Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4995
Título: Indicadores ambientais do complexo hídrico Papicu/Maceió, Fortaleza - Ceará
Autor(es): Silva, Paulo Roberto Ferreira Gomes da
Orientador(es): Lehugeur, Loreci Gislaine de Oliveira
Palavras-chave: Indicadores Ambientais - Sistema Hídrico Papicú/Maceió
Meio Ambiente - Fortaleza
Impacto Ambiental - Papicu, Lagoa do (Fortaleza - CE)
Eutrofização - Ecologia das lagoas
Secretaria da Fazenda - Ceará
Poluição
Data do documento: 2003
Citação: SILVA, P. R. F. G. da (2003)
Resumo: A presente dissertação identifica e analisa as condições ambientais do Complexo Hídrico Papicu/Maceió com o propósito de verificar sua situação atual, e propor medidas alternativas para minimizar os impactos ambientais negativos detectados nessa área. A identificação desses impactos no sistema hídrico em estudo, teve seu início com levantamentos cartográficos e observações de campo sendo, posteriormente, levantadas as condições ambientais por meio da determinação da qualidade da água e sedimento, analisando-se os parâmetros físicos e químicos em amostras coletadas nas estações chuvosa e de estiagem. A análise dos sedimentos em relação ao tamanho de grão, realizado pelo método do peneiramento, apresenta uma classificação textural que varia de areia média a fina. Os parâmetros físico-químicos da água referentes a turbidez, cor e odor indicam que esses índices variaram de acordo com os períodos chuvoso e de estiagem. Os valores de turbidez abrangeram de 3,5 uT a 39,0 uT no período de elevada pluviosidade e 2,0 uT a 6,5 uT no período de estiagem. As observações da cor indicaram índices superiores a 25,0 uH. O odor apresentou características de sulfídrico a vegetal. Os resultados da demanda bioquímica de oxigênio mostram que os valores para o período chuvoso variaram de 14,0 a 53,0 mg/L e para o de estiagem de 4,8 a 37,2 mg/L, estando acima do limite de 5,0 mg/L estabelecido pela Resolução 20/86 do CONAMA. Esses dados indicam que esse complexo hídrico está recebendo efluentes de origem doméstica. Os valores do oxigênio dissolvido variam de 2,6 a 4,0 mg/L, sendo que nas amostras analisadas da Lagoa do Papicu verifica-se a ausência desse elemento. De acordo com a Resolução acima referida, os valores de oxigênio dissolvido, em qualquer amostra deve ser superior a 2,0 mg/L, dessa forma somente o corpo hídrico, Lagoa do Papicu, está fora dos padrões estabelecidos pela re solução. A análise dos parâmetros físico-químicos da água envolvendo potencial hidrogeniônico, alcalinidade e dureza revelam que os valores encontrados estão compatíveis com as características ambientais da área de estudo. Os valores de nitrito, nitrato e amônia não estão, de modo geral, dentro dos padrões estabelecidos pela Resolução 20/86 do CONAMA. Medidas mitigadoras e corretivas são propostas para eliminar os impactos negativos configurados e preservar a qualidade ambiental do complexo hídrico Papicu/Maceió.
Abstract: The present master’s thesis identifies and analyzes the e nvironmental conditions of the Papicu/Maceió draining water system as anatte mpt to evaluate their present situation and to put forward alternative measure to lower the environmental negative impacts dedected in that region. This case study actually started with a cartographic survey and field observations which later carried on with the determination of water and sediment quality by estimating physical and chemical parameters by means of samples collected during the dry and rainy seasons. Sediments analyzedas to its grain size, through the sifting technique, went into a textural classification as median to fine sand. Physical-chemical parameters of the water in relation to turbidity, color and smell varied according to the dry and rainy seasons. Turbidity values ranged from 3,5 uT to 39,0 uT during the rainy season and 2,0 uT to 6,5 uT during the dry season, the color presented indices upwards of 25,0 uH and the smell showed sulphyde and vegetable characteristics. The values of biochemical demand for oxygen varied in the ranges of 14,0 – 53,0 mg.L -1 and 4,8 – 37,2 mg.L -1, respectively during the rainy and dry seasons, therefore well above the 5,0 mg.L-1 -limit setup by CONAMA’s Act no 20/86. This is an indication that the studied water system has been receiving domestically-produced effluents. The dissolved oxygen content ranged from 2,6 mg.L -1 to 4,0 mg.L-1, but the Papicu lakelet was shown to be totally devoid of that element. Since that, according to the above-mentioned Act the oxygen content in any samples must be higher than 2,0 mg.L-1, only on the water body Papicu lakelet this parameter was found to be below that standard limit. Other water physical and chemical parameters, such as pH, alcalinity and hardness showed values which are compatible with the environmental features of the study area. Nitrite, nitrate and ammonia contents are not, in general within the standard limits of CONAMA’s Act no 20/86. Amendatory and mitigating guidelines are proposed aiming at ruling out evident negative impacts and at preserving environment’s quality of Papicu/Maceió draining water system.
Descrição: SILVA, P. R. F. G. da. Indicadores ambientais do complexo hídrico Papicu/Maceió, Fortaleza - Ceará. 2003. 93 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Centro de Ciências, Departamento de Geografia, Universidade Federal do Ceará, 2003.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4995
Aparece nas coleções:LABOMAR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2003_dis_prfgdasilva.pdf1,69 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.