Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5155
Título: Os municípios cearenses após 14 anos de planos de desenvolvimento sustentável
Autor(es): Rodrigues, Maria Ivoneide Vital
Lima, Patrícia Verônica Pinheiro Sales
Mayorga, Maria Irles de Oliveira
Casimiro Filho, Francisco
Chacon, Suely Salgueiro
Palavras-chave: Políticas públicas
Análise multivariada
Índice de Desenvolvimento Sustentável
Data do documento: 2010
Editor: Encontro Economia do Ceará em Debate - IPECE, 5
Citação: RODRIGUES, M. I. V. ; LIMA, P. V. P. S. ; MAYORGA, M. I. O. ; CASIMIRO FILHO, F. ; CHACON, S. S. (2010)
Resumo: Essa pesquisa propõe uma análise do Plano de Desenvolvimento Sustentável (PDS), após 14 anos de criação. Para tanto, foram construídas, para os cento e oitenta e quatro municípios cearenses, matrizes de indicadores englobando quatro vetores: proteção ao meio ambiente; reordenamento do espaço; capacitação da população; e geração de emprego e desenvolvimento sustentável da economia. Cada grupo de indicadores foi submetido à análise fatorial e foram construídos quatro índices parciais de acordo com o vetor selecionado. Logo após, utilizou-se a análise de agrupamento para dividir os municípios em cinco classes: muito bom, bom, médio, ruim e muito ruim conforme as suas características semelhantes. O Índice de Desenvolvimento Sustentável foi estabelecido por meio da média aritmética entre os quatro índices parciais outrora calculados. Os municípios de Fortaleza e Maracanaú foram considerados os municípios mais desenvolvidos. Constatou-se, também, que 84,24% dos municípios classificaram-se nos níveis médio, ruim e muito ruim, verificando a necessidade da revisão ou implantação de novos programas que ofertem serviços nas áreas de meio ambiente, educação, saúde, habitação e nas condições de geração de emprego e renda para a população e, consequentemente, consigam melhorar seus índices de desenvolvimento.
Abstract: This research aims at analyzing the Sustainable Development Strategy (SDS), after 14 years since its creation. For that, indicating matrices, for the one hundred and eighty four counties from Ceara state have been developed, which comprises four vectors: environmental protection; relocation of public space; improvement of the population proficiency; and creation of jobs, as well as sustainable development of the economics. Each indicating group was submitted to factorial analysis, being also developed four partial indexes, according to each one of the vectors. Right after that, grouping analysis was used to divide the counties into five classes: very good, good, fair, undesirable, and very undesirable according to their comparable characteristics. The sustainable development index was established throughout the averages taken from the four partial indexes mentioned above. Fortaleza and Maracanaú counties qualified as the most developed. It may be concluded, also, that 84,24% of the counties qualified as fair, undesirable and very undesirable, urging the adjustment or implementation of brand new programs concerning the environment, education, public health, home, and creation of jobs and income sources improving, thus, the developmental indexes.
Descrição: RODRIGUES, Maria Ivoneide Vital; LIMA, Patrícia Verônica Pinheiro Sales; MAYORGA, Maria Irles de Oliveira; CASIMIRO FILHO, Francisco; CHACON, Suely Salgueiro. Os municípios cearenses após 14 anos de planos de desenvolvimento sustentável. In: Eveline Barbosa Silva Carvalho, Jimmy Lima de Oliveira, Nicolino Trompieri Neto, Cleyber de Medeiros, Fatima juvenal de Souza. (Org.). Economia do Ceará em Debate 2009. Fortaleza: IPECE, v. ÚNICO, p. -194, 2010
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5155
ISSN: 1983-4969
Aparece nas coleções:DEA - Livros e Capítulos de livro

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_capliv_fcasimirofilho.pdf146,34 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.