Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5098
Título: Responsividade: um levantamento sobre as práticas responsivas nas empresas de confecção femininas de Fortaleza
Título em inglês: Responsiviness: un survey of responsive practices in female clothing manufacturing business in Fortaleza
Autor(es): Rodrigues, Aline da Silva
Orientador(es): Nunes, Fernando Ribeiro de Melo
Palavras-chave: Logística
Indústria de confecção - Vantagens competitivas
Data do documento: 2012
Citação: RODRIGUES, A. S. (2012)
Resumo: Essa dissertação objetivou fazer um levantamento sobre as práticas responsivas empreendidas pelas empresas de confecção feminina de Fortaleza. Para o alcance do objetivo principal, procurou-se verificar se as empresas poderiam ser consideradas responsivas e também se elas poderiam ser classificadas como empreendedoras do modelo de negócio de moda rápida. Para tal levantamento, foi desenvolvido um questionário composto por perguntas fechadas feitas a partir da literatura sobre responsividade e sobre moda rápida. Foram selecionadas empresas associadas ao SindConfecções (Sindicato das Indústrias de Confecção de Roupas e Chapéus de Senhoras do Estado do Ceará). Os dados foram analisados de forma analítica e concluiu-se que as empresas pesquisadas não podem ser consideras responsivas e nem de moda rápida, por não empreenderem os principais princípios da responsividade e nem as principais constantes da moda rápida. Assim, também pode se concluir que as práticas responsivas não são empreendidas por tais empresas, dificultando o empreendimento do modelo de moda rápida.
Abstract: This dissertation aimed to survey the practices undertaken by companies responsive clothing women's Fortress. To achieve the main objective, we sought to determine whether the companies could be considered responsive, and whether they could be classified as entrepreneurial business model of fast fashion. For this survey, we developed a questionnaire with closed questions taken from the literature on responsiveness and fast fashion. Associated companies were selected to SindConfecções. Data were analyzed analytically and concluded that the companies surveyed do not think are responsive and can be neither quick fashion, not to undertake the main principles of responsiveness, nor the most constant of fast fashion. Thus, it can also be concluded that the practices are not responsive undertaken by such enterprises, hindering the development of the model of fast fashion.
Descrição: RODRIGUES, A. S. Responsividade: um levantamento sobre as práticas responsivas nas empresas de confecção femininas de Fortaleza. 2012. 94 f. Dissertação (Mestrado em Logística e Pesquisa Operacional) - Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5098
Aparece nas coleções:GESLOG - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_dis_asrodrigues.pdf907,26 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.