Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/49967
Title in Portuguese: Composição botânica da dieta e índice de seletividade de pequenos ruminantes em pastejo no semiárido brasileiro
Title: Botanical diet composition and selectivity index of small ruminants grazing on brazilian semi-arid
Author: Otaviano, Emanoella Karol Saraiva
Advisor(s): Cândido, Magno José Duarte
Co-advisor(s): Cavalcante, Ana Clara Rodrigues
Keywords: Caatinga
Caprinos
Depressão sertaneja
Ovinos
Pastagem nativa
Issue Date: 2020
Citation: OTAVIANO, Emanoella Karol Saraiva. Composição botânica da dieta e índice de seletividade de pequenos ruminantes em pastejo no semiárido brasileiro. 2020. 44 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.
Abstract in Portuguese: Em regiões áridas, a criação de pequenos ruminantes apresenta elevada importância socioeconômica, sendo a vegetação nativa o principal recurso forrageiro. O conhecimento da composição botânica da dieta dos animais permite o manejo adequado da vegetação. Objetivou-se determinar a composição botânica e seletividade da dieta de ovinos e caprinos em pastejo em dois estados do Semiárido Brasileiro, em diferentes épocas do ano. Os estudos foram realizados em Sertânia – PE e Independência – CE. Adotou-se delineamento inteiramente casualizado, com cinco repetições, em um arranjo fatorial 2x2x4, sendo dois locais (Independência e Sertânia), duas espécies animais (ovinos e caprinos) e quatro períodos climáticos (chuvoso, transição chuvoso-seco, seco e transição seco-chuvoso). Para a variável proporção de monocotiledôneas na dieta, constatou-se interação local x espécie animal x período. Observou-se maior proporção de monocotiledôneas na dieta dos ovinos em relação aos caprinos em todos os períodos do ano. Constatou-se efeito da espécie animal e interação local x período para a proporção de dicotiledôneas na dieta. A proporção de dicotiledôneas herbáceas na dieta dos animais foi semelhante para ambos os locais, exceto no período de transição seco-chuvoso. Constatou-se interação espécie animal x período para a variável proporção de lenhosas na dieta. A proporção de lenhosas foi maior na dieta dos caprinos que dos ovinos. A análise de componentes principais revelou maior consumo de folhas, frutos e sementes em Independência. Observou-se maior proporção de folhas na dieta dos caprinos, e participação de caule quase nula na dieta desses animais. Ovinos apresentaram alto índice de seletividade para monocotiledôneas herbáceas. No período seco, a diferença entre a preferência por lenhosas por caprinos e ovinos tende a diminuir. A dieta selecionada pelos animais foi influenciada pelos fatores estudados. Ovinos tendem a selecionar mais monocotiledôneas e menos espécies lenhosas que os caprinos durante a estação chuvosa. Caprinos demonstram maior plasticidade de dieta conforme as variações climáticas locais e a época do ano.
Abstract: In arid regions, small ruminants breeding has great socioeconomic importance, being the native vegetation the main forage resource. Knowledge about the botanical composition of the animals’ diet allows the proper management of the vegetation. This study aimed to determine the botanical composition and selectivity of sheep and goats diets grazing in two states of the Brazilian Semi-arid, at different times of the year. The studies were conducted in Sertânia – PE and Independência – CE. A completely randomized with five replications and a factorial arrangement 2x2x4 were used, being two localities (Independência and Sertânia), two animal species (sheep and goats) and four climate periods (rainy, dry-rainy transition, dry and rainy-dry transition). For the variable proportion of monocotyledons in the diet, it was verified an locality x animal specie x period interaction. It was observed a bigger proportion of monocotyledons in the sheep diet in comparison to goats in all periods of the year. It was observed effect of the animal species and location x period interaction for the proportion of dicotyledons in the diet. The proportion of herbaceous dicotyledons in the diet of the animals was similar to both localities, except in the period of rainy-dry transition. It was verified that the animal specie x period interaction for the variable proportion of woody in the diet. The proportion of the woody was greater in the goats diet than sheep. The principal component analysis revealed greater consumption of leaves, fruit and seeds at Independência. It was observed greater proportion of leaves in the goats diet, and participation of stem almost null in the diet of these animals. Sheep showed selectivity index for herbaceous monocotyledons. At the dry period, the difference between wood preference for goats and sheep tends to decrease. The diet selected by the animals was influenced by the studied factors. Sheep tend to select more monocotyledons and less woody species than goats during the rainy period. Goats have show greater dietary plasticity according to local climate changes and the time of the year.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/49967
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGZO - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_dis_eksotaviano.pdf2,51 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.