Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/52368
Title in Portuguese: Flutuação categorial entre advérbios e adjetivos com função adverbial
Author: Gondim, Emanuela Monteiro
Advisor(s): Nogueira, Márcia Teixeira
Keywords: Flutuação categorial
Adjetivo
Advérbio
Mudança linguística
Issue Date: 2020
Citation: GONDIM, Emanuela Monteiro. Flutuação categorial entre advérbios e adjetivos com função adverbial. 2020. 132f - Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2020.
Abstract in Portuguese: Neste trabalho, estabelecemos a comparação dos usos de advérbios e adjetivos com função adverbial nos séculos XIX, XX e XXI, a fim de elucidar esse fenômeno à luz da noção de fluidez categorial (Teoria dos Protótipos) e de mudança linguística. Nossa hipótese é a de que: i) como compõem uma categoria maior, a de modificadores, adjetivos e advérbios são categorias híbridas, de nível básico, que abrigam elementos cujas características são mais salientemente relacionadas à classe de nível superordenado, e tendem, por esse motivo, à flutuação; e ii) em virtude dessa flutuação entre adjetivos e advérbios, algumas formas adjetivas sofrem, em séculos mais recentes, um processo de mudança linguística, tendendo a exercer a função de modificador verbal, mas atuam em menos contextos que advérbios em -mente. Para a investigação de tais hipóteses, tomamos como corpus peças teatrais brasileiras dos séculos XIX, XX e XXI, nas quais selecionamos todas as ocorrências de advérbios em -mente e adjetivos adverbializados e analisamos a possibilidade de correspondência entre essas formas. Como na literatura (cf. HUMMEL, 2002a, 2002b, 2013), adjetivos adverbiais tendem a ser mais recorrentes na modalidade oral, sobretudo em registros informais, a escolha do gênero peça teatral se justifica por ser o gênero que mais se aproxima de tal modalidade. Além disso, também utilizados o banco de dados do Corpus do Português como contraprova dos resultados a que chegamos no exame das peças. Desse modo, analisamos os resultados em duas direções: da forma para a função e da função para forma. Nossos dados mostraram que os adjetivos adverbiais, embora atuem mais como adverbiais qualificadores em todos os períodos e exerçam funções menos diversificadas que as formas em -mente, modernamente tendem a expandir suas funções, atuando como modalizador, circunstanciador e focalizador. Os dados apontaram ainda para o compartilhamento de propriedades entre adjetivo e advérbio na função qualificador adverbial, aquela em que a alternância foi mais frequente, o que, entre outros fatores, leva a propor uma categoria de modificador, de que fariam parte os elementos considerados adjetivos e advérbios, organizados pelo modelo de prototipia.
Abstract: In this work, we establish a comparison of the uses of adverbs and adjectives with adverbial function in the 19th, 20th and 21st centuries, in order to elucidate this phenomenon in the light of the notion of categorical fluidity (Prototype Theory) and linguistic change. Our hypothesis is that: i) as they make up a larger category, that of modifiers, adjectives and adverbs are hybrid categories, of basic level, which contain elements whose characteristics are more strikingly related to the class of superordinate level, and tend, for this reason. motive, fluctuation; and ii) due to this fluctuation between adjectives and adverbs, some adjective forms have undergone, in more recent centuries, a process of linguistic change, tending to exercise the function of verbal modifier, but act in less contexts than adverbs in -ment. For the investigation of such hypotheses, we take as a corpus Brazilian theatrical plays from the 19th, 20th and 21st centuries, in which we select all occurrences of adverbs in - mente and adverbialized adjectives and analyze the possibility of correspondence between these forms. As in the literature (cf. HUMMEL, 2002a, 2002b, 2013), adverbial adjectives tend to be more recurrent in the oral modality, especially in informal records, the choice of the theater play genre is justified because it is the genre that most closely matches this modality . In addition, the Corpus do Português database was also used as a proof of the results we reached in the examination of the pieces. In this way, we analyze the results in two directions: from form to function and from function to form. Our data showed that adverbial adjectives, although they act more as qualifying adverbials in all periods and perform less diversified functions than forms in-modern, tend to expand their functions, acting as a modalizer, circumstantial and focuser. The data also pointed to the sharing of properties between adjectives and adverbs in the adverbial qualifier function, the one in which alternation was more frequent, which, among other factors, leads to proposing a modifier category, which would include the elements considered adjectives. and adverbs, organized by the prototype model.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/52368
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGL - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_tese_emgondim.pdf1,31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.