Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/52834
Title in Portuguese: Reuso de efluentes na irrigação de milho e no cultivo "in door" de microalgas para fins biotecnológicos.
Title: Reuso de efluentes na irrigação de milho e no cultivo "na porta" de microalgas para barbatanas biotecnológicas.
Author: Santana, Maria Gabrielle Sousa de
Advisor(s): Carioca, José Osvaldo Beserra
Keywords: Efluentes
Reuso
Microalgas
Biorremediação
Irrigação
Issue Date: 2020
Citation: SANTANA, Maria Gabrielle Sousa de. Reuso de efluentes na irrigação de milho e no cultivo "in door" de microalgas para fins biotecnológicos. 2020. 86 f. Tese (Doutorado em Biotecnologia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.
Abstract in Portuguese: O reuso de efluentes na irrigação corresponde a uma alternativa viável e sustentável, pois além de assegurar o uso de água, permite que os cultivos recebam suplementação nutricional, pois são constituídos de macro e micronutrientes essenciais as plantas. A tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) é uma das espécies mais cultivadas comercialmente e no seu beneficiamento, as vísceras são descartadas e como forma de aproveitamento, são utilizadas para produção de efluentes. Os efluentes também são utilizados no cultivo de espécies de microalgas, principalmente por ser um meio de cultivo alternativo de baixo custo e possuir nutrientes essenciais para o desenvolvimento delas. No experimento o reuso de efluentes foi utilizado na irrigação do milho hibrido, em vasos, em um delineamento inteiramente casualizado utilizando 2 tipos de água (abastecimento e esgoto doméstico tratado), 5 doses de NPK com 4 repetições. Foi analisada a composição foliar e os níveis de macro e micronutrientes. O reuso de efluentes de esgoto promoveu um acúmulo de micronutrientes na folha, podendo ser utilizado como fonte de suplementação mineral para a cultura do milho. Para avaliação do crescimento das microalgas foram utilizadas duas espécies, Chlorella vulgaris e Scenedesmus obliquus que foram inoculadas em quatro percentuais (25, 50, 75 e 100%) do efluente proveniente de vísceras de tilápia. O crescimento da Chlorella vulgaris foi satisfatório em água de reuso a 75%, indicado pela fase exponencial longa e densidade celular máxima alcançada em 28 dias de cultivo. Em relação a Scenedesmus obliquus, o crescimento foi satisfatório no efluente 100%, mostrando eficiência nutricional adequada para a obtenção de todas as fases de crescimento e máxima densidade celular em 35 dias. As microalgas foram sedimentadas utilizando amido catiônico. Os resultados mostraram eficiência de sedimentação de 80% quando a concentração do amido catiônico 2040 foi fixada entre 1,0 e 2,0 g. A eficiência da sedimentação com amido catiônico 3040 foi positiva em concentração entre 0,5 e 1,0 g de amido. Assim, concluiu-se que ambos os amidos catiônicos podem ser utilizados na floculação de microalgas, indicando como melhor o amido catiônico 3040 por usar menor concentração com eficiência acima de 80% nos primeiros 60 minutos de floculação.
Abstract: The effluents reuse in irrigation corresponds to a viable and sustainable alternative, because in addition to ensuring the use of water, allows crops to receive nutritional supplementation, as they are made up of essential macro and micronutrients for plants. Nile tilapia (Oreochromis niloticus) is one of the most commercially cultivated species and in its processing, the viscera are discarded and as a way of using them are used for the production of effluents. Effluents are also used in the cultivation of microalgae species, mainly because is a low cost alternative cultivation medium and has essential nutrients for their development. In this experiment, the reuse of effluents was used in irrigation of hybrid corn, in pots, with a completely randomized design using 2 types of water (supply and treated domestic sewage), 5 doses of NPK with 4 repetitions. The leaf composition and the levels of macro and micronutrients were analyzed. The reuse of sewage effluents promoted an accumulation of micronutrients in the leaf, which can be used as a source of mineral supplementation for the cultivation of corn. To evaluate the growth of microalgae, two species were used: Chlorella vulgaris and Scenedesmus obliquus, which were inoculated in four percentages (25, 50, 75 and 100%) of effluents from tilapia viscera. The growth of Chlorella vulgaris was satisfactory in 75% reuse water, indicated by the long exponential phase and maximum cell density reached in 28 days of cultivation. In relation to Scenedesmus obliquus, the growth was satisfactory in the 100% effluent, showing adequate nutritional efficiency to obtain all phases of growth and maximum cell density in 35 days. The microalgae were sedimented using cationic starch. The results showed 80% sedimentation efficiency when the cationic starch 2040 concentration was fixed between 1.0 and 2.0 g. The efficiency of sedimentation with cationic starch 3040 was positive in a concentration between 0.5 and 1.0 g of starch. Thus, we concluded that both cationic starches can be used in the flocculation of microalgae, indicating that cationic starch 3040 is better because it uses a lower concentration with efficiency above 80% in the first 60 minutes of flocculation.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/52834
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:RENORBIO - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_tese_mgssantana.pdf2,1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.