Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/51201
Title in Portuguese: Uma crítica à literatura de auto-ajuda: o embasamento através da cultura e leitura
Author: Gomes, Camile de Andrade
Advisor(s): Feitosa, Luiz Tadeu
Keywords: Auto-ajuda
Leitura
Indústria Cultural
Issue Date: 2007
Citation: GOMES, Camile de Andrade. Uma crítica à literatura de auto-ajuda: o embasamento através da cultura e leitura. 2007. 75f.- Monografia (TCC)- Universidade Federal do Ceará, Curso de Biblioteconomia, Fortaleza (CE), 2007.
Abstract in Portuguese: o presente trabalho faz uma crítica à literatura de auto-ajuda, tendo suporte da abordagem sobre cultura e leitura, pois a auto-ajuda está relacionada a diversos fatores culturais, de leitura que necessitam de uma análise mais consistente para embasar esta crítica. A problemática do referido trabalho é fruto dos seguintes questionamentos: Quais as pretensões da criação da literatura de auto-ajuda? O que leva a literatura de auto-ajuda a conquistar tantos seguidores e consumidores de seus produtos? Quais as críticas feitas a essa teoria e que tipos de maleficios esse gênero pode causar a humanidade? O objetivo do trabalho é analisar a literatura de auto-ajuda no contexto da indústria cultural e cultura de massas, mostrando a influência desse gênero na vida das pessoas, como se identifica esse tipo de literatura, bem como seu aspecto comercial. Neste estudo foi aplicado o método de natureza exploratória com abordagem qualitativa. A pesquisa consta de revisão bibliográfica. O primeiro capítulo faz uma explanação sobre cultura, destacando suas origens, histórico, evolução conceitual, a cultura de massas e indústria cultural relacionada ao consumo. No segundo fazemos uma análise sobre leitura, enfatizando um breve histórico e uma breve análise conceitual, assim como a relação entre leitura e criticidade e as políticas de incentivo à leitura. No terceiro a abordagem é sobre a literatura de auto-ajuda, mostrando uma visão histórica, conceitual, a identificação da produção de auto-ajuda, visões favoráveis e desfavoráveis e a relação entre auto-ajuda e Indústria Cultural.
Abstract: This work is a criticism of the literature of self-help, and support of the approach on reading and culture, as the self-help is linked to various cultural factors, in reading that need a more consistent analysis to embasar that criticism. The problem of this work is the fruit of the following questions: What are the demands ofthe creation ofthe literature of self-help? What drives the literature of self-help win many followers and consumers of their products? What are the criticisms made to this theory, and what kinds of harm that may cause gender humanity? The goal of the work is to analyze the literature of self-help in the context of the cultural industry and culture of bodies, showing the influence of gender in people's lives, how to identify this type of literature, and its commercial aspecto In this study the method was applied exploratory in nature with qualitative approach. The survey consists of bibliographic review. The first chapter gives an explanation on culture, highlighting its origins, history, conceptual development, culture and mass cultural industry related to consumption. In the second we do an analysis of reading, emphasizing a brief history and a brief conceptual analysis, and the relationship between reading and criticality and policies to encourage reading. The third approach is 00- the literature of aid, showing a historic vision, conceptual, the identification of the production of self-help, favorable and unfavorable views and the relationship between self-help and Cultural Industry.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/51201
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:BIBLIOTECONOMIA - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2007_tcc_cagomes.pdf46,72 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.