Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/45631
Title in Portuguese: Intervenção telefônica na promoção da autoeficácia, duração e exclusividade do aleitamento materno: estudo experimental randomizado controlado
Author: Chaves, Anne Fayma Lopes
Ximenes, Lorena Barbosa
Rodrigues, Dafne Paiva
Vasconcelos, Camila Teixeira Moreira
Monteiro, Juliana Cristina dos Santos
Oriá, Mônica Oliveira Batista
Keywords: Autoeficácia
Aleitamento Materno
Enfermagem
Promoção da Saúde
Enfermagem Baseada em Evidências
Meios de Comunicação
Issue Date: Apr-2019
Publisher: Revista Latino-Americana de Enfermagem
Citation: CHAVES, Anne Fayma Lopes et al. Intervenção telefônica na promoção da autoeficácia, duração e exclusividade do aleitamento materno: estudo experimental randomizado controlado. Rev. Latino-Am. Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 27, e3140, abr. 2019.
Abstract in Portuguese: Objetivo: avaliar o efeito de uma intervenção telefônica na autoeficácia de puérperas na duração e exclusividade da amamentação. Método: estudo experimental randomizado controlado envolvendo 85 lactantes aos dois meses e 77 aos quatro meses. A amostra foi randomizada em dois grupos: controle e intervenção. A intervenção consistiu em um acompanhamento telefônico realizado aos sete, 15 e 30 dias pós-parto utilizando os preceitos da Entrevista Motivacional e da Autoeficácia em Amamentar. Resultados: com dois meses a autoeficácia em amamentar foi semelhante nos dois grupos (p=0,773). Todavia, com quatro meses, o grupo intervenção apresentou maior autoeficácia que o grupo controle (p=0,011). Evidenciou-se diferença entre os grupos na duração do aleitamento materno aos dois meses (p=0,035). No quarto mês, o grupo intervenção se manteve em aleitamento materno quando comparado ao grupo controle (p=0,109). Ambos os grupos não apresentaram diferenças na exclusividade da amamentação aos dois (p=0,983) e quatro meses (p=0,573). Conclusão: a intervenção educativa por telefone foi eficaz para melhorar a autoeficácia e duração do aleitamento materno, mas não a exclusividade. (ReBEC: UTN: U1111-1180-5341).
Abstract: Objective: to evaluate the effect of a telephone intervention on the self-efficacy of puerperal women in the duration and exclusivity of breastfeeding. Method: randomized controlled trial composed of 85 breastfeeding mothers at 2 months and 77 at 4 months. The sample was randomized into two groups, control and intervention. The intervention consisted of a telephone follow-up performed at seven, 15 and 30 days after delivery using the precepts of Motivational Interview and Self-Efficacy in Breastfeeding. Results: self-efficacy in breastfeeding at 2 months was similar in both groups (p = 0.773). However, at 4 months, the intervention group presented higher self-efficacy than the control group (p = 0.011). There was a difference between groups in the duration of breastfeeding at 2 months (p = 0.035). At 4 months, the intervention group remained in breastfeeding when compared to the control group (p = 0.109). Both groups did not show differences in exclusive breastfeeding at two (p = 0.983) and four months (p = 0.573). Conclusion: the telephone educational intervention was effective in improving self-efficacy and duration of breastfeeding, but not exclusivity. (ReBEC: UTN: U1111-1180-5341).
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/45631
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: On-line 1518-8345
Appears in Collections:DENF - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_art_aflchaves.pdf672,11 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.