Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5220
Título: Intervenções de enfermagem para tratamentos de úlcera por pressão em pacientes acamados : revisão integrativa da literatura
Título em inglês: Nursing interventions for treatment of pressure ulcer in bedridden patients : integrative literature review
Autor(es): Coêlho, Ana Débora Alcantara
Orientador(es): Lopes, Marcos Venícios de Oliveira
Palavras-chave: Úlcera por Pressão
Terapêutica
Data do documento: 2013
Citação: COÊLHO, A. D. A. (2013)
Resumo: Com o aumento da expectativa de vida populacional, tem-se a úlcera por pressão (UP) como um dos agravos com elevada incidência. Assim, esforços para o desenvolvimento de pesquisas que resultem em contribuições reais para a prática clínica dos enfermeiros assistenciais são necessários. Por isso, optou-se em realizar esta revisão integrativa, um dos métodos da Prática Baseada em Evidências que tem por objetivo incorporar as evidências encontradas na literatura à prática assistencial e/ou gerencial. Para isso, a presente investigação objetivou analisar as evidências disponíveis na literatura sobre as intervenções de enfermagem aplicadas para o tratamento das UP em pacientes acamados. Para seleção dos artigos, foram utilizadas cinco bases de dados (CINAHAL, SCOPUS, COCHRANE, LILACS e PUBMED) além da revista ESTIMA. A amostra dessa revisão foi composta por 27 artigos, referentes a intervenções, de âmbito geral, utilizadas para tratar UP. Após análise dos artigos incluídos, os resultados apontaram que a eletromagnético-terapia possui evidências do seu beneficio para cicatrização das UP, porém não existem diretrizes sobre sua aplicabilidade. Isto também foi descrito para o Ultrassom terapêutico e a V. A. C. terapia. Quanto ao processo de limpeza de ferida, foram descritas utilização de várias substâncias, dentre essas, não foi encontrada evidência de que uma se sobressaia em relação à outra. Na questão alimentar, ficou evidente que os pacientes que recebem suplementação de proteínas, zinco e vitamina C em suas dietas, tendem a cicatrizar a UP em um menor período. Ao abordar a etiliologia das UP, enfocou-se o reposiciosamento e as superfícies de suporte (SS). Ficou patente que os pacientes devem ser reposicionados a cada duas horas, quando deitados, e a cada 15 minutos, quando sentados, como forma de minimizar as forças de pressão e cisalhamento. No entanto, a evidência referente a esse cuidado possui limitações que impedem concluir quanto ao real alívio de pressão que causa. Com relação à forma de mensurar a UP, um único estudo fez parte da amostra desta dissertação, de modo que este apenas descreveu a aplicação da Escala de PUSH como forma de documentar a UP. Outro ponto crucial foi a abordagem quanto ao conhecimento dos enfermeiros e as técnicas de cuidados empregadas por eles ao tratar UP. Percebeu-se que prevalece a desinformação destes em decorrênca do desconhecimento que inicia na graduação. Diante desse quadro, pensa-se em como as UP estão sendo tratadas e para isso analisaram-se as evidências empregadas diante da dor, do odor e do exsudato. Quanto à dor, ficou clara a recomendação do gel de benzidamina e a pomada EMLA, principalmente antes da realização procedimentos, como desbridamento. Quanto ao odor, não foram encontrados estudos que descrevessem a melhor forma de minimizá-lo. Para a quantidade de exsudato, este está intimamente relacionado ao período de cicatrização que a UP encontra-se. Em se tratando das coberturas propriamente ditas, os estudos selecionados abordaram o hidrocoloide, a aloe vera, terapia normotermica e o colágeno. Estas coberturas foram abordadas em UP com diferentes estágios de cicatrização e ambos os estudos apresentaram taxa de cura adequada com ao descrever o uso de cada uma delas. Entretanto, não foram identificadas evidências que comprovem a superioridade de uma destas terapias. Logo, reforça-se a necessidade da busca de conhecimento contínuo por parte dos enfermeiros, bem como a importância da avaliação global dos pacientes que são submetidos a seus cuidados, haja vista que as contribuições reais para prática de tratamento de UP ainda são limitadas. Com isso, urgem que sejam desenvolvidos ensaios clínicos para elucidar muitas das respostas que ainda não estão explícitas.
Abstract: With the increase in life expectancy, pressure ulcer (PU) has become one of the high incidence injuries. Thus, it is necessary to develop research efforts that result in actual contributions to the clinical practice of nurse assistants. So, we chose to perform this integrative review, one of the methods of Evidence-Based Practice that aims to incorporate the evidence found in the literature to assistance and/or management practice. Therefore, this research aimed to analyze the evidence available in the literature on the nursing interventions applied to the PU treatment in bedridden patients. For articles selection we used five databases (CINAHAL, Scopus, Cochrane, LILACS and PubMed) and Estima Journal. The sample of this review was composed of 27 articles related to interventions of general purpose used in PU treatment. After analyzing the articles included, the results showed that electromagnetic therapy has evidence of its benefit for healing of PU; however there are no guidelines for its applicability. This has also been described for Therapeutic ultrasound and VAC therapy. Regarding the wound cleaning process, they described the use of many substances, such as aloe vera, tap water and saline solution. They also approached the use of hydro massage. We did not find any evidence that among these substances one stood out more than others. Regarding the food issue, we verified that patients who receive supplemental protein, zinc and vitamin C in their diets tend to heal the PU in a shorter period. By dealing with the etiology of PU, we focused on repositioning and support surfaces (SS). It became evident that the patients should be repositioned every two hours when lying down and every 15 minutes when sitting, as a way of minimizing the pressure and shear forces. However, the evidence for this care has limitations that don not allow us to conclude on the real pressure relief it causes. Regarding the method of PU measurement, a single study composed the sample of this dissertation, so it only described the application of the Pressure Ulcer Scale for Healing (PUSH) as a way of documenting PU. Another crucial point was the approach to knowledge of nurses and care techniques employed by them when treating PU. We noticed the prevalence of lack of information among them that starts at graduation. Given this situation, we reflect on how PU is being treated, and thus we analyzed the evidence used against pain, odor and exudate. As for the pain, we verified the recommendation of benzydamine gel and EMLA cream, especially before performing procedures such as debridement. As for the odor, we did not find any study describing the best way to minimize it. As for the amount of exudate, it is closely related to the healing period of PU. Regarding the coverage itself, the studies selected approached the hydrocolloid, aloe vera, normothermic wound therapy and collagen. The coverage were approached in PU with different healing stages, and both studies presented appropriate cure rate when describing the use of each one of them. However, there were no evidences to prove the superiority of any of these therapies. Thus, we reinforce the need for the continuous pursuit of knowledge made by nurses, as well as the importance of the overall assessment of patients who are submitted to their care, given that the actual contributions to the PU treatment practice are still limited. Therefore, there is urgent need to develop clinical trials to elucidate many of the answers that are not yet explicit.
Descrição: COÊLHO, Ana Débora Alcântara. Intervenções de enfermagem para tratamento de úlcera por pressão em pacientes acamados : revisão integrativa da literatura. 2013. 120 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5220
Aparece nas coleções:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_dis_adacoelho.pdf1,26 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.