Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/51833
Title in Portuguese: Paródias e contação de história: formas lúdicas de ensinar parasitologia no ensino superior
Title: Parodies and storytelling: ludical forms of teaching parasitology in higher education
Author: Bachur, Tatiana Paschoalette Rodrigues
Freire, Raquel Matoso
Sibellino, Lucas Oliveira
Pantoja, Lydia Dayanne Maia
Braga, Catarina Joelma Magalhães
Aragão, Gislei Frota
Keywords: Parasitologia
Educação Superior
Issue Date: Jan-2019
Publisher: Revista de Ciências Médicas e Biológicas (Online)
Citation: BACHUR, Tatiana Paschoalette Rodrigues et al. Paródias e contação de história: formas lúdicas de ensinar parasitologia no ensino superior. Rev. Ciênc. Méd. Biol., Salvador, v. 18, n. 1, p. 79-88, jan./abr. 2019.
Abstract in Portuguese: Introdução: embora a parasitologia seja de grande importância para o entendimento da relação dos seres humanos com o meio e com outros seres, a forma como esta disciplina é apresentada em cursos de graduação nem sempre a torna interessante aos alunos. Assim, a busca por práticas pedagógicas atrativas e lúdicas é necessária, favorecendo a aceitação e a compreensão das temáticas em parasitologia e contribuindo para a formação de profissionais melhor preparados para a vida profissional. Objetivo: o presente relato tem como objetivo narrar a experiência da utilização de ferramentas lúdicas como metodologias ativas no ensino de parasitologia no curso de Medicina da Universidade Estadual do Ceará e retratar a percepção dos alunos sobre o uso destas metodologias. Metodologia: trata-se de um relato de experiência, de abordagem descritiva, do processo de construção e aplicação de estratégias pedagógicas lúdicas, a saber: duas paródias e uma história, seguidas da aplicação de estudo dirigido. Ao final do semestre e aproximadamente um ano após a conclusão da disciplina, foram coletados depoimentos espontâneos dos alunos em cuja turma foram aplicadas as estratégias. Resultados: foram produzidas duas paródias sobre os temas filariose e esquistossomose, além de uma história sobre himenolepíase. As peças criadas versavam sobre vários aspectos dos parasitos e parasitoses em questão, tais como ciclos de vida, epidemiologia, manifestações clínicas, tratamentos e especificidades. Através de depoimentos espontâneos dos discentes, observou-se a aceitação positiva das estratégias, traduzida nos relatos, principalmente, como facilitadores no processo de assimilação dos conteúdos abordados. Conclusão: estratégias lúdicas como paródia e contação de história mostram-se como importantes instrumentos que auxiliam o aluno a assimilar conhecimentos básicos sobre parasitologia, através de um processo agradável e acessível, viabilizando a construção dos saberes.
Abstract: Introduction: although parasitology is of great importance for the understanding of the relationship between human beings and the environment and with other beings, the way this discipline is presented in undergraduate courses does not always make students interested. Thus, the search for attractive and playful pedagogical practices is necessary, favoring the acceptance and understanding of the themes in parasitology and contributing to the formation of professionals better prepared for professional life. Objective: this report aims to describe the experience of using play tools as active methodologies in teaching parasitology in the medical course of the State University of Ceará and to portray students’ perceptions about the use of these methodologies. Methodology: this is an experience report, of a descriptive approach, of the process of construction and application of playful pedagogical strategies, namely: two parodies and a history, followed by the application of exercises and resume about them. At the end of the semester and approximately one year after completion of the course, spontaneous testimonies were collected from the students in whose class the strategies were applied. Results: two parodies were produced on the topics filariasis and schistosomiasis, in addition to a story on hymenolepiasis. The pieces were based on several aspects of the parasites and parasitoses in question, such as life cycles, epidemiology, clinical manifestations, treatments and specificities. Through the spontaneous testimonies of the students, the positive acceptance of the strategies was observed, mainly translated as facilitators in the process of assimilation of the contents. Conclusion: playful strategies like parody and storytelling are important tools that help the student to assimilate basic knowledge about parasitology, through a pleasant and accessible process, making feasible the construction of knowledge.
URI: http://diadorim.ibict.br/handle/1/501
http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/51833
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 1677-5090
Appears in Collections:DFIFA - Artigos publicados em revista científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_art_tprbachur.pdf1,01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.