Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5206
Título: Dívida pública brasileira e seu mecanismo de contágio: uma análise empírica
Autor(es): Santos Junior, Antonio Germano dos
Orientador(es): Marinho, Emerson Luís Lemos
Palavras-chave: Dívida Pública
Data do documento: 2005
Citação: SANTOS JUNIOR, A. G. dos (2005)
Resumo: Desde o início do Plano Real, em julho de 1994, a razão Dívida Líquida do Setor Público sobre o Produto Interno Bruto teve expansão vertiginosa ao sair de um patamar de cerca de 30%, no início do período, para montante superior a 57% no final de 2002, quando, a partir de então, retomou trajetória decrescente. Há de se salientar que no período entre 1994 2002 o país atravessou algumas crises tanto no ambiente interno quanto externo o que contribuiu para o agravamento desta variável. O objetivo deste trabalho é analisar o comportamento desta relação, considerada um dos principais indicadores de solvência intertemporal de um país. Para tanto, este estudo está dividido em três sub-análises diferentes. A primeira visa à modelagem da dívida por meio da metodologia dos mínimos quadrados ordinários. A análise seguinte é voltada para a demonstração do mecanismo de contágio da dívida pública sob a visão de vetores autoregressivos. E, na última, desenvolve-se um modelo de dinâmica da dívida por meio de equações diferenciais de onde se obtêm, ainda, a condição de solvência de um país. A partir disto, vários exercícios de trajetória desta variável são realizados. Para a amostra disponível, e considerando as três diferentes análises, os resultados corroboram a teoria apresentada. Desta forma, evidencia-se que o estudo do comportamento da dívida pública torna-se indispensável para o melhor entendimento de algumas políticas econômicas utilizadas até então no Brasil.
Abstract: Since the beginning of the Real Plan, in July 1994, the ratio Public Debt/GDP had a vertiginous increase going from a level around 30% in the begin of the period to an amount above 57% at the end of 2002. From this moment onwards the ratio restarted a new decreasing path. During this period, Brazil has gone through some crisis in the internal field as well as in the external one which contributed to the aggravation of this relation. The goal of this work is to analyze the behavior of this relationship, which is considered one of the most important indices of a country’s solvency during a period of time. So, this research is divided into three different sub-analyses. The first aims to model the debt in the short term through the methodology of the minimum ordinary squares. The following analysis demonstrates the mechanism of infection of the public debt under the vision of vector autoregressions. And in the last one a model of debt dynamic is developed using difference equations from which the condition of solvency of a country can be obtained. From this point, several exercises of this variable path are tested. For the available sample and considering the three different analysis, the outcomes corroborate the presented theory. In such case, it is clear that the behavior’s study of the public debt is essential for a better understanding of some economic policies applied so far in Brazil.
Descrição: SANTOS JUNIOR, Antonio Germano dos. Dívida pública brasileira e seu mecanismo de contágio: uma análise empírica. 2005. 97f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Economia CAEN, Fortaleza-CE, 2005.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5206
Aparece nas coleções:CAEN - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2005_dissert_agdossantosjunior.pdf653,95 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.