Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42732
Title in Portuguese: Avaliação do impacto do uso da técnica de linha de balanço no gerenciamento da cadeia de suprimentos em obras de rodovia
Author: Alencar, Lívia Braga Sydrião de
Advisor(s): Nobre Júnior, Ernesto Ferreira
Keywords: Transportes
Nivelamento de recursos (Administração)
Cadeia de suprimentos - Gestão e administração
Planejamento rodoviário
Highway construction planning
Line of balance
Supply chain management
Logistic flows
Issue Date: 2018
Citation: ALENCAR, L. B. S. de. Avaliação do impacto do uso da técnica de linha de balanço no gerenciamento da cadeia de suprimentos em obras de rodovia. 2018. 139 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Transportes)-Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: Um planejamento de obras bem realizado tem o poder de garantir o fluxo contínuo da produção, permitindo a empresa executar serviços com maior qualidade e menor custo. Ao mesmo tempo, a Gestão da Cadeia de Suprimento (GCS) sugere executar as etapas da obra como um fluxo contínuo de geração de valor ao invés de apenas uma série de atividades individuais como propõe a forma tradicional de gestão. Existem poucos estudos que busquem relacionar os conceitos de planejamento de obras e de GCS em obra de rodovia. O presente trabalho visa a avaliar o impacto que a mudança entre duas técnicas de planejamento de obras com abordagens distintas, Técnica de Avaliação e Controle de Programas/ Método do Caminho Crítico (PERT/CPM) e Linha de Balanço (LoB), ocasiona nos fluxos logísticos (fluxos de capital, de insumos e de informações) que definem a cadeia de suprimentos de obras de rodovia. Esse objetivo foi alcançado qualitativamente pela revisão bibliográfica e quantitativamente pela aplicação de um estudo de caso com os dados de planejamento de uma obra de rodovia de uma grande construtora brasileira de infraestruturas, cujo planejamento original foi realizado segundo a técnica PERT/CPM e reprogramado pela técnica LoB. A comparação entre os dados correspondentes a cada cenário de planejamento, como Cronogramas Físico-Financeiros, Histogramas de Equipamentos e Mão-de-Obra Direta e Curvas de Fluxo, foram os parâmetros utilizados como base de comparação que possibilitaram inferir que o planejamento segundo a técnica LoB apresentou um tratamento mais adequado dos fluxos logísticos e, consequentemente, da cadeia de suprimentos da obra de rodovia do estudo em razão dos seus gráficos possuírem mais patamares do que variações bruscas, indicando o fluxo contínuo dos insumos e do capital. A técnica LoB, a partir dos seus princípios de formação de equipes e pacotização de atividades, prioriza o fluxo contínuo de informações.
Abstract: A well-executed construction planning has the power to ensure the continuous flow of production, making the company perform its activities with higher quality and lower cost. At the same time, the Supply Chain Management (GCS) suggests performing the construction steps as a continuous stream of value generation rather than just a series of individual activities as the traditional management approach proposes. There are few studies that seek to relate these two concepts that are indispensable to any highway construction project. The present thesis aims to evaluate the impact that the change between two techniques of planning with different approaches, the Program Evaluation and Control Technique / Critical Path Method (PERT / CPM) and the Line of Balance (LoB), causes in the logistic flows (flows of capital, inputs and information) that define the Highway Construction’s Supply Chain. This objective was achieved qualitatively by the Bibliographic Review and quantitatively by the application of a case study with the planning data of a highway project of a large Brazilian infrastructure construction company, whose original planning according to the PERT/CPM technique and reprogrammed by the LoB technique. The comparison between the data corresponding to each planning scenario, such as Physical-Financial Schedules, Histograms and Flow Curves, were the parameters used as a basis of comparison that made it possible to infer that the planning according the LoB presented a more adequate treatment of the logistical flows and, consequently, of the supply chain because its graphs have more levels than abrupt variation, indicating the continuous flow of inputs and capital. The LoB technique, based on its principles of team formation and activity packages, prioritizes the continuous flow of information.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42732
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DET - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_lbsalencar.pdf8,78 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.