Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/46892
Title in Portuguese: O humanismo em Ludwig Feuerbach
Title: The humanism in Ludwig Feuerbach
Author: Cabral, João Robson
Advisor(s): Chagas, Eduardo Ferreira
Keywords: Feuerbach.
Razão.
Humanismo.
Reason.
Humanism.
Issue Date: 2019
Citation: CABRAL, João Robson. O humanismo em Ludwig Feuerbach. 2019. 87 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: O pensamento de Ludwig Feuerbach representa uma ruptura com a especulação filosófica e com a teologia racional cristã. Ambas enxergavam o homem apenas como objeto da razão, negando a sensibilidade que lhe é própria. A religião via o homem apenas perspectivado para o futuro. O corpo sem valor cedia lugar para a alma que tinha a primazia e habitaria no extramundo. A religião cristã tem como pressuposto a filosofia platônica, na qual se prega o desprezo do corpo, pois este é cárcere da alma, impedindo-a de pensar livremente, o que só seria possível noutro mundo, o das ideias. Contudo, para Feuerbach não se pode pensar o homem desintegrando-o da sensibilidade, da vontade e da razão, pois esta tríade é parte sine qua non constituidora da humanidade. Assim, o pensamento de Feuerbach desenvolverá um humanismo que visa recuperar o homem na sua totalidade. Neste sentido, a dissertação propõe uma abordagem teórica e crítico-reflexiva dividida em três capítulos: 1) A religião e o resgate do homem; 2) O homem e a natureza em Feuerbach e 3) O humanismo e a sensibilidade. O autor elucida como a religião cristã trata o homem sempre na perspectiva do futuro, negando ou ofuscando sua imanência. Além disso, há um resgate também do valor da natureza enquanto matriz responsável por toda existência. Assim sendo, o pensamento do autor enaltece com pujança a natureza humana que, ao contrário da religião cristã, a vê como decaída, pobre, pecaminosa. Assim, fez-se uma pesquisa bibliográfica, crítico-reflexiva, num diálogo com Feuerbach, a partir da obra: A essência do cristianismo, a qual serviu de base fundamental ao desenvolvimento da dissertação. Alguns comentadores serão citados a fim de endossar a temática da filosofia natural do autor. A filosofia de Feuerbach desenvolve um otimismo pelo homem, um verdadeiro tratado sobre a sensibilidade, ou seja, uma empiria antropológica que será o fio condutor da dissertação. A filosofia de Feuerbach termina por resgatar o homem em relação ao desdém da religião.
Abstract: The thought of Ludwig Feuerbach represents a break with both the philosophical speculation and the Christian rational theology. Both see man just as an object of the reasoning, denyning the sensitibility of his own. The religion used to see man only under the perspective to the future. The body with no value is replaced be the soul, which had primacy and would inhabit the extra world. Christianity supposes the platonic philosophy, which defends the contempt of the body, once it is the prison of the soul that stops it think freely – some think only possible in the world of ideas. Yet, to Feuerbach it is not possible to think the man detaching from its own sensibility, will and reasoning. It happens so due to the fact that this triad is part of the sine qua non that constitutes humanity. Thereby, the thought of Feuerbach will further develop a humanism that aims to recover the man on its totality. In this sense, dissertation proposes a theoretical and critical-reflexive approach divided into three chapters:1) The religion and the man’s rescue; 2) The man and the nature in Feuerbach; 3) The humanism and sensibility. The author explains how christianity always treat under perspective to the future, denying or overshadowing its immanence. Besides, there is also the rescue of the value of nature as responsible matrix for all existence. So, the thought of author praises with force the human nature that, different from the Christian perspective, praises to the highest sees it sinking, poor and sinful. Finally, a critical-bibliografic research as taken in dialogue with Feuerbach’s The essence of Christianity, fundamental basis of the present work. Some commentators will be cited in order to support the natural philosophy of author. The philosophy of Feuerbach develops a optmism toward man and a true agreement on sensibility, in other words, and anthropological empiricism that will conduct present dissertation. Feuerbach’s philosophy ultimately rescues man from the contempt of religion.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/46892
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGFILO - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_dis_jrcabral.pdf907,79 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.