Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43425
Title in Portuguese: Processos dominantes quanto à salinização de reservatórios em período de estiagem prolongada: o caso do Banabuiú
Author: Nascimento, Marcela Verícimo do
Advisor(s): Alexandre, Alan Michell Barros
Keywords: Qualidade de água
Semiárido
Salinização de reservatórios
Issue Date: 2019
Citation: NASCIMENTO, Marcela Verícimo do. Processos dominantes quanto à salinização de reservatórios em período de estiagem prolongada: o caso do Banabuiú. 2019. 59 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Ambiental) - Campus de Crateús, Universidade Federal do Ceará, Crateús, 2019.
Abstract in Portuguese: As condições climatológicas e litológicas do semiárido são responsáveis pela intermitência dos corpos hídricos superficiais e para garantir o abastecimento de água é necessário armazenar águas. Neste contexto, a salinização causa a deterioração da qualidade da água nos reservatórios e prejudica diversos usos, dentre eles destaca-se a agricultura. A dinâmica dos sais é influenciada por diversos fatores, para analisá-los buscou-se associar as ferramentas da hidroquímica e os índices de qualidade da agricultura para designar os processos responsáveis pelas alterações. Este estudo objetivou determinar os processos dominantes na salinização do reservatório de grande porte Banabuiú e os efeitos na qualidade da água para agricultura durante a estiagem prolongada ao avaliar o período de 2005 a 2018. Para tanto, utilizou correlações lineares, dados de precipitação, dados do reservatório, Razões Iônicas, Índices Cloro-alcalinos, Diagrama de Gibbs, Índice de saturação Langelier, Carbonato de Sódio Residual, Razão de Adsorção de Sódio, Diagrama USSL e Diagrama de Piper. Durante a estiagem prolongada houve o predomínio das hierarquias catiônicas e aniônicas, Na+ > Mg2+ > Ca2+ > K+ e HCO3- > Cl- > SO42- > CO32- > NO3-. Constatou-se a acumulação do cálcio, potássio e magnésio. O mecanismo de salinização dominante identificado foi o intemperismo com o efeito concentrador dos fatores climáticos. Outros processos secundários atuantes foram constatados: trocas iônicas reversas, influência de terrenos dolomíticos, dentre outros. As águas do reservatório não possuem risco de sodificação, apresentaram de forma predominante médio risco de salinização e atingiu um alto risco de salinização. Esses resultados indicam a origem dos íons e a influência da estiagem na composição iônica do reservatório Banabuiú.
Abstract: The climatic and lithological conditions of the semi-arid northeast of Brazil are responsible for the intermittence of the surface water bodies and to guarantee the water supply it is necessary to store water. In this context, salinization causes deterioration of the water quality in the reservoirs and harms several uses, mainly in the agriculture. The dynamics of salts is influenced by several factors. In order to analyze them, the aim was to associate the tools of hydrochemistry and the quality indexes of agriculture to designate the processes responsible for the changes. This study aimed to determine the dominant processes in the salinization of the large reservoir Banabuiú and the effects on water quality for agriculture during prolonged drought when evaluating the period from 2005 to 2018. For this, it used linear correlations, precipitation data, Ionic Ratios, Chloro-alkaline Indices, Gibbs Diagram, Langelier Saturation Index, Residual Sodium Carbonate, Sodium Adsorption Ratio, USSL Diagram, and Piper Diagram. During prolonged drought, the predominance of the cationic and anionic hierarchies, Na+ > Mg2+ > Ca2+ > K+ and HCO3- > Cl- > SO42- > CO32- > NO3- was observed. Accumulation of calcium, potassium and magnesium was observed. The dominant salinization mechanism identified was weathering with the concentrating effect of climatic factors. Other active secondary processes were verified: reverse ionic exchanges, influence of dolomitic terrains, among others. The waters of the reservoir do not present a risk of sodification, they presented predominantly average risk of salinization and reached a high risk of salinization. These results indicate the origin of the ions and the influence of the drought in the ionic composition of the Banabuiú reservoir.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43425
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:ENGENHARIA AMBIENTAL - CRATEÚS - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_tcc_mvnascimento.pdf1,72 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.