Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/44383
Title in Portuguese: Homem também engravida? Participação do parceiro no pré-natal na atenção primária à saúde.
Author: Vasconcelos, Ana Rebeca Araújo
Advisor(s): Feitosa, Helvécio Neves
Keywords: Atenção Primária à Saúde
Gênero e Saúde
Paternidade
Cuidado Pré-Natal
Issue Date: 9-Jul-2019
Citation: VASCONCELOS, A. R. A. Homem também engravida? Participação do parceiro no pré-natal na atenção primária à saúde. 2019. 91 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Saúde da Mulher e da Criança) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: O presente estudo objetiva analisar a participação dos parceiros no pré-natal na Atenção Primária à Saúde no município de Quixeré, interior do Estado do Ceará.Método:Realizou-se um estudo do tipo survey interseccional com uma população de 106 gestantes e 31 parceiros inseridos na assistência pré-natal da atenção primária do município de Quixeré, em julho de 2018, e entrevistados entre julho e dezembro do mesmo ano,através de instrumentos de coleta de dados (elaborados pela pesquisadora), com questões objetivas que contemplaram aspectos sociodemográficos, acesso e qualidade da assistência pré-natal e conhecimentos das gestantes e parceiros sobre o pré-natal do parceiro, que, posteriormente, foram digitados no Google Forms ® e formatados no software R®versão 3.4.3, enquanto a análise estatística foi conduzida uttilizando o IBM SPSS Statistics 22®. A correlação entre as opiniões das gestantes e seus respectivos parceiros foi avaliada através do coeficiente V de Cramer e do teste Exato de Fisher, em que p < 0,05 é a regra de decisão para rejeitar a ausência de correlação na opinião dos dois grupos. Resultados:68,9% das gestantes e 61,3% dos parceiros entrevistados no município de Quxeré se consideravam da zona rural, o que explica a prevalência da agricultura sobre as demais ocupações. A renda da 65,5% das gestantes e 48,4% dos parceiros foi inferior a um salário mínimo. A idade média dos entrevistados foi de 26 anos para as gestantes e 30 anos para os parceiros, que são, em média,89,2% casados ou mantêm união estável,72,5%de religião católica e 73,9%da cor parda.Com relação ao pré-natal do parceiro, 90,3% dos homens entrevistados não conheciam o serviço. Quanto à participação no pré-natal, 26% dos parceiros entrevistados não estiveram nas consultas e dos 74% que participaram, 68% não tiveram exame realizado ou solicitado. 29% dos parceiros entrevistados participaram das atividades coletivas durante o pré-natal.85,3% dos parceiros que participaram foram efetivamente convidados pelas suas parceiras orientadas pelos profissionais, em detrimento de 57,9% dos participantes cujas gestantes não receberam essa orientação. A participação do pai no pré-natal, parto e cuidados com o bebê foi considerada importante por mais de 90% das gestantes e parceiros entrevistados. Conclusões: Metade dos participantes planejou a gravidez, as gestantes tiveram assistência de maneira satisfatória. Os parceiros que participaram do pré-natal não tiveram acesso aos exames e imunização. A participação dos homens nas atividades coletivas foi pequena e os temas considerados relevantes. A orientação dos profissionais de saúde exerceu influência positiva e quanto mais as gestantes foram estimuladas, mais convidaram os parceiros participaram.
Abstract: This study aims to analyze the participation of partners in prenatal care in primary health care in the municipality of Quixeré, in the state of Ceará. Method: An intersectional survey was conducted with a population of 106 pregnant women and 31 partners in primary care prenatal care in the municipality of Quixeré, in July 2018, and interviewed between July and December of the same year, through data collection tools (developed by the researcher), with objective questions that covered sociodemographic aspects, access and quality of prenatal care and knowledge of pregnant women and partners about the prenatal partner, which were later typed in Google Forms ® and formatted in R® version 3 software.4.3, while the statistical analysis was conducted using IBM SPSS Statistics 22®. The correlation between the opinions of pregnant women and their respective partners was assessed using Cramer's V coefficient and Fisher's exact test, in which p < 0.05 is the decision rule to reject the absence of correlation in the opinion of both groups. Results: 68.9% of pregnant women and 61.3% of partners interviewed in the municipality of Quxeré considered themselves to be from rural areas, which explains the prevalence of agriculture over other occupations. The income of 65.5% of pregnant women and 48.4% of the partners was less than a minimum wage. The average age of the interviewees was 26 years for pregnant women and 30 years for the partners, who are, on average, 89.2% married or have a stable union,72.5% Catholic religion and 73.9% brown color. Regarding the partner's prenatal care, 90.3% of the men interviewed did not know the service. Regarding participation in prenatal care, 26% of the interviewed partners were not in consultations and of the 74% who participated, 68% had no exam performed or requested. 29% of the interviewed partners participated in collective activities during prenatal care. 85.3% of the partners who participated were effectively invited by their partners guided by the professionals, to the detriment of 57.9% of the participants whose pregnant women did not receive this guidance. The father's participation in prenatal care, childbirth and baby care was considered important by more than 90% of the pregnant women and partners interviewed. Conclusions: Half of the participants planned the pregnancy, the pregnant women had satisfactory care. The partners who participated in prenatal care had no access to tests and immunization. The participation of men in collective activities was small and the themes were considered relevant. The orientation of health professionals had a positive influence and the more pregnant women were stimulated, the more they invited the partners to participate.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/44383
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:MPSMC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_dis_aravasconcelos.pdf1,28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.