Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/47475
Title in Portuguese: Tradução e adaptação transcultural do transition questionnaire para uso no Brasil
Author: Alcântara, Kamille Lima de
Advisor(s): Leite, Álvaro Jorge Madeiro
Co-advisor(s): Siebra e Silva, Ana Valeska
Keywords: Recém-Nascido Prematuro
Alta do Paciente
Cuidado Transicional
Estudos de Validação
Issue Date: 29-Aug-2019
Citation: ALCÂNTARA, K. L. Tradução e adaptação transcultural do transition questionnaire para uso no Brasil. 2019. 153 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: O nascimento prematuro e o baixo peso ao nascer são problemas de saúde pública que vêm aumentando a morbimortalidade das crianças mundialmente e são as principais causas de óbito neonatal. Entretanto, tecnologias foram desenvolvidas ao longo do tempo para que os recém-nascidos pudessem ter maiores chances de sobrevivência e consequente alta hospitalar. A preparação para alta é de extrema relevância para a promoção da saúde e prevenção de reinternações e óbito infantil. O período imediato após a alta hospitalar trata-se de um período de transição para os pais, especialmente difícil pelo fato de que há pelo menos duas grandes mudanças acontecendo: a transição para a paternidade/maternidade e a transição do hospital para o domicílio, ambos extremamente desafiadores. Por não haver uma ferramenta de medição adequada no Brasil que considerasse toda a multidimensionalidade dos problemas enfrentados pelos pais dos prematuros durante essa transição, objetivouse, nesta pesquisa, realizar a tradução e adaptação transcultural para uso no Brasil, do Transition Questionnaire, instrumento idealizado nos Estados Unidos pela Enfermeira Profa. Dra. Carolle Kenner e colaboradores. Obteve-se prévia autorização da autora da versão original do instrumento. Foi desenvolvido um estudo metodológico com abordagem quantitativa. As seis etapas recomendadas por Beaton et.al. (2007) para adaptação transcultural foram executadas: tradução inicial, síntese das traduções, retrotradução, avaliação por um comitê de juízes, pré-teste e submissão da versão pré-final à autora/coordenadora da tradução. Todas as etapas da tradução e adaptação do instrumento foram colocadas em quadros para melhor visualização das sugestões feitas pelos três tradutores e dois retrotradutores, assim como as feitas pelos cinco juízes quanto às equivalências semântica, idiomática, experimental e conceitual, e as sugeridas pela pesquisadora principal deste estudo. As traduções geradas pelas tradutoras um e dois foram analisadas pela tradutora três e uma versão síntese (T12) foi gerada. Ambas as retrotraduções foram coerentes, e demonstraram o domínio dos dois retrotradutores sobre os dois idiomas envolvidos. A coleta de dados do pré-teste foi realizada com mães e pais de prematuros que estiveram internados na UTIN da MEAC em Fortaleza-CE, durante a espera para as consultas de seguimento dos bebês após alta hospitalar durante o mês de abril de 2019. A versão resultante das etapas anteriores foi apresentada a eles que consideraram a pesquisa de extrema relevância e de fácil compreensão no geral, mas apontaram alguns itens como “não claros”.Todas as sugestões feitas por mais da metade do público-alvo para cada item foram consideradas pertinentes, dando origem a versão pré-final do Transition Questionnaire para a língua portuguesa do Brasil, que foi enviado à autora do instrumento original, que aprovou a versão. A versão do TQ adaptado para a língua portuguesa do Brasil foi o primeiro passo para ampla aplicação do instrumento em serviços públicos e privados de assistência neonatal de alto risco do país, porém o mesmo ainda necessita passar por processo de validação e análise de suas características psicométricas. Esta pesquisa obedeceu a Resolução nº 466/12 do Conselho Nacional de Saúde/Ministério da Saúde.
Abstract: Premature birth and low birth weight are public health problems that are increasing the morbidity and mortality of children worldwide. They are the main causes of neonatal death. However, technologies were developed over time so that newborns could have greater chances of survival and consequent discharge from hospital. Preparing for discharge is extremely important for health promotion and prevention of readmissions and child death. The immediate period after hospital discharge is a transitional period for parents, especially difficult because there are at least two major changes happening: the transition to fatherhood/motherhood and the transition from hospital to home, both extremely challenging. As there is no adequate measurement tool in Brazil that considers all the multidimensionality of the problems faced by the parents of premature infants during this transition, this study aimed to perform the translation and cross-cultural adaptation for use in Brazil of the Transition Questionnaire, an idealized instrument. in the United States by Nurse Profa. Dr. Carolle Kenner and colleagues. Prior authorization was obtained from the author of the original version of the instrument. A methodological study with a quantitative approach was developed. The six steps recommended by Beaton et.al. (2007) for cross-cultural adaptation were performed: initial translation, synthesis of translations, back-translation, evaluation by a committee of judges, pretesting and submission of the pre-final version to the author / coordinator of the translation. All steps of the translation and adaptation of the instrument were placed in frames for better visualization of the suggestions made by the three translators and two back-translators, as well those made by the five judges as semantic equivalence, idiomatic, experimental and conceptual equivalences, and those suggested by the main researcher. of this study. The translations generated by one and two translators were analyzed by three translator and a synthesis version (T12) was generated. Both back-translations were consistent, and demonstrated the mastery of the two back-translations over the two languages involved. The pre-test data collection was performed with mothers and fathers of preterm infants who were admitted to the “MEAC UTIN” in Fortaleza-CE, while waiting for follow-up consultations of babies after hospital discharge during April 2019. The resulting version of the previous steps was presented to them and they considered the research extremely relevant and easy to understand in general, but they pointed out some items as “not understanding”. All suggestions made by more than half of the target audience for each item were considered pertinent, giving rise to the “pre-final” Transition Questionnaire for the Portuguese language of Brazil, which was sent to the author of the original instrument, who approved the version. The TQ adapted to Brazilian language version was the first step for the wide application of the instrument in public and private highrisk neonatal care services in the country, however it still needs to undergo validation and analysis of its psychometric characteristics. This research obeyed the Resolution Nº. 466/12 of the National Health Council / Ministry of Health
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/47475
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_dis_klalcantara.pdf1,67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.