Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43407
Title in Portuguese: Ensaios para dias felizes: (re)criações dramatúrgicas beckettianas a partir dos princípios estéticos do esgotamento, do esquecimento e do silêncio
Author: Ribeiro, Emmanuel Nogueira
Advisor(s): Vasquez, Hector Andrés Briones
Co-advisor(s): Teixeira, Francimara Nogueira
Keywords: Samuel Beckett
Estética do Esgotamento
Crise do Drama
Morte do autor
Sociedade do Cansaço
Dramaturgia Contemporânea
Issue Date: 2019
Citation: RIBEIRO, Emmanuel Nogueira. Ensaios para dias felizes: (re)criações dramatúrgicas beckettianas a partir dos princípios estéticos do esgotamento, do esquecimento e do silêncio. 2019. 176f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Instituto de Cultura e Arte, Programa de Pós-graduação em Artes, Fortaleza (CE), 2019.
Abstract in Portuguese: A presente dissertação propõe experimentos dramatúrgicos a partir de uma investigação da obra de Samuel Beckett. Esses experimentos estão baseados na ideia de esgotamento da linguagem que, segundo Deleuze, é uma marca estética da obra beckettiana. Partindo, portanto, da minha própria experiência como dramaturgo, atesto minha morte autoral, aponto as limitações do modelo da dramaturgia clássica e indico, como alternativa, que a escrita teatral incorpore princípios estéticos como o silêncio, o esquecimento e o fracasso, que foram cruciais para Beckett esgotar a linguagem. Na esteira desse processo criativo, emergem discussões sobre a morte do autor, o cansaço na sociedade do desempenho e a crise do drama, que constituem um pano de fundo para se pensar os rumos da dramaturgia contemporânea.
Abstract: The present dissertation proposes dramaturgical experiments from an investigation of the work of Samuel Beckett. These experiments are based on the idea of language exhaustion which, according to Deleuze, is an aesthetic mark in the work of Beckettian. Starting from my own experience as a playwright, I attest to my authorial death, I point out the limitations of the model of classical dramaturgy and point out, as an alternative, that theatrical writing incorporates aesthetic principles such as silence, forgetfulness and failure, which were crucial for Beckett to exhaust the language. In the wake of this creative process, there are discussions about the author's death, tiredness in the society of performance and the crisis of drama, which constitute a background to think the course of contemporary dramaturgy.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43407
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGARTES - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_dis_enribeiro.pdf1,29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.