Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5240
Título: Avaliação da atenção em diabetes mellitus no centro integrado de diabetes e hipertensão de Barbalha-Ceará
Título em inglês: Assessment of care for diabetes Mellitus in the integrated center for diabetes and hypertension of Barbalha-Ceará
Autor(es): Alencar, Ana Maria Parente Garcia
Orientador(es): Damasceno, Marta Maria Coelho
Palavras-chave: Avaliação de Serviços de Saúde
Diabetes Mellitus
Sistema Único de Saúde
Data do documento: 2013
Citação: ALENCAR, A. M. P. G. (2013)
Resumo: Estudo de caso único com o objetivo geral de avaliar a estrutura, o processo e o resultado da atenção em diabetes no Centro Integrado de Diabetes e Hipertensão de Barbalha-Ceará. Da amostra constaram 108 prontuários de saúde de usuários com diabetes mellitus tipo 2 e nove profissionais envolvidos na atenção em diabetes. A coleta de dados desenvolveu-se no período de julho a dezembro de 2011 utilizando-se de três fontes de evidências: prontuários de saúde, mapas e observação direta. Para análise adotou-se Avaliação de Cuidados em Saúde proposta por Donabedian (1980). Em relação à caracterização dos usuários, segundo se constatou ,85,2% eram do sexo feminino, mediana de idade de 67 anos, tempo de tratamento com mediana de 8 anos, 97,7% tinham hipertensão arterial, 91,6% estavam em acompanhamento com endocrinologista, 46,3% em uso de antidiabético oral associado a anti-hipertensivo e insulina, 24,1% de aspirina e 23,1% de estatinas. Quanto ao componente estrutura, a estrutura física contraria em parte o preconizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, portanto, inadequada para atender plenamente as necessidades dos usuários e dos profissionais. No tocante aos recursos materiais, medicamentos e insumos, suprem as necessidades quanto às quantidades existentes. No referente ao componente processo, as consultas de enfermagem não são baseadas na metodologia da assistência, as médicas são centradas na relação queixa-conduta e as de nutrição na prescrição do plano e educação alimentar. Orientações quanto à alimentação foram ofertadas aos usuários pelo enfermeiro e médico, com ênfase na restrição do sal, do açúcar, das gorduras e na diminuição dos carboidratos, enquanto os nutricionistas abordaram aspectos dos grupos alimentares, suas substituições e regularidade dos horários das refeições. Apenas o endocrinologista orientou sobre atividade física. Quanto às orientações sobre medicamentos, o enfermeiro foi o principal responsável. Evidenciaram-se lacunas no inerente à oferta de orientações educativas grupais pelos profissionais de saúde aos usuários. O exame dos pés dos usuários não fazia parte do atendimento do endocrinologista e do enfermeiro. O auxiliar e o técnico de enfermagem realizavam a verificação da glicemia capilar, da pressão arterial, do peso corporal e da altura. Enquanto o recepcionista e o auxiliar de serviços gerais desempenharam parte das suas competências técnicas, o auxiliar e o técnico de enfermagem apresentaram o maior número de registros nos prontuários, seguidos pelo médico. Embora o registro das consultas de nutrição tenha se revelado incipiente e as de enfermagem não tenham atingido a totalidade dos prontuários, o registro da aferição da pressão arterial, da glicemia capilar e o do peso é prática estabelecida na rotina do centro. Já o registro da altura e do índice de massa corpórea foi incipiente, enquanto o da circunferência abdominal foi inexistente. No tocante ao exame do pé e do olho, os percentuais de registro foram baixos no período investigado. Segundo constatado, o registro de exames laboratoriais não alcançou a totalidade dos prontuários investigados, mas o registro de orientações acerca da alimentação e atividade física obteve percentuais expressivos no período estudado. Houve lacunas de registros quanto a estratégias educativas grupais referentes ao tratamento medicamentoso e não medicamentoso. Quanto ao componente resultado, constatou-se no ano de 2007 que o serviço atendeu a exigência do indicador LDL colesterol < 100mg/dl, em 2008 cumpriu o determinado para os indicadores hemoglobina A1c > 9%, A1c < 7% e o LDL < 100mg/dl. Contudo, no ano de 2009, o único indicador alcançado foi o LDL < 100 mg/dl. Diante dos resultados encontrados e compreendendo a avalição em saúde como instrumento para tomada de decisão, ressalta-se a importância da atenção do gestor municipal, coordenação e profissionais em reestruturar o referido centro em face das fragilidades constatadas.
Abstract: This is a single case study that aimed to assess the structure, the process and the outcome of diabetes care in the Integrated Center for Diabetes and Hypertension of Barbalha-CE, Brazil. The sample consisted of 108 medical records of patients with diabetes mellitus type 2 and nine professionals involved in diabetes care. Data collection was carried out from July to December 2011, using three sources of evidence: medical records, maps and direct observation. For the analysis, we used the Health Care Evaluation proposed by Donabedian (1980). Regarding the characterization of users, we verified that 85.2% were female, median age of 67 years, with median treatment time of 8 years, 97.7% had hypertension, 91.6% were in endocrinology follow-up, 46.3% were using oral antidiabetic associated with antihypertensive and insulin, 24.1% aspirin and 23.1% statins. Regarding the component structure, the physical structure partly contradicts the recommendations of the National Agency for Sanitary Vigilance, therefore inadequate to fully meet the needs of users and professionals. As for the material resources, medicines and supplies, they met the needs concerning the existing quantities. Regarding the component process, we verified that nursing consultations are not based on the assistance methodology; medical consultations are centered on the complaint-behavior relationship; and nutrition consultations in the plan prescription and nutrition education. Guidelines on eating were offered to the users by nurses and doctors, focusing on restriction of salt, sugar, fat and carbohydrates decrease, while nutritionists approached aspects of the food groups, their replacements and regularity of mealtimes. Only the endocrinologist advised about physical activity. Regarding the guidelines on medication, nurses were the main responsible. We identified gaps inherent to the offer of group educational guidelines to users by health professionals. The foot examination was not part of the assistance of endocrinologists and nurses. The nurse assistants and technicians performed the verification of blood glucose, blood pressure, body weight and height. The receptionist and general services assistant played part of their technical skills, while the nurse assistants and technicians presented the highest number of medical records, followed by doctors. Although the register of nutrition consultations has proved incipient and the nursing consultations have not fully reached the records, the register of blood pressure, blood glucose and weight measurements are established practices in the daily routine of the center. The register of height and body mass index was incipient, while waist circumference was nonexistent. Regarding the foot and eye examination, the registration rates were low in the investigated period. We found that the register of laboratory tests did not reach all the records investigated, but the register of guidelines on diet and physical activity presented significant percentage during the study period. There were gaps in records on the group educational strategies concerning the medical and non-medical treatment. Regarding the component outcome, we verified that in 2007 the service has met the requirement of the indicator LDL cholesterol < 100mg/dl, in 2008 it has met the specific indicators for A1c hemoglobin > 9%, A1c < 7% and LDL < 100 mg/dl. However, in 2009, the only indicator achieved was LDL < 100 mg/dl. Considering the results found and understanding the health services evaluation as a tool for decision-making, we highlight the importance of the attention of the city manager, coordination and professionals in order to restructure the center in study, given the weaknesses noted.
Descrição: ALENCAR, Ana Maria Parente Garcia. Avaliação da atenção em diabetes mellitus no centro integrado de diabetes e hipertensão de Barbalha-Ceará. 2013. 208 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5240
Aparece nas coleções:DENF - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_tese_ampgalencar.pdf1,95 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.