Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/51907
Title in Portuguese: Progressão do cateter central de inserção periférica em região hemiclavicular de recém-nascidos
Title: Progression of peripherally inserted central catheter in hemiclavicular region of newborns
Author: Nobre, Keline Soraya Santana
Cardoso, Maria Vera Lúcia Moreira Leitão
Rodrigues, Elisa da Conceição
Melo, Gleicia Martins de
Keywords: Cateterismo Venoso Central
Cateterismo Periférico
Recém-Nascido
Infusões Intravenosas
Enfermagem Neonatal
Issue Date: 2020
Publisher: Rev Rene
Citation: NOBRE, Keline Soraya Santana et al. Progressão do cateter central de inserção periférica em região hemiclavicular de recém-nascidos. Rev Rene, Fortaleza, v. 21, e42980, 2020.
Abstract in Portuguese: Objetivo: avaliar a progressão do cateter central de inserção periférica em região hemiclavicular direita, através da veia basílica e cefálica direita, em recém-nascidos. Métodos: pesquisa quase experimental, realizada em unidade neonatal. Amostra de 64 inserções de cateteres, em 58 recém- -nascidos. A intervenção consistiu em manobra de elevação, protração e abaixamento do ombro, aplicada após não progressão do cateter, em região hemiclavicular, na punção direta em região cubital, em veia basílica ou cefálica direita. Resultados: das 64 inserções, progrediram sem manobra 28(43,7%); em mais da metade, aplicou-se manobra, obtendo-se 28(77,8%) progressões, sendo que 15(41,7%) progrediram após elevação, 12(57,1%) após protração e 1(11,1%) abaixamento do ombro, destes que progrediram, 21(75%) estavam em posição central. Verificou-se significância estatística (p<0,05) entre progressão com manobra e veia cefálica, progressão sem manobra e veia basílica. Conclusão: a intervenção facilitou progressão do cateter, principalmente por veia cefálica.
Abstract: Objective: to evaluate the progression of the peripherally inserted central catheter in the right hemiclavicular region, through the right basilic and cephalic vein, in newborns. Methods: quasi-experimental research, carried out in a neonatal unit. Sample of 64 catheter insertions in 58 newborns. The intervention consisted of shoulder elevation, protraction and lowering maneuver, applied after the catheter had not progressed, in the hemiclavicular region by direct puncture in the cubital region, in the right basilic or cephalic vein. Results: of the 64 insertions, 28(43.7%) progressed without maneuver; in more than half, a maneuver was applied, obtaining 28(77.8%) progressions, with 15(41.7%) progressing after elevation, 12(57.1%) after protraction, 1(11.1%) lowering the shoulder, of those that progressed, 21(75%) were in central position. There was statistical significance (p<0.05) between progression with maneuver and cephalic vein, progression without maneuver and basilic vein. Conclusion: the intervention facilitated the progression of the catheter, mainly through the cephalic vein.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/51907
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 2175-6783
Appears in Collections:DENF - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_art_kssnobre.pdf278,09 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.