Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42760
Title in Portuguese: A Evolução dos sistemas cerâmicos a partir da avaliação de resistência flexural: revisão de literatura.
Author: Vasconcelos, Francisco Belchior Rodrigues de
Lopes, Timóteo Sousa
Advisor(s): Falcão Filho, Hilmo Barreto Leite
Keywords: Porcelana dentária
Cerâmica dentária
Resistencia de materiais
Issue Date: 2018
Citation: VASCONCELOS, F.B.R. (2018)
Abstract in Portuguese: Introdução: As cerâmicas odontológicas caracterizam-se por duas fases: vítrea e cristalina. A proporção entre essas fases dita as propriedades mecânicas e ópticas do sistema cerâmico, sendo a adição de materiais de reforço à fase cristalina, ligada à grandeza da resistência flexural que é a habilidade de um material em resistir às forças que provocam a sua curvatura sem se fraturar. A relevância clínica desta propriedade se faz, sobretudo, no ato da mastigação, quando ocorrem diferentes esforços mastigatórios. Objetivo: Realizar uma revisão da literatura acerca da avaliação da resistência flexural das cerâmicas odontológicas, avaliando assim a evolução desses sistemas. Método: Realizou-se busca nas bases de dados PubMED/SciELO, limitando-se a artigos de texto completo disponível em língua inglesa, no período dos últimos 10 anos. Os descritores utilizados foram: “dental porcelain and dental ceramics and material resistance”. Foram encontrados 19 artigos, dez desses selecionados a partir das leituras dos títulos e resumos. Realizou-se também pesquisa em amplo domínio, onde 14 artigos foram encontrados e selecionados. Resultados: As cerâmicas: feldspáticas, reforçadas com partículas de mica, por leucita, por dissilicato de lítio, policristalinas reforçadas por alumina, por zircônia e por “spinell” apresentam resistência flexural que aumenta em harmonia com o aumento da fase cristalina e mediante a própria composição do material utilizado. Conclusão: Os estudos evidenciaram a evolução dos sistemas cerâmicos com notória otimização da resistência flexural e de limitações iniciais de indicação desses sistemas, todavia novos estudos deverão ser conduzidos para investigar o comportamento desses materiais, considerando as inúmeras variáveis do ambiente biológico.
Abstract: Introduction: Dental ceramics are characterized by two phases: glassy and crystalline. The proportion between these phases dictates the mechanical and optical properties of the ceramic system, with the addition of reinforcing materials to the crystalline phase, linked to the magnitude of the flexural strength, which is the ability of a material to withstand the forces that cause its curvature without fracture. The clinical relevance of this property is made, especially, in the act of mastication, when different masticatory efforts occur. Objective: To review the literature on the evaluation of flexural strength of dental ceramics, thus evaluating the evolution of these systems. Method: We searched the PubMED / SciELO databases, limiting to full-text articles available in the English language, during the period of the last 10 years. The descriptors used were: "dental porcelain and dental ceramics and material resistance". We found 19 articles, ten of them selected from the readings of titles and abstracts. There was also extensive domain research, where 14 articles were found and selected. Results: Ceramics: feldspathic, reinforced with mica particles, leucite, lithium disilicate, alumina, zirconia and spinell reinforced polycrystalline have flexural strength that increases in harmony with the increase of the crystalline phase and through the composition of the material used. Conclusion: The studies evidenced the evolution of ceramic systems with notable optimization of flexural strength and initial limitations of indicating these systems, however new studies should be conducted to investigate the behavior of these materials, considering the innumerable variables of the biological environment.
Description: VASCONCELOS, F.B.R; LOPES, T.S.. A evolução dos sistemas cerâmicos a partir da avaliação de resistência flexural: revisão de literatura. 2018. 27f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - Universidade Federal do Ceará - campus Sobral, Sobral, 2018.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42760
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:ODONTOLOGIA - SOBRAL - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tcc_fbrvasconcelos.pdf548,99 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.