Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43519
Title in Portuguese: Impactos socioeconômicos do complexo industrial e portuário do Pecém (CIPP) sobre os pescadores artesanais do Pecém, São Gonçalo do Amarante, Ceará
Author: Freitas, Kelly Silva de
Advisor(s): Araújo, Rogério César Pereira de
Keywords: Engenharia de pesca
Issue Date: 2006
Citation: FREITAS, Kelly Silva de. Impactos socioeconômicos do complexo industrial e portuário do Pecém (CIPP) sobre os pescadores artesanais do Pecém, São Gonçalo do Amarante, Ceará. 2006. 73 f. TCC (Graduação em Engenharia de Pesca) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2006.
Abstract in Portuguese: Este estudo identifica e analisa os impactos socioeconômioos sobre os pescadores artesanais do Pecém, em decorrência da implantação do Complexo Industrial e Portuário daquela localidade. Através de levantamento de dados com aplicação de questionários, entrevista informal e observações, pode-se avaliar os aspectos sociais, técnicos e econômicos, bem corno a percepção desse grupo em relação à prováveis mudanças ocorridas com a implantação de uma estrutura como do porte de um porto Quanto à atividade da pesca artesanal não se observou grandes transformações positivas ou negativas significativas, exceto pelo aumento de produção próximo à estrutura portuária. Porém, em parte desse local, a pesca é restrita, por se constituir em uma zona de perigo às pequenas embarcações, levando à insatisfação e conflito entre os pescadores e o porto. No local perto da ponte de acesso à plataforma, a pesca é permitida, bastando para isso que o pescador faça uso de equipamentos de segurança como bóias e coletes salva-vidas. Em relação à renda dos pescadores, não se verificou mudanças significativas na renda gerada pela pesca_ O porto contribuiu como urna fonte de renda complementar, já que alguns pescadores além de trabalhar na pesca, prestam serviços ao porto. Observou-se, porém, decréscimo no número de pescadores ocasionado pelo abandono da atividade, atraídos pelas oportunidades de emprego criadas pelo porto. Do ponto de vista da dinâmica costeira, o porto trouxe mudanças positivas à praia que está maior, o mar está mais recuado e menos agitado. As mudanças negativas atribuídas à construção do porto referem-se aos impactos sociais como o aumento da prostituição e drogas. Em geral, pode-se afirmar com base nos dados obtidos, que o porto proporcionou mais vantagens do que desvantagens aos pescadores dessa localidade, mesmo que essas vantagens não tenham incidido diretamente sobre a pesca artesanal.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43519
Appears in Collections:ENGENHARIA DE PESCA - Trabalhos Acadêmicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_tcc_ksfreitas.pdf68,15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.