Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5244
Título: Cuidado de enfermagem para a necessidade de ajuda das pessoas paraplégicas : estudo iluminado na teoria de Wiedenbach
Título em inglês: Nurse care for a need-for-help of paraplejic peoples : illuminated study in Wiedenbach’s theory
Autor(es): Gularte, Ticiana de Menezes
Orientador(es): Carvalho, Zuila Maria de Figueiredo
Palavras-chave: Cuidados de Enfermagem
Promoção da Saúde
Paraplegia
Data do documento: 2010
Citação: GULARTE, T. M. (2010)
Resumo: A lesão medular ocasiona diversas dificuldades ou necessidades de ajuda na realização das mais diferentes atividades da vida diária nas pessoas acometidas. Ao proporcionar um cuidado de enfermagem para ajudar a pessoa portadora de lesão medular, se obtém um exemplo de reflexão acerca da qualificação da prática profissional, promoção da saúde e melhoria do bem-estar destas pessoas. Contrariando a tendência de não valorizar o uso de teorias de enfermagem, objetivou-se analisar a aplicabilidade da Teoria de Enfermagem Clínica de Ernestine Wiedenbach na identificação da necessidade de ajuda às pessoas com paraplegia. Trata-se de um estudo exploratório, descritivo e de natureza qualitativa que permite uma compreensão da experiência humana subjetiva da vida destes seres. Os sujeitos pesquisados perfizeram um total de nove pessoas com paraplegia através de triagem realizada seguindo critérios de inclusão. O lócus foi o domicílio, uma vez que é um ambiente que promove maior privacidade e confiabilidade para a coleta de informações. Os instrumentos escolhidos foram um formulário estruturado constando dados socioeconômicos, de identificação do sujeito da pesquisa e específicos sobre a lesão medular e uma entrevista semi-estruturada que abordou questões sobre o significado de ajuda, quais necessidades de ajuda enfrentam estes sujeitos, qual ajuda necessária pretendem receber, de quem estão recebendo ajuda e se algum enfermeiro o havia ajudado. A entrevista foi gravada respeitando-se todos os critérios éticos de pesquisa com seres humanos e os dados foram posteriormente transcritos e agrupados em categorias seguindo a abordagem metodológica de Bardin da análise de conteúdo dos relatos. Assim, foram criadas quatro categorias: 1- A percepção do que é ajuda pelos portadores de paraplegia e o cuidado de enfermagem; 2- A identificação das necessidades de ajuda; 3- Ofertando a ajuda: os significados e 4- A ajuda esperada pelos portadores de paraplegia. Os dados demonstraram que os portadores de paraplegia entendem a ajuda como, cooperação, incentivo, motivação, apoio ou até mesmo uma forma de preconceito ou exclusão. Quanto às necessidades de ajuda, as identificadas foram: Acessibilidade; Preconceito que percebem das pessoas; Sentimento de impotência diante das dificuldades; Higiene Pessoal e Íntima; Privacidade na execução de cuidados de higiene íntima; Infecção urinária; Cateterismo vesical; Medo; Dor neuropática; Espasticidade; Problemas financeiros; Falta de emprego; Uso de medicações orais; e Falta de adaptação no domicílio. Quanto à ajuda que recebem foram apontados a dos amigos e da família. Ao serem perguntados se algum enfermeiro ofertou alguma ajuda no percurso de sua condição de paraplegia obteve-se como resposta os profissionais do centro de reabilitação. Além disso, foi proposto um plano de cuidados para a práxis de enfermeiros no cuidado domiciliar a pessoas com paraplegia. Considera-se que este estudo trouxe uma grande contribuição científica visto que comprovou a eficácia da Teoria de Wiedenbach para a implementação de cuidados de enfermagem direcionados a pessoas com lesão medular e ainda elaborou um modelo de processo de enfermagem voltado para portadores de paraplegia, podendo ser executado no próprio domicílio, corroborando com a proposta de promoção da saúde, reintegração e suporte sócio-espiritual do cuidar humanizado preconizado pela ciência da Enfermagem.
Descrição: GULARTE, Ticiana de Menezes. Cuidado de enfermagem para a necessidade de ajuda das pessoas paraplégicas : estudo iluminado na teoria de Wiedenbach. 2010. 85 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5244
Aparece nas coleções:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_dis_tmgularte.pdf1,09 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.