Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4859
Title in Portuguese: Análise espacial dos acidentes de trânsito do município de Fortaleza
Title: Spatial analysis of traffic accidents in the city of Fortaleza
Author: Queiroz, Marcelo Pereira
Advisor(s): Loureiro, Carlos Felipe Grangeiro
Keywords: Transportes
Acidentes
Análise espacial
Issue Date: Oct-2003
Citation: QUEIROZ, M. P. Análise espacial dos acidentes de trânsito do Município de Fortaleza. 2003. 124 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Transportes)-Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2003.
Abstract in Portuguese: Os índices de acidentes de trânsito vêm sendo usados para caracterizar a situação da segurança de tráfego de países, estados e municípios, comparando os valores obtidos entre si e também com índices padrões internacionais. Além disto, os índices servem para avaliar os resultados das medidas de tratamento implantadas na malha viária pelo órgão gestor de trânsito. Com a integração dos Sistemas de Informações Geográficas (SIG) ao conjunto de ferramentas mais robustas da análise espacial, vários índices podem ser gerados e analisados de forma mais eficiente, considerando o caráter espacial do fenômeno dos acidentes. O presente trabalho se propôs a analisar geografic amente este fenômeno, a partir da elaboração de uma base georeferenciada de dados de acidentes de trânsito para, em seguida, aplicar e demonstrar o potencial das ferramentas de análise e estatística espacial na área de segurança de tráfego. Estas ferrament as foram usadas para obter uma caracterização espacial sistêmica das condições de segurança viária que possam auxiliar na identificação de locais críticos e fornecer mais informações para subsidiar a tomada de decisão nos órgãos de gerência do trânsito. Como exemplo de aplicação, foram usados os dados de acidentes do Sistema de Informações de Acidentes de Trânsito de Fortaleza (SIAT -FOR) que foram georeferenciados usando uma rotina desenvolvida na linguagem de programação interna de um pacote comercial de SIG. A principal contribuição desta pesquisa foi trazer um novo posicionamento crítico no trato da informação geográfica quantitativa dentro da área de engenharia de transportes e, principalmente, da segurança de tráfego. Este novo posicionamento nasce do reconhecimento da natureza espacial dos dados de transportes e se consolida nas possibilidades de aplicação das ferramentas de análise e estatística espacial que o ambiente digital propicia.
Abstract: Traffic accident indexes have been used to characterize the traffic safety conditions in countries, states and cities, allowing comparisons among them and with international standard indexes. Besides, the indexes are used to evaluate the results of the treatment measures implemented in the street network by the traffic management department. With the integration of the Geographical Information Systems (GIS) to a group of more robust tools of spatial analysis, various indexes can be determined and analyzed ina more efficient way, taking into account the spatial attribute of the accidents phenomenon. The main objective of this work was to geographically analyze such a phenomenon, beginning with the implementation of a geocoded database of traffic accidents and, then, applying and demonstrating the potential of spatial analysis and statistical tools for the area of traffic safety. These tools were used to develop a systemic spatial characterization of the safety conditions over the street network, making it possible to identify critical spots and to provide more information to subsidize the decision making process at the traffic management department. As a sample application, this study considered the traffic accident data of Fortaleza’s Traffic Accident Information System (SIAT -FOR), geocoded using a routine developed in a GIS programming language. It is believed that the main contribution of this research was to bring a new critical thinking to the treatment of the quantitative geographical information within th e broader area of transportation engineering and, specifically, in dealing with traffic safety issues. This way of thinking comes from the recognition of the spatial nature of transport data and gets consolidated in the many possibilities of applying the spatial analysis and statistical tools that rise from the digital environment.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4859
Appears in Collections:DET - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2003_dis_mpqueiroz.pdf1,33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.