Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/50066
Title in Portuguese: Estatuto categorial do particípio passivo em Português
Author: Silva, Pedro Henrique Sousa da
Keywords: Descrição e Análise Linguística
Língua portuguesa - Tempo verbal
Gramática Léxico-Funcional
Issue Date: 2019
Citation: SILVA, Pedro Henrique Sousa da. Relatório de Estágio de Pós-doutorado: Estatuto categorial do particípio passivo em Português. 2019. 10 f. – Relatório (Pós-doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Centro de Humanidades, Programa de Pós-Graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2019.
Abstract in Portuguese: Nosso subprojeto de pós-doutorado intitulado “ESTATUTO CATEGORIAL DO PARTICÍPIO PASSIVO EM PORTUGUÊS” buscou, num primeiro momento, abrigar-se em um projeto de pesquisa mais amplo, intitulado “CONSTRUÇÃO AUTOMÁTICA DE UM LÉXICO DE VALÊNCIAS DE AMPLA COBERTURA PARA ANÁLISE SINTÁTICA AUTOMÁTICA PROFUNDA DE TEXTOS IRRESTRITOS EM PORTUGUÊS NO FORMALISMO DA GRAMÁTICA LÉXICO-FUNCIONAL”, do Prof. Dr. Leonel de Figueiredo Alencar, nosso supervisor. O objetivo do subprojeto consistia em trazer uma contribuição ao reportado projeto de pesquisa, investigando o estatuto categorial do particípio passivo em português à luz da Gramática Léxico-Funcional, de Kaplan e Bresnan (1982), considerando, ainda, autores como Schwarze e Alencar (2016) e o Ambiente Linguístico da Xérox (XLE). Essa contribuição, no entanto, acabou não se realizando exatamente da forma como se esperava, por motivos tais como uma série de mudanças, durante nosso estágio pós doutoral, que se deram em meus pontos de vista, pensamentos e ideias acerca do que se concebe como língua e, em especial, acerca do objeto linguístico proposto em meu próprio subprojeto. Logicamente, não convém verticalizar essa discussão aqui, mas é pertinente aclará-la minimamente, antes de partirmos para a descrição das contribuições que realizamos durante nosso estágio. Como e para que investigar algo que não existe? Foi essa uma das indagações a que cheguei durante esse percurso. Com isso não me refiro especificamente aos trabalhos do Prof. Dr. Leonel Figueiredo Alencar, os quais têm relevância e reconhecimento assegurados no âmbito da linguística computacional. Não é disso que estou falando, mas de meus próprios estudos e divagações acerca do estatuto categorial do particípio passivo em português. Retomando então a pergunta anterior – e enunciando-a de outro modo - como e para que investigar algo que não passa de pura ficção entabulada por gramáticos, mas que, a despeito disso, se passa por “fenômeno” e, pior, por “fenômeno linguístico”?[...]
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/50066
metadata.dc.type: Relatório
Appears in Collections:PPGL - Relatórios - Pós-doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_relposdoc_phssilva.pdf1,19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.