Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5118
Título: Processo comunicativo do agente comunitário de saúde durante a abordagem com gestantes e puérperas vivendo com HIV
Título em inglês: Communicative process of community health worker during approach with pregnant and postpartum women living with HIV
Autor(es): Oliveira, Jocélia Maria de
Orientador(es): Machado, Márcia Maria Tavares
Palavras-chave: Agentes Comunitários de Saúde
Gestantes
HIV
Data do documento: 2013
Citação: OLIVEIRA, J. M. (2013)
Resumo: O espaço de atuação do agente comunitário de saúde (ACS) tem como foco principal o acompanhamento de mulheres no ciclo gravídico-puerperal, cenário em que desenvolve sua ação comunicativa, cercado pelas relações que demarcam a necessidade de articulação com a gestante, comunidade e demais profissionais que compõem a equipe da Estratégia Saúde da Família. O aumento da detecção de casos de HIV na vigência da gestação evidencia a necessidade de promover acompanhamento que garanta adesão ao tratamento e promova o cuidado a essa gestante. Ante a complexidade dessa relação, teve-se como objetivo compreender o processo comunicativo do ACS estabelecido durante a abordagem com gestantes e puérperas que vivem com o HIV, identificar as estratégias que utilizam nesse processo, bem como suas facilidades e dificuldades. Estudo qualitativo, desenvolvido à luz do interacionismo simbólico, entrevistando oito ACS que acompanharam gestantes e puérperas vivendo com o HIV, no período de janeiro de 2007 a julho de 2012, no Município de Canindé- CE. O corpus empírico foi categorizado em cinco categorias centrais: 1. Identificando gestante/puerpéra com HIV na comunidade; 2. Significado do HIV para a ACS; 3. Acompanhamento realizado pela ACS; 4. Desvelando o processo comunicativo da ACS durante a abordagem com gestantes e puérperas vivendo com o HIV; 5. Interligações com o “mundo da vida”. Os resultados obtidos foram analisados conforme a técnica de análise do discurso, com reflexões ancoradas no referencial teórico de Habermas, Morin e literatura especializada. Identificou-se o fato de que a gestante revela seu status sorológico à ACS em razão do vínculo constituído e da facilidade de acesso ao serviço de saúde. Por outro lado, o acolhimento humanizado da ACS se relaciona ao sentimento de tristeza atribuído à doença. Apesar de buscarem conceituar ética como guardar sigilo, há um conflito entre comunicação e ética na autocompreensão desse conceito na divulgação de informações na equipe de saúde. Desenvolvem sua comunicação com as mulheres quando descrevem suas orientações de forma dinâmica e ciclica, com base num agir estratégico mediante uma imposição disfarçada, induzindo a gestante/puerpéra a aceitar sua convicção como válida. Apesar de ser uma estratégia que foge do agir comunicativo proposto por Jurgen Habermas, as ACS se sentem felizes por terem a confiança das mulheres e pelo fato de representarem uma referência para a comunidade, mas apontam como dificuldades a sobrecarga de trabalho, a ausência de capacitações permanentes, a indefinição no seu papel e problemas de ordem socioeconômica vivenciados pelas gestantes.
Abstract: The performance space of the community health worker has as its main focus the monitoring of women in pregnancy and childbirth, in that scenario develops his communicative action, surrounded by relations that demarcate the need for coordination with patient, community and other professionals who make up the staff of the Family Health Strategy. Increased detection of HIV in the presence of pregnancy has shown the need for further monitoring to ensure adherence to treatment and care will promote this pregnant. Given the complexity of this relationship, we aimed to understand the communication process established during the Community Health Worker approach with pregnant and postpartum women seropositive for HIV, identify the strategies that you use this process, as well as their strengths and difficulties. Qualitative study, developed in light of symbolic interactionism, interviewing eight Community Health Worker accompanying pregnant and postpartum women seropositive for HIV from January 2007 to July 2012 in the city of Canindé-CE. The empirical corpus was categorized into five main categories: 1. Identifying pregnant / postpartum women with HIV in the community; 2. Meaning of HIV to ACS; 3. Monitoring conducted by Community Health Worker; 4. Unveiling the communication process during the ACS approach with pregnant and postpartum women seropositive for HIV; 5. Connections with the "life-world". The results were analyzed according to the technique of discourse analysis, with reflections grounded in the theoretical framework of Habermas, Morin and literature. We identify the pregnant woman reveals his HIV status to Community Health Worker due to the bond built and ease of access to health services. Moreover, the host of humanized Community Health Worker relates to the feeling of sadness attributed to the disease. Despite seek conceptualize ethics as secrecy, there is a conflict between communication and ethics in the selfunderstanding of this concept in the disclosure of information in the health team. Develop your communication with women when describing their orientations in a dynamic and cyclic, based on a strategic action by a levy disguised, inducing pregnant / postpartum women to accept his conviction as valid. Despite being a strategy that avoids the communicative action proposed by Jurgen Habermas, the community health worker are happy to have the confidence of women and because they represent a reference point for the community but the difficulties as work overload, lack of training permanent uncertainty in its role and problems of socio-economic order experienced by pregnant women.
Descrição: OLIVEIRA, Jocélia Maria de. Processo comunicativo do agente comunitário de saúde durante a abordagem com gestantes e puérperas vivendo com HIV. 2013. 107 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5118
Aparece nas coleções:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_dis_jmoliveira.pdf1,74 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.