Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5173
Título: Uma análise exploratória dos diferenciais de salários entre carreiras de nível superior
Autor(es): Barbosa, Marcelo Ponte
Orientador(es): Carvalho Júnior, José Raimundo de Araújo
Palavras-chave: Educação Superior
Censo demográfico
Data do documento: 2005
Citação: BARBOSA, M. P. (2005)
Resumo: Este trabalho realiza uma análise exploratória dos diferenciais de risco e retorno entre vinte carreiras de nível superior. Como principal fonte de dados, utiliza-se a Amostra do Censo Demográfico do IBGE de 2000. Primeiramente, analisam-se as influências de características individuais sobre os diferenciais de salários para cada carreira. Explora-se o diferencial de salários entre diferentes grupos demográficos utilizando regressões de salários mincerianas. Em um segundo momento, critérios que consideram ambos o risco e o retorno são utilizados para comparar as distribuições de salários. Testes de dominância estocástica de primeira e segunda ordem são aplicados para estabelecer um ranking entre as profissões. Foi constatada a existência de uma grande heterogeneidade entre as diferentes carreiras no que concerne às características dos indivíduos em cada uma delas e a existência de um grande diferencial de salários por sexo, cor/raça e região. Constatou-se também que os salários de algumas carreiras sobem mais rapidamente com a experiência e chega ao equilíbrio mais rápido do que em outras. A carreira de Medicina domina estocasticamente todas as demais, enquanto Pedagogia é plenamente dominada. Os resultados encontrados sugerem que, para que políticas de educação superior direcionadas para a diminuição das desigualdades sejam efetivas, deve-se considerar a composição sócio-demográfica e os perfis de retornos das diferentes carreiras.
Abstract: This work carries through a exploratory analysis of the risk and return differentials between twenty higher education careers. As main source of data, it is used the Sample of the Demographic Census of the IBGE - 2000. At first, the influences of individual characteristics on wage differentials for each career are analyzed. Wage differentials between different demographic groups are explored using Mincer regressions. In a second moment, criterias that consider both risk and return are used to compare the distributions of wages. Tests of first and second orders stochastic dominance are applied to establish a ranking of the professions. The existence of a great heterogeneidade was evidenced between the careers in what concerns to the characteristics of the individuals. It was also evidenced the existence of a great differential of wages by gender, race/color and region. Wages for some careers go up more quickly with the experience and arrives at the equilibrium fastest than in others. Medicine dominates all other carriers while Pedagogy is fully dominated. The joined results suggest that, in order to be effective, higher education policies should consider the social-demographic composition and the profiles of returns of the different careers.
Descrição: BARBOSA, Marcelo Ponte. Uma análise exploratória dos diferenciais de salários entre carreiras de nível superior. 2005. 123f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Economia CAEN, Fortaleza-CE, 2005.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5173
Aparece nas coleções:CAEN - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2005_dissert_mpbarbosa.pdf2,78 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.