Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5226
Título: Quirópteros como hospedeiros do fungo Coccidioides posadasii : descrição do primeiro registro de isolamento
Título em inglês: Bats as hosts of the fungus Coccidioides posadasii : description of the first record of isolation.
Autor(es): Silva, Kylvia Rocha de Castro e
Orientador(es): Cordeiro , Rossana de Aguiar
Coorientador(es): Sidrim, José Júlio Costa
Palavras-chave: Coccidioides
Quirópteros
Data do documento: 2011
Citação: SILVA, K. R. C. (2011)
Resumo: A ordem Chiroptera mostra-se como reservatório para vários agentes infecciosos, incluindo protozoários, bactérias, vírus e fungos. A fim de investigar a a eco-epidemiologia de Histoplasma capsulatum no Nordeste do Brasil, foram capturados 83 morcegos em áreas urbanas e rurais no estado do Ceará, em coletas diurnas e noturnas, durante o período de agosto de 2010 a março de 2011. Após eutanásia, fragmentos de baço, fígado e pulmão foram removidos, macerados e alíquotas de 100μL foram semeadas em placas contendo ágar BHI modificado, as quais foram incubadas por até seis semanas nas temperaturas de 28ºC e 35ºC. Alíquotas remanescentes de cada material macerado foram estocadas a -20°C. Embora o fungo não tenha sido isolado em nenhuma amostra, após 21 dias de incubação à 35ºC foi observado o crescimento de uma colônia fúngica sugestiva de Coccidioides spp. em amostra de pulmão da espécie Carollia perspicillata. Fragmentos de pulmão do morcego retirados do estoque a -20°C e analisados ao microscópio óptico revelaram estruturas esféricas semelhantes a forma parasitária do fungo. A colônia foi investigada por meio do teste de reversão in vivo em modelo murino, com observação dos animais inoculados por até quatro semanas. A identificação molecular das culturas foi realizada por reação de PCR específica para C. posadasii, empregando os oligonucleotídeos Coi9-R e Coi9-F. Por fim, amostras de macerados dos pulmões, baço e fígado foram investigadas quanto à presença de anticorpos ou antígenos específicos para C. posadasii, bem como quanto à presença de anticorpos anti-Histoplasma, por meio da técnica de imunodifusão. Esférulas características de Coccidioides spp. foram visualizadas em amostras de pulmão dos camundongos infectados experimentalmente. Análise molecular das culturas isoladas de pulmão de C. perspicillata, bem como dos órgãos dos camundongos, mostraram banda de aproximadamente 630 pb, característica de C. posadasii. Por meio de reação de imunodifusão, foram detectados dois animais reagentes para antígenos de Coccidioides. Os animais pertenciam às espécies Glossophaga soricina e Desmodus rotundus e um animal da espécie G. soricina anticorpo-positivo para Coccidioides. Não foi observada presença de anticorpos anti-Histoplasma em nenhuma das amostras. O presente estudo mostra o primeiro isolamento de C. posadasii em quirópteros. Adicionalmente, de forma inédita, detectou-se de antígenos e anticorpos específicos para C. posadasii nestes animais. Faz-se necessário o estudo dos quirópteros na ecoepidemiologia do patógeno.
Abstract: The order Chiroptera is shown as a reservoir for various infectious agents, including protozoan, bacteria, virus and fungi. To investigate the eco-epidemiological aspects of Histoplasma capsulatum in Northeast Brazil, 83 bats were captured in urban and rural areas in Ceará, collected in day and night, during the period August 2010 to March 2011. After euthanasia, fragments of sleen, liver and lung were removed, macerated and 100 μL aliquots were plated on agar containing modified BHI, which were incubated for up to six weeks at temperatures of 28 ºC and 35 ºC. Aliquots of each remaing macerated material stored at -20 °C. Although the fungus was not isolated in any samples, after 21 days at 35 ºC was observed the growth of a fungal colony suggestive of Coccidioides spp. in lung samples of the species Carollia perspicillata. Fragments of the bet lung removed from storage at -20 ºC and analyzed by optical microscopy revealed spherical structures similar to the shape of the parasitic fungus. The colonies were investigated by means of the reversion in vivo in a murine model, with observation of the animals incoculated up to four weeks. The molecular identification of cultures was performed by PCR specific for C. posadasii, using the oligonucleotides Coi9-R and Coi9-F. Finally, samples of macerated lung, spleen and liver were investigated for the presence of antibodies or antigens specific for C. posadasii, as well as the presence of anti-Histoplasma, by immunodiffusion. Spherules of Coccidioides spp. features were visualized in lung samples of mice experimentally infected. Molecular analysis of cultures isolated from lungs of C. perpicillata, as well as organs of mice, showed approximately 630 pb band, characteristic of C. posadasii. By immunodiffusion reaction, two animals were detected reagents for Coccidioides antigens. The animals belonged to the species Glossophaga soricina and Desmodus rotundus and an animal of the species G. soricina antibody-positive for Coccidioides. There was no presence of anti-Histoplasma is any sample. The present study shows the first isolation of C. posadasii in bats. Additionally, in an unprecedented manner, we detected antigens and antibodies specific to C. posadasii these animals. Its is necessary to the study of bats in ecoepidemiology the pathogen.
Descrição: SILVA, Kylvia Rocha de Castro e. Quirópteros como hospedeiros do fungo Coccidioides posadasii : descrição do primeiro registro de isolamento. 2011. 108 f. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Médica) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5226
Aparece nas coleções:DMC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_dis_krcsilva.pdf3,02 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.