Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5176
Title in Portuguese: A Competitividade externa da amêndoa de castanha de caju brasileira no período de 1990 a 2007
Author: Albuquerque, Daniele Passos de Lima
Khan, Ahmad Saeed
Lima, Patrícia Verônica Pinheiro Sales
Carvalho, Eveline Barbosa Silva
Keywords: Competitividade
Exportações
Indicadores de desempenho
Amêndoa de castanha de caju
Brasil
Issue Date: 2011
Publisher: Economia do Ceará em Debate - IPECE, 1
Citation: ALBUQUERQUE, Daniele Passos de Lima; KHAN, Ahmad Saeed; LIMA, Patrícia Verônica Pinheiro Sales; CARVALHO, Eveline Barbosa Silva. A Competitividade Externa da Amêndoa de Castanha de Caju Brasileira no Período de 1990 a 2007. In: Eveline Barbosa Silva Carvalho; Jimmy LIa de Oliveira; Nocolino Trompieri Neto; Cleyber Nascimento de Medeiros e Fátima Juvenal de Sousa. (Orgs.). Economia do Ceará em Debate 2010. Fortaleza: IPECE, v. 1, p. 85-108, 2011.
Abstract in Portuguese: Nas duas últimas décadas, o Brasil vem perdendo participação no mercado internacional de amêndoa de castanha de caju. Diante desse quadro e da importância econômica desse produto para o Estado do Ceará, busca-se analisar a competitividade das exportações da amêndoa de castanha de caju brasileira no período de 1990 a 2007. A metodologia utilizada compreende a análise dos indicadores de vantagem comparativa revelada (VCR), taxa de cobertura (TC), desempenho das exportações (DES) e modelo constant market share (CMS). A análise por indicadores mostra que o Brasil vem perdendo competitividade no período analisado, principalmente em relação aos seus dois principais concorrentes, Vietnã e Índia, mas ainda apresenta possibilidade de expansão comercial da ACC. O crescimento das exportações brasileiras de ACC é em grande parte derivado do crescimento do comércio mundial, pois os efeitos destino das exportações e efeito competitividade foram limitadores do aumento das exportações. Os resultados dos indicadores de competitividade analisados indicam que mesmo havendo aumento das exportações brasileiras de ACC, o Brasil vem perdendo competitividade externa, dada a lenta evolução de suas exportações frente aos seus principais concorrentes.
Abstract: In the last two decades, Brazil has been losing international market share almond cashew. Given this situation and the economic importance of the product to the state of Ceara, seeks to analyze the competitiveness of exports of cashew nut of Brazil from 1990 to 2007. The methodology encompasses the analysis of indicators of revealed comparative advantage (VCR), coverage rate (CR), export performance (DES) and model constant market share (CMS). The analysis of indicators shows that Brazil has been losing competitiveness in the period, especially in relation to its two main competitors Vietnam and India, but still has a possibility of commercial expansion of the ACC. The growth of Brazilian exports of ACC is largely derived from the growth of world trade, since the effects destination for exports and competitiveness were limiting effect of increasing exports. The results of the competitiveness indicators analyzed indicate that despite an increase in Brazilian exports of ACC, Brazil has been losing external competitiveness, given the slow evolution of its exports compared to its main competitors.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5176
ISSN: 1983-4969
Appears in Collections:DEA - Livros e Capítulos de livro

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_capliv_dplalbuquerque.pdf113,09 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.