Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43335
Title in Portuguese: Análise dos fatores relacionados do diagnóstico de enfermagem desobstrução ineficaz de vias aéreas em crianças com doença respiratória
Author: Andrade, Lívia Zulmyra Cintra
Advisor(s): Silva, Viviane Martins
Co-advisor(s): Avena, Marta José
Keywords: Diagnóstico de Enfermagem
Causalidade
Criança
Respiração
Pneumonia
Asma
Issue Date: 3-Aug-2018
Citation: ANDRADE, L. Z. C. Análise dos fatores relacionados do diagnóstico de enfermagem desobstrução ineficaz de vias aéreas em crianças com doença respiratória. 2018. 110 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: A identificação das associações existentes entre fatores aos quais indivíduos foram expostos a um determinado diagnóstico de enfermagem é fundamental para a compreensão do processo causal que se estabelece. O conhecimento dos fatores que estão diretamente ligados ao aparecimento do diagnóstico ou daqueles que potencializam o efeito de um fator causal podem auxiliar o raciocínio diagnóstico e terapêutico e é o ponto de partida para a implantação de medidas curativas e preventivas. Objetivou-se analisar os fatores relacionados do diagnóstico de enfermagem Desobstrução ineficaz de vias aéreas (DIVA) em crianças com doença respiratória. Trata-se de um estudo caso-controle, realizado em unidade de internamento de dois hospitais infantis do município de Fortaleza-Ceará, nos meses de agosto de 2016 a julho de 2017. Foram avaliadas 400 crianças, com idade de 0 a 5 anos, acometidas por Pneumonia e/ou Asma. Para a coleta dos dados, realizou-se avaliação pulmonar e entrevista com os responsáveis. Posteriormente, os dados foram organizados e analisados pela pesquisadora para determinação da presença ou ausência das características definidoras e fatores relacionados de DIVA, com base em protocolos de pesquisa previamente estabelecidos. A determinação do diagnóstico e a classificação dos grupos casos e controles ocorreram por meio de análises estatísticas de modelo de classes latentes. Os fatores relacionados que se mostraram relevantes para o desenvolvimento do diagnóstico foram classificados em predisponentes, incapacitantes, precipitantes e reforçadores. Para a análise estatística, foram utilizados o software IBM SPSS e o pacote estatístico R, e adotado um nível de significância de 5%. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa. A maior parte das crianças era do sexo masculino (56,0%), com idade mediana de 20 meses. As doenças respiratórias mais frequentes foram Pneumonia (84,0%) e Asma (28,8%). A partir do modelo de classe latente, 90,25% das crianças manifestaram o diagnóstico de enfermagem. As características definidoras Ruídos adventícios respiratórios, Escarro em excesso, Tosse ineficaz e Dispneia apresentaram prevalência e sensibilidade elevadas. A associação dessas características definidoras está relacionada à elevada probabilidade de manifestação do diagnóstico DIVA em crianças com doença respiratória. Os fatores relacionados Infecção (93,8%), Secreções retidas (91,0%), Muco excessivo (84,8%), Exposição a fumaça (65,8%) apresentaram maior prevalência. Alergia em via aérea, Espasmo de via aérea, Exsudato nos alvéolos, Muco excessivo e Secreções retidas estão associados à maior probabilidade de identificação do desfecho clínico. Secreções retidas, seguida de Muco excessivo são os fatores relacionados de maior impacto para a ocorrência de DIVA na população em estudo. Infecção, Alergia em via aérea e Exposição a fumaça atuam como fatores precipitantes, enquanto que, Espasmo de via aérea, Exsudato nos alvéolos, Secreções retidas e Muco excessivo são fatores reforçadores no processo de causalidade do diagnóstico de enfermagem. As evidências clínicas obtidas destacam importantes contribuições ao conhecimento e à prática de enfermagem voltada à criança com doença respiratória. A compreensão mais clara dos processos de interação entre fatores causais e indicadores clínicos para manifestação da resposta humana, podem contribuir para embasar o raciocínio diagnóstico, selecionar intervenções de enfermagem mais direcionadas, subsidiando uma assistência de enfermagem de melhor qualidade.
Abstract: The identification of the associations between factors that refer to the diagnosis and to the nursing diagnosis is fundamental for the understanding of the causal process that is established. The knowledge of the factors that are linked to the appearance of the diagnosis or the potential or effect of a causal factor can aid the diagnostic and therapeutic reasoning and is the starting point for the implantation of curative and preventive measures. The objective was to analyze the related factors to the nursing diagnosis. Ineffective airway clearance in children with respiratory disease. It is a case-control study, carried out in an inpatient unit of two children's hospitals in the city of Fortaleza-Ceará, from August 2016 to July 2017. We evaluated 400 children aged 0 to 5 years, pneumonia and/or asthma. For a data collection, perform a lung assessment and interview with the components. Subsequently, the data were organized and analyzed by the researcher to determine the presence or absence of the defining characteristics and related factors of Ineffective airway clearance, based on previously established research protocols. The determination of the diagnosis and the classification of the groups of cases and controls occurred through the statistical analysis of latent class models. The related factors to the launching of tests for predisposition, incapacitation, precipitation and reinforcement. For statistical analysis, we used the IBM SPSS software and the statistical package R, and adopted a significance level of 5%. The study was approved by the Research Ethics Committee. The majority of the male children (56.0%), with an average age of 20 months. The most frequent respiratory diseases were pneumonia (84.0%) and asthma (28.8%). From the latent class model, 90.25% of the children showed a nursing diagnosis. As defining characteristics adventitious breath sounds, excessive sputum, ineffective cough and dyspnea presented high prevalence and sensitivity. Ineffective airway clearance in children with respiratory disease is an association for defined characteristics. Related factors to infection (93.8%), retained secretions (91.0%), excessive mucus (84.8%), exposure to smoke (65.8%) was more prevalent. Allergic airway, airway spasm, exudate in the alveoli, excessive mucus, and retained secretions are more likely to identify the clinical outcome. Retained secretions followed by excessive mucus are the factors related to the greatest impact on the occurrence of Ineffective airway clearance in the studied population. Infection, allergic airway and exposure to smoke act as precipitating factors. Meanwhile, airway spasm, exudate in the alveoli, retained secretions and excessive mucus are reinforcing factors in the process of diagnostic causation of nursing. As the clinical evidence obtained highlights important contributions to nursing knowledge and practice aimed at children with respiratory diseases. A clearer understanding of the processes of interaction between causal factors and clinical indicators for the manifestation of the human response can contribute to support the diagnostic reasoning, select more focused nursing interventions and subsidize better quality nursing care.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43335
Appears in Collections:DENF - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_lzcandrade.pdf1,5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.