Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42778
Title in Portuguese: Validação do diagnóstico de enfermagem resposta disfuncional ao desmame ventilatório
Author: Lemos, Larissa de Araújo
Advisor(s): Lopes, Marcos Venícios de Oliveira
Keywords: Desmame do Respirador
Diagnóstico de Enfermagem
Estudos de Validação
Respiração Artificial
Cuidados Críticos
Issue Date: 25-Jan-2019
Citation: LEMOS L. A. Validação do diagnóstico de enfermagem resposta disfuncional ao desmame ventilatório. 2019. 169 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: A validação de ferramentas utilizadas por enfermeiros, como os diagnósticos de enfermagem, tem sido alvo de estudos para estabelecer sua confiabilidade e uma forma de desenvolvimento do conhecimento e da prática profissional. Recentemente, a NANDA Internacional (NANDAI) listou uma série de diagnósticos de enfermagem que serão retirados de sua taxonomia caso novas evidências de sua validade não sejam estabelecidas nos próximos dois anos. Dentre esses diagnósticos, está incluída a Resposta Disfuncional ao Desmame Ventilatório (RDDV), que representa uma condição clínica importante na prática diária de enfermeiros que atuam em Unidade de Terapia Intensiva. Nesse sentido, o objetivo da presente tese centrou-se em estabelecer a validade do diagnóstico de enfermagem RDDV da NANDA-I. Trata-se de um estudo de validação desenvolvido em três etapas, a saber: elaboração de uma teoria de médio alcance sobre desmame ventilatório disfuncional, análise de conteúdo por juízes e análise da acurácia dos indicadores clínicos da RDDV. Para a primeira etapa, realizou-se uma revisão integrativa da literatura como embasamento para a construção da teoria de médio alcance. Procedeu-se a busca em cinco bases de dados: Scopus, MEDLINE, CINAHL, SciELO e LILACS, utilizando-se os descritores “Desmame do Respirador”, “Respiração Artificial” e “Cuidados Críticos”. Foram identificados a partir da teoria elaborada 21 indicadores clínicos e 13 fatores etiológicos relacionados ao diagnóstico em estudo. Ademais, foram estabelecidas relações de causalidade entre tais componentes diagnósticos identificados. Na segunda etapa, realizou-se análise de conteúdo dos elementos diagnósticos e suas respectivas definições conceituais e operacionais elaboradas na etapa anterior, mediante avaliação por enfermeiros juízes. Foi adotado um valor de 0,9 para o Índice de Validação de Conteúdo (mediana > 0,9), a fim de considerar a adequação de cada item avaliado individualmente. Dentre os 13 fatores etiológicos analisados, apenas Nutrição inadequada (valor p=0,045; mediana=0,75) foi considerado estatisticamente irrelevante para o diagnóstico. Quanto aos indicadores clínicos, todos foram considerados relevantes para identificação do diagnóstico, no entanto, o Aumento da frequência respiratória acima dos valores basais, o Desconforto respiratório e a Fadiga respiratória necessitaram de ajustes em suas definições seguindo as sugestões dos juízes. A terceira etapa consistiu na análise da acurácia dos indicadores clínicos da RDDV. A coleta de dados desta etapa foi realizada em dois hospitais distintos, com pacientes adultos internados em unidade de terapia intensiva submetidos ao desmame da ventilação mecânica. Os dados foram obtidos a partir da observação e exame físico dos pacientes, concomitante à busca de informações e dados clínicos no prontuário. A análise incluiu medidas descritivas e de tendência central. A aderência à distribuição normal foi avaliada mediante aplicação do teste de Lilliefors. Para verificar a sensibilidade e especificidade de cada indicador, aplicou-se o método de Análise de Classes Latentes, que permite identificar um conjunto de indicadores considerados apropriados para a inferência diagnóstica da RDDV. Os indicadores que apresentaram elevada sensibilidade foram Desconforto respiratório e Uso da musculatura acessória (0,9998 e 0,9998, respectivamente). Os indicadores com elevada especificidade (valores acima de 0,85), considerados sinais confirmatórios da RDDV foram: Desconforto respiratório, Nível de consciência diminuído, Respiração superficial, Expressão facial de medo, Acidose e Agitação. A prevalência estimada do diagnóstico RDDV foi de 15%. Conclui-se que o conhecimento acerca da acurácia dos indicadores clínicos da RDDV contribui para evidenciar a resposta disfuncional ao desmame ventilatório, fato que possibilitará aprimorar a assistência do enfermeiro no processo de desmame do suporte ventilatório.
Abstract: The validation of tools used by nurses, such as nursing diagnoses, has been the subject of studies to establish their reliability and a way of developing knowledge and professional practice. Recently, NANDA International has listed a number of nursing diagnoses that will be removed from its taxonomy if new evidence of its validity is not established within the next two years. Those diagnoses include Dysfunctional Ventilatory Weaning Response (DVWR), which represents an important clinical condition in the daily practice of nurses working in intensive care units. In this regard, the present thesis was aimed to establish the validity of NANDA-I DVWR nursing diagnosis. This is a validation study developed in three stages: elaboration of a middle range theory (MRT) on dysfunctional ventilatory weaning; content analysis by judges; and analysis of the accuracy of the DVWR clinical indicators. For the first stage, an integrative review of literature was made as a basis for MRT development. We searched five databases: Scopus, MEDLINE, CINAHL, SciELO and LILACS, with descriptors "Ventilator Weaning", "Artificial Respiration" and "Critical Care". We identified 21 clinical indicators and 13 etiological factors of DVWR diagnosis from MRT. In addition, causal relationships were established between the diagnostic components identified. In the second stage, the content analysis of diagnostic elements and their respective conceptual and operational definitions elaborated in the previous stage was conducted, through evaluation by judges nurses. A value of 0.9 was adopted for Content Validation Index (CVI), to consider the adequacy of each individually evaluated item. The etiological factor Inadequate nutrition was considered statistically irrelevant for the diagnosis. Concerning the clinical indicators, all were considered relevant for identification of diagnosis, however, the Increase in respiratory rate over baseline, Respiratory distress and Respiratory fatigue demonstrated the need for adjustments by the judges' analysis. The third stage consisted in the accuracy analysis of the DVWR clinical indicators. Data collection was performed in two hospitals, with patients hospitalized in intensive care units submitted to weaning from mechanical ventilation. The data were obtained from observation and physical examination of patient, concomitant with the search for information in the medical record. The analysis included descriptive measures and central tendency. The Lilliefors test verified adherence to normal distribution. To verify the sensitivity and specificity of each indicator, the Latent Class Analysis method was applied. The indicators Respiratory distress and Use of accessory muscles showed high sensitivity (0.9998 and 0.9998, respectively). The indicators that presented high specificity (values above 0.85) to infer the DVWR were: Respiratory distress, Decrease in level of consciousness, Shallow Breathing, Facial expression of fear, Acidosis and Agitation. The estimated prevalence of DVWR diagnosis was 15%. It is concluded that the knowledge about accuracy of RDDV clinical indicators contributes to evidence the dysfunctional ventilatory weaning response, a fact that will make it possible to improve the nurse's assistance in the ventilatory weaning process.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42778
Appears in Collections:DENF - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_tese_lalemos.pdf2,78 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.