Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4590
Título: Associação entre equilíbrio, marcha e síndrome da fragilidade em idosos residentes em área urbana
Título em inglês: Association between balance, gait and frailty syndrome in older adults living in urban area
Autor(es): Salmito, Marjorie Coelho de Araújo
Orientador(es): Coelho Filho , João Macêdo
Palavras-chave: Idoso
Marcha
Data do documento: 2012
Citação: SALMITO, M. C. A. (2012)
Resumo: Fragilidade é uma síndrome clinica de natureza multifatorial que permite identificar idosos com maior vulnerabilidade a eventos adversos, como quedas, hospitalizações, incapacidade e morte. As alterações da função física, como equilíbrio e marcha, associadas à fragilidade que poderiam ter um papel na ocorrência desses eventos adversos ainda não estão suficientemente estabelecidas, e sua melhor compreensão pode favorecer o desenvolvimento de estratégias de prevenção e tratamento desta condição clínica. OBJETIVO - Analisar a associação entre alteração do equilíbrio, marcha e síndrome da fragilidade em idosos frágeis, pré-frágeis e não-frágeis, residentes em área urbana da cidade de Fortaleza, Ceará. MÉTODOS - Trata-se de um estudo transversal com 144 idosos, classificados, segundo os critérios de Fried et al., (2001), como frágeis, pré-frágeis e não-frágeis, realizado no período de março de 2009 a outubro de 2010, no Ambulatório de Fragilidade do Centro de Atenção ao Idoso da Universidade Federal do Ceará - UFC. A coleta de dados foi composta por dois testes: Avaliação da Mobilidade Orientada pelo Desempenho (POMA), dividida em duas partes: avaliação do equilíbrio (POMA Equilíbrio) e avaliação da marcha (POMA-Marcha); e o Timed Up and Go (TUG), que avalia a mobilidade e risco de queda. RESULTADOS – Alteração do equilíbrio avaliado pelo POMA-Equilíbrio (equilíbrio estático) foi encontrada em 62,9% dos idosos frágeis, em 38,3% dos pré-frágeis e 18,4% dos não-frágeis (p<0,0001). Alteração da marcha avaliada pelo POMA-Marcha (equilíbrio dinâmico) foi encontrada em 77,1% dos idosos frágeis, em 43,3% dos pré-frágeis e 30,6% dos não-frágeis (p<0,001). Alteração do equilíbrio e da marcha (POMA- Total) foram observadas em 88,6% dos idosos frágeis, 66,7% pré-frágeis e 42,9% não-frágeis (p=0,001). No TUG, 91,5% dos idosos frágeis, 70,0% dos pré-frágeis e 53,0% dos não-frágeis (p<0,0001) apresentaram alteração na mobilidade e risco de quedas. Dentre os critérios de diagnóstico da síndrome de fragilidade, somente a velocidade da marcha apresentou associação com o equilíbrio (p<0,031). A relação entre equilíbrio (POMA-Equilíbrio) e fragilidade, ajustada para sexo, idade, Índice de Massa Corporal (IMC), foi estatisticamente significante, o mesmo não ocorrendo quando ajustada para sexo, idade, Índice de Massa Corporal (IMC) e alteração da marcha (POMA-Marcha). CONCLUSÃO – Alteração do equilíbrio encontra-se associada à síndrome de fragilidade no que diz respeito ao componente dinâmico (equilíbrio dinâmico), o que pode estar relacionado à alteração da marcha presente nos idosos frágeis.
Abstract: Frailty is a clinical syndrome of multifactorial nature that allows for the identification of elderly people with increased vulnerability to adverse events such as falls, hospitalizations, disability and death. Changes in physical function, such as on balance and gait, associated to frailty, and which could have a role in the occurrence of these adverse events, are not yet sufficiently established and their better understanding can foster the development of strategies for the prevention and treatment of this clinical condition. OBJECTIVE - To analyze the association between change in balance, gait and fragility syndrome in elderly frail, pre-frail and non-frail elderly individuals living in an urban area of the city of Fortaleza, Ceará, Brazil. METHODS - This was a cross sectional study with 144 elderly, individuals classified accordingly to the Fried et al., (2001), as frail, pre-frail and non-frail, conducted from March 2009 to October 2010 at the Frailty Clinic of the Elderly Care Center (Ambulatory of Fragility of Centro de Atenção ao Idoso) of the Federal University of Ceará - UFC. Data collection consisted of two tests: Evaluation of the Performance Oriented Mobility (POMA) divided in two parts: assessments of balance (POMA-Balance) and gait (POMA-Gait), and the Timed Up and Go (TUG), which assesses mobility and fall risk. RESULTS - Variations on balance evaluated by POMA-Balance (static balance) were found in 62.9% of the frail elderly, in 38.3% of the pre-frail and in 18.4% of the non-frail (p <0.0001). Variations on gait evaluated by POMA-Gait (dynamic balance) were found in 77.1% of the frail elderly, in 43.3% of the pre-frail and in 30.6% of the non-frail (p <0.001). Variations in balance and gait (POMA-Total) were observed in 88.6% of frail elderly, in 66.7% of the pre-frail and in 42.9% of the non-frail (p=0.001). In TUG, 91.5% of the frail elderly, 70.0% of the pre-frail and 53.0% of the non-frail (p <0.0001) showed alterations in mobility and risk of falls. Among the criteria for the diagnosis of the frailty syndrome, only the walking speed was associated with balance (p <0.031). The relationship between balance (POMA-Balance) and frailty, adjusted by sex, age, body mass index (BMI) was statistically significant, which did not occur when it was adjusted by sex, age, body mass index (BMI) and variations in gait (POMA-Gait). CONCLUSION - Balance variation is associated with frailty syndrome with regards to the dynamic (dynamic balance), and may be related to altered gait present in frail elderly.
Descrição: SALMITO, Marjorie Coelho de Araújo. Associação entre equilíbrio, marcha e síndrome da fragilidade em idoso residentes em área urbana. 2012. 94 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4590
Aparece nas coleções:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_dis_mcasalmito.pdf1,07 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.