Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/48694
Title in Portuguese: Desfechos associados ao teste Timed up & go em velocidade usual e máxima em idosos
Title: Outcomes associated with timed up & go test in maximum and usual speed in elderly subjects
Author: Melo, Natalia Gomes
Paulo, Ana Caroline Lima de
Amaral, Daniel Pereira do
Corso, Simone Dal
Correia, Natielly Beatriz Soares
Furlanetto, Karina Couto
Mont’Alverne, Daniela Gardano Bucharles
Mesquita, Rafael Barreto de
Advisor(s): Mesquita, Rafael Barreto de
Co-advisor(s): Mont’Alverne, Daniela Gardano Bucharles
Keywords: Idoso
Valores de Referência
Issue Date: 2-Dec-2019
Citation: MELO, N. G. et al. Desfechos associados ao teste Timed up & go em velocidade usual e máxima em idosos. 2019. Artigo (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: Introdução: O Timed Up & Go (TUG) é um teste de fácil execução e se mostrou associado a desfechos de equilíbrio e velocidade de marcha. O teste foi desenvolvido para o participante realizá-lo em velocidade usual/confortável. Entretanto, outros estudos já solicitam velocidade máxima. Objetivo: Investigar os desfechos de capacidade física e subjetivos associados aos protocolos do TUG em velocidade usual e máxima em idosos. Métodos: Trata-se de um estudo transversal e multicêntrico (Londrina-PR, Campo Grande-MS, São Paulo-SP, e Fortaleza-CE), no qual idosos tiveram avaliada a sua mobilidade funcional com o TUG em velocidade usual e máxima, bem como outros desfechos de capacidade física e desfechos subjetivos. Resultados: No total, 114 sujeitos foram incluídos no estudo. Em relação ao TUG usual, observou-se correlação estatisticamente significante com os desfechos de capacidade física, domínios de aspectos físicos e sociais de qualidade de vida e sintomas de depressão. Resultados semelhantes foram obtidos em relação ao TUG máximo, embora com correlações mais fortes com desfechos de capacidade física e sem correlação significante com aspectos sociais de qualidade de vida e sintomas de depressão. Conclusão: Ambos os protocolos se correlacionam com desfechos de capacidade física, embora o TUG máximo se correlacione de forma mais forte, enquanto que o TUG usual parece se correlacionar melhor com desfechos subjetivos.
Abstract: Introduction: Timed Up & Go (TUG) is an easy test that has been shown to be associated with balance and walking speed outcomes. The test was developed for the participant to perform it at usual / comfortable speed. However, other studies already request maximum speed. Objective: To investigate the association of TUG protocols at usual and maximum speed with physical capacity outcomes and subjective outcomes. Methods: This is a cross-sectional and multicenter study (Londrina-PR, Campo Grande-MS, São Paulo-SP, and Fortaleza-CE), in which the elderly had their functional mobility evaluated with TUG at usual and maximum velocity, as 2 well as other physical capacity outcomes and subjective outcomes. Results: In total, 114 subjects were included in the study. Regarding the usual TUG, a statistically significant correlation was observed with the physical capacity outcomes, domains of physical and social quality of life and symptoms of depression. Similar results were obtained in relation to the maximum TUG, although with stronger correlations with physical capacity outcomes and no significant correlation with social aspects of quality of life and symptoms of depression. Conclusion: Both protocols correlate with physical capacity outcomes, although maximal TUG correlates more strongly, whereas usual TUG seems to correlate better with subjective outcomes.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/48694
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:FISIOTERAPIA - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_art_ngmelo.pdf641,77 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.