Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43431
Title in Portuguese: Uma multidão de pessoas sós: narrativas de adoecimento e acolhimento na universidade, a partir de grupos terapêuticos
Title: A horde of alone people: narratives of care and assist in the university, as from therapeutic groups
Author: Freitas, Rafael de Mesquita Ferreira
Advisor(s): Gonçalves, Kleyton Rattes
Keywords: Antropologia
Universidade
Emoções
Grupos Terapêuticos
Saúde Mental
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade Federal do Ceará
Citation: FREITAS, Rafael de Mesquita Ferreira. Uma multidão de pessoas sós: narrativas de adoecimento e acolhimento na universidade, a partir de grupos terapêuticos. 2019. 136f. – Dissertação (Mestrado)- Programa de Pós-Graduação Associado em Antropologia da Universidade Federal do Ceará; Universidade da Integração da Lusofonia Afrobrasileira, Fortaleza (CE); Redenção (CE), 2019.
Abstract in Portuguese: Esta dissertação de mestrado trata do processo de um adoecimento classificado como psiqúico e do cuidado com estudantes universitários, identificado por meio de suas narrativas, especificamente, em dois grupos terapêuticos com propostas distintas, em duas universidades presentes em Fortaleza (CE), Universidade Federal do Ceará (UFC) e Universidade de Fortaleza (UNIFOR). O principal objetivo é mostrar que fatores contribuem para o adoecimento destes universitários e de que forma a atuação dos grupos terapêuticos pesquisados agem sobre o sofrimento narrado e vivido. Por meio de uma reflexão das condições de produção de conhecimento presentes no ensino superior e das narrativas dos interlocutores nesta pesquisa, reflito acerca das diversas possibilidades de ser estudante universitário. Argumento que a adoção de uma identidade congelada de estudante, fundamentada em perfil adepto ao capitalismo tardio, impede a metamorfose da identidade dos alunos, deixando assim de reconhecer as reais demandas e potencialidades presentes em suas trajetórias. Por fim, analiso de que formas o reconhecimento e acolhimento das narrativas podem contribuir para a construção e reconstrução de identidades e do bem estar na academia.
Abstract: This master's dissertation deals with the process of an illness classified as psychiatric and of care with university students, identified through its narratives, specifically, in two therapeutic groups with distinct proposals, in two universities present in Fortaleza (CE), Federal University of Ceará (UFC) and University of Fortaleza (UNIFOR). The main objective is to show what factors contribute to the sickness of these university students and how the activities of the therapeutic groups studied act on the suffering narrated and lived. By reflecting on the conditions of knowledge production present in higher education and the narratives of the interlocutors in this research, I reflect on the various possibilities of being a university student. I argue that the adoption of a frozen student identity, based on a profile adept to late capitalism, prevents the metamorphosis of the students' identity, thus failing to recognize the real demands and potentialities present in their trajectories. Finally, I analyze how the recognition and reception of narratives can contribute to the construction and reconstruction of identities and well-being in the academy.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43431
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGA - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_dis_rmfreitasDissertação Mestrado Rafael Freitas PPGA UFC UNILAB1,58 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.