Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/48960
Title in Portuguese: Tradução, adaptação transcultural e validação do instrumento segurança do paciente na administração de medicamentos na pediatria
Author: Sandoval, Lilia Jannet Saldarriaga
Advisor(s): Lima, Francisca Elisângela Teixeira
Co-advisor(s): Barbosa, Lorena Pinheiro
Keywords: Tradução
Adaptação
Estudos de Validação
Segurança do Paciente
Conduta do Tratamento Medicamentoso
Enfermagem Pediátrica
Issue Date: 16-Dec-2019
Citation: SANDOVAL, L. J. S. Tradução, adaptação transcultural e validação do instrumento segurança do paciente na administração de medicamentos na pediatria. 2019. 137 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: Segurança do paciente é um importante indicador da qualidade da assistência, devendo ser uma prioridade nos serviços de saúde. Teve-se como objetivo traduzir, adaptar transculturalmente e validar o instrumento Segurança do Paciente na Administração de Medicamentos na pediatria (SPAMP) versão português para espanhol no contexto peruano. Estudo metodológico, com abordagem quantitativa, desenvolvido em duas fases: 1) tradução e adaptação transcultural do instrumento SPAMP para o espanhol, gerando o instrumento SPAMP-vE, com 28 itens; 2) avaliação das propriedades psicométricas do instrumento SPAMP-vE, segundo validade de conteúdo e confiabilidade. Após a finalização do instrumento SPAMP-vE, 25 enfermeiros realizaram o autopreenchimento do mesmo e a pesquisadora realizou 183 observações do preparo e administração de medicamentos na pediatria de um hospital de Lambayeque-Peru. Os dados foram analisados no SPSS versão 20.0, sendo utilizado o teste de Wilcoxon, com intervalo de confiança de 95%. Para avaliar o desempenho dos profissionais na execução de cada ação, determinou-se o Índice de Positividade (IP), classificado em: desejável (IP=100%), adequado (90%≤IP≤99%), seguro (80%≤IP≤89%), limítrofe (71%≤IP≤79%) e sofrível (IP≤70%). Estudo aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa no Brasil e no Peru. Como resultados, o comitê de nove especialistas realizou adaptação transcultural do SPAMP-vE das equivalências: semântica, idiomática, conceitual e cultural, cujos especialistas consideraram os itens compreensíveis, com opções de respostas claras e facilmente elegíveis, obtendo-se a versão pré-final do SPAMP-vE. Na análise das propriedades psicométricas, o coeficiente de validade de conteúdo total dos critérios de pertinência prática, clareza da linguagem e relevância teórica, apresentaram, respectivamente, 0,97; 0,97 e 0,96. O comitê de sete juízes realizou sugestões nos 28 itens para manter (10 itens), alterar (16 itens) e/ou agrupar (2 itens), as quais foram acatadas, ficando 26 itens. A confiabilidade, no quesito homogeneidade, foi calculada pelo alfa de Cronbach (0,921), apresentando alta consistência interna, mantendo-se os 26 itens, na versão final, distribuídos em nove domínios: paciente certo, medicamento certo, via certa, hora certa, dose certa, registro certo, orientação certa, forma certa e resposta certa. A estabilidade teste-reteste do autopreenchimento foi calculada pelo alfa de Cronbach que variou de 0,792 a 0,821, no reteste, considerado como parâmetro aceitável. Os domínios do instrumento SPAMP-vE apresentaram pelo autopreenchimento, no teste, média e desvio padrão de 68,0 + 25,5 até 99,5 + 2,5; e no reteste de 86,0 + 14,8 até 96 + 11,8, sendo que seis domínios não apresentaram diferença significativa (p>0,05) entre teste e reteste, segundo teste de Wilcoxon. Na comparação das ações do instrumento SPAMP-vE autopreenchido, no teste e reteste, sete itens apresentaram diferença significativa (1, 7, 8, 15, 19, 22 e 23). O desempenho dos enfermeiros obtidos pela observação, segundo o instrumento SPAMP-vE, foi adequado em cinco itens, seguro em cinco itens, limítrofe em dois e sofrível em dez itens. Nenhuma ação apresentou o índice de positividade desejável. Conclui-se que o instrumento SPAMP-vE é confiável, válido e capaz de avaliar as ações dos profissionais de enfermagem no preparo e administração de medicamentos na pediatria.
Abstract: Patient safety is an important indicator of the quality of care and should be a priority in health services. Had as objective translate and cross-culturally adapt the Patient Safety instrument in pediatric Medication Administration (PSPMA) from Portuguese to Spanish in the Peruvian context. Methodological study with a quantitative approach, developed in two phases: 1) translation and cross-cultural adaptation of the PSPAM instrument into Spanish, generating the SPAMP-vE instrument, with 28 items; 2) evaluation of the psychometric properties of the SPAMP-vE instrument, according to content validity and reliability. Upon completion of the instrument PSPAM-vE 25 nurses self-filled it and the researcher performed 183 Observations of the preparation and administration of medicines in the pediatrics of a Lambayeque-Peru hospital. Data were analyzed using SPSS version 20.0 using Wilcoxon test, with a 95% confidence interval. To evaluate the performance of professionals in the execution of each action, the Positivity Index (PI) was determined, classified as: desirable (PI = 100%), adequate (90% ≤PI≤99%), safe (80%≤PI≤89%), borderline (71% ≤PI≤79%) and suffering (PI≤70%). Study approved by the Research Ethics Committee in Brazil and Peru. As a result, the committee of nine experts made the SPAMP-vE cross-cultural adaptation of the semantic, idiomatic, conceptual and cultural equivalences, whose experts considered the items comprehensible, with clear and easily eligible response options, obtaining the pre-SPAMP-vE. In the analysis of psychometric properties, the Total Content Validity Coefficient (CVCT) of the criteria of practical relevance, language clarity and theoretical relevance, respectively, were 0.97; 0.97 and 0.96. The committee of seven judges made suggestions on 28 items to maintain (10 items), change (16 items) and / or group (2 items), which were accepted, leaving 26 items. Reliability in the homogeneity category was calculated by Cronbach's alpha (0.921), presenting high internal consistency, maintaining the 26 items, in the final version, distributed in nine domains: right patient, right medication, right route, right time, right dose, right record, right orientation, right form and right answer. The self-fill test-retest stability was calculated by Cronbach's alpha ranging from 0.792 to 0.821, in the retest, considered as an acceptable parameter. The domains of the SPAMP-vE instrument showed, by self-completion, in the test, mean and standard deviation of 68.0 + 25.5 to 99.5 + 2.5; and in the retest from 86.0 + 14.8 to 96 + 11.8. Six domains showed no significant difference (p> 0.05) between test and retest, according to Wilcoxon test. When comparing the actions of the self-filled SPAMP-vE instrument, in the test and retest, seven items showed significant difference (1, 7, 8, 15, 19, 22 and 23). The performance of nurses obtained by observation, according to the instrument SPAMP-vE. No action showed the desired positivity index. It is concluded that the SPAMP-vE instrument is reliable, valid and able to evaluate the actions of nursing professionals in the preparation and administration of medicines in pediatrics.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/48960
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:DENF - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_tese_ljssandoval.pdf156,15 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.