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Ceará
Citation: GOMES, Italo Martins de Mendonca et al. Estratégias do brincar na promoção do desenvolvimento da primeiríssima infância: percepção de professores de uma creche filantrópica (programa de promoçâo do acompanhamento do desenvolvimento infantil - padi- cod.qc00.2000.pg.1404). Revista Encontros Universitários da UFC, Fortaleza, v. 1, n 1, 2016. (Encontro de Experiências Estudantis 9).
Abstract in Portuguese: Introdução: o brincar se constitui uma estratégia voltada para o desenvolvimento das habilidades globais da criança. Objetivo: conhecer a percepção de professoras e assistentes sobre a importância do brincar na promoção do desenvolvimento infantil na primeiríssima infância. Metodologia: Estudo qualitativo e descritivo realizado com professoras de uma creche filantrópica de Fortaleza. Foi realizada uma entrevista semiestruturada com as seguintes questões: “Para você, qual a importância do brincar no desenvolvimento de crianças de 1 a 3 anos?”, e “Quais são as brincadeiras que você utiliza para que o desenvolvimento seja estimulado?”. Foram incluídos no estudo sete participantes, entre professoras e assistentes, das oito responsáveis pela educação e monitoramento das crianças da creche. Resultados: observou-se que, todas consideram o brincar o fator mais importante para o desenvolvimento, biopsicossocial e melhora das habilidades motoras e cognitivas. Algumas, no entanto, não souberam explicar teoricamente porque o consideram importante, mas percebem o brincar como o pilar essencial para o desenvolvimento. Além disso, muitas brincadeiras se repetem nos discursos e outras parecem requerer adaptação às idades. Discussão: As brincadeiras e jogos recomendados para crianças de 12 as 24 meses são atividades que envolvam aprender sobre sons, texturas, cores, formas, comunicação, noções de espaço, e peso dos objetos. Nas crianças de 24 a 36 meses se recomendam brincadeiras que explorem a imaginação e criatividade. Conclusão: as professoras sabem da importância do brincar para o desenvolvimento de crianças com idade de 1 a 3 anos, compreendendo que o brincar é a forma de aprendizado mais indicado para toda e qualquer criança em desenvolvimento. As brincadeiras que são utilizadas na creche favorecem o desenvolvimento e aprendizado das crianças, embora verifica-se necessidade em otimizar com elas o desenvolvimento específico de habilidades motoras e cognitivas das crianças.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42653
metadata.dc.type: Outros
Appears in Collections:EEE - Resumo de trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_resumo_eve_immgomes.pdf51,96 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.